sábado, setembro 30, 2006

TITANIC CENA I

video
ABERTURA

A primeira imagem é de um pincel traçando cuidadosamente uma linha de tinta dourada sobre um fundo preto. A mão do pintor mergulha o pincel num balde de tinta e continua com muito cuidado... formando uma grande figura dourada.

Vemos o pintor, um irlandês vestido de lã escura. É noite e ele apenas é iluminado por luzes do trabalho, fuma um cachimbo. Cai uma chuva de faíscas laranjas atrás dele. Ouvimos o retinar, homens gritando, e o som de um martelo hidráulico. Ele pinta um outro curso de linha.

Da prancha do pintor, este balança um pouco e muda de posição. Abaixo dele os trabalhadores são como formigas que se deslocam através das luzes de trabalho. Vemos um carrinho puxado por uma equipe de vinte cavalos. Nela, superando os homens, está a âncora de um navio de 15 toneladas.

O pintor termina o seu último traço e pondera a sua obra. Arruma o seu pincel. Então, como se respondendo a algum sentimento inexplicável de medo, ele move lentamente a mão e faz o sinal da cruz sobre o peito.

Por trás dele, quando termina o sinal da cruz, em letras de quatro metros de altura, que enchem a tela de lado a lado surge uma palavra:

TITANIC

TITANIC CENA II

video
TITANIC NO FUNDO DO OCEANO

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(após a descida dos submersíveis a conversa entre os dois submarinos era mais prolongada que a que conhecemos)

Anatoly - ESTAMOS AQUI.

Bodine - VOLTE UM POUCO PARA A ESQUERDA. ELE ESTÁ PRECISAMENTE DE FRENTE PARA NÓS, A DEZOITO METROS. QUINZE. Treze metros... devem estar a vê-lo.

Anatoly - VIRAM-NO? EU NÃO... LÁ ESTÁ!

Brock Lovett - AINDA ME CONTINUA A FASCINAR...

(A cena continua tal como conhecemos)

TITANIC CENA III

  video

RECORDAÇÕES DE ROSE

(Rose chega ao navio de pesquisa e estar instalada nas suas acomodações, assim como vemos no filme,)

Brock Lovett - Se a sua avó é quem diz ser, ela estava usando o diamante no dia em que o Titanic afundou. E isso faz de si a minha melhor amiga. SERÁ UM PRAZER RECOMPENSÁ-LA POR QUALQUER COISA QUE NOS POSSA DIZER QUE NOS AJUDE A DESCOBRI-LO.

Rose - NÃO QUERO O SEU DINHEIRO, SR. LOVETT. EU SEI COMO É DIFICIL PARA AS PESSOAS QUE SE IMPORTAM MUITO COM DINHEIRO ATINGIREM OS SEUS OBJECTIVOS.

Bodine - NÃO QUER NADA?

Rose - PODE DAR-ME ISTO (aponta para o seu desenho) SE ALGUMA COISA QUE EU LHE DISSER FOR DE VALOR.

Bodine - NEGÓCIO FECHADO. Aqui temos algumas coisas que recuperámos dos seus aposentos.

Rose - Isto era meu. Que extraordinário! Continuam tal e qual como a última vez que os vi. O reflexo é que mudou um pouco.

(a cena prossegue como a conhecemos)

TITANIC CENA IV

video
TITANIC EM SOUTHAMPTON PARTE I

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

Rose - Não entendo qual é o espanto. Não parece maior que o Mauritania.

Caledon - Você pode ser blase sobre algumas coisas, Rose, mas não sobre o Titanic. Tem mais 30 metros que o Mauritania e é muito mais luxuoso. TEM PISTA DE SQUASH, UM CAFÉ PARISIEN... ATÉ BANHOS TURCOS!
A sua filha é difícil de impressionar, Ruth. MAIS UM PASSO.
(diringindo-se para Ruth que desce do carro)

Ruth - Então esse é o navio que dizem ser inafundável.

Cal - É inafundável. Nem Deus consegue afundar esse navio.

sexta-feira, setembro 29, 2006

TITANIC CENA V

video
TITANIC EM SOUTHAMPTON PARTE II

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

Caledon - É melhor que se despachem. POR AQUI, SENHORAS.

(eles passam por um jovem rapaz bem vestido com uma camera montada em um tripé, era Daniel Marvin cujo pai fundou a Biograph Film Studio. Ele estava filmando a sua jovem noiva Mary Marvin diante do Titanic posando e sorrindo.)

DANIEL - OLHE PARA CIMA PARA O NAVIO, QUERIDA, ISSO MESMO. VOCÊ ESTÁ ESPANTOSA! VOCÊ NEM CONSEGUE ACREDITAR COMO ELE É GRANDE! UMA MONTANHA. ESTÁ PERFEITO.

(eles também iriam embarcar no Titanic em primeira-classe. Nesse instante Caledon é empurrado por dois miúdos de terceira-classe gritando de contentamento. Cal é de novo empurrado pelo pai dos rapazes que passa por ele.)

Caledon - CUIDADO!

Homem - DESCULPE, CAVALHEIRO!

Caledon - SUINO DE TERCEIRA-CLASSE. APARENTEMENTE PERDEU O SEU BANHO ANUAL.

Ruth - HONESTAMENTE, CAL, SE VOCÊ NÃO TIVESSE FEITO TUDO A ÚLTIMA HORA, PODERÍAMOS TER IDO PELO TERMINAL EM VEZ DE ANDARMOS AO LONGO DO CAIS COMO ALGUMAS FAMILIAS DE EMIGRANTES IMUNDOS.

Caledon - À PARTE DO MEU ENCANTO, RUTH. NÃO TÊM PREÇO OS RITUAIS DE BELEZA DA MINHA QUERIDA NOIVA, QUE NOS FEZ ATRASAR.

Rose - VOCÊ MANDOU QUE EU ME TROCASSE.

Caledon - EU NÃO PODERIA PERMITIR QUE VOCÊ VIESSE VESTIDA DE NEGRO NO DIA DA PARTIDA, MEU DOCE. É UM MAU PRESSÁGIO.

Rose - SINTO-ME COMO SE ESTIVESSE DE LUTO.

(eles passam por uma carruagem que ainda descarrega duas toneladas de Marmelada Oxford, em cima da hora, para o Departamento de Abastecimento do Titanic.)

Caledon - PUXEI OS CORDÕES À BOLSA PARA NOS REGISTRAR NA HISTÓRIA GRANDIOSA DESSE NAVIO, NUMA DAS SUAS SUITES MAIS LUXUOSAS... E VOCÊ ESTÁ AGINDO COMO SE FOSSE PARA A SUA PRÓPRIA EXECUÇÃO.

Rose - Era o navio dos sonhos para todos os outros. Para mim era um navio de escravos que me levaria para a América acorrentada. Por fora, eu era tudo o que uma moça de bem deveria ser. Por dentro, estava aos gritos.

quinta-feira, setembro 28, 2006

TITANIC CENA VI

video
TITANIC EM SOUTHAMPTON PARTE III

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

Jack - Lamento Fabrizio.

Fabrizio - Como lamenta? O que você fez? VOCÊ PERDEU O MEU DINHEIRO! Ma va fa'n culo testa di cazzo...

Jack - Lamento que você não vá ver a sua mãe de novo por muito tempo. Porque vamos para a América! Full House rapazes!

Fabrizio - PORCA MADONNA!! YEEAAAAAA!!!

Jack - DESCULPEM RAPAZES. UMA SEQUÊNCIA DE TRÊS E UM PAR. ESTOU EM ALTA... E VOCÊS FICARAM SEM NADA E... NÓS VAMOS PARA...

Jack e Fabrizo ao mesmo tempo - L'AMERICA!!!

Jack - Vou para casa... PARA A TERRA DA LIBERDADE, PARA A TERRA DOS HOT-DOGS! A BORDO DO TITANIC!!

(os diálogos de Jack correndo com o Fabrizio pelo cais de Southampton eram para ser ditos ainda dentro do bar para todos os homens que quisessem ouvir)

Jack - Vamos em grande estilo! Somos prácticamente da realeza, RAGAZZO MIO!

Fabrizio - Viu? É o meu destinio! Como te disse! Vou para l'America! Para ser millionaire!!

(Fabrizio se dirige para o empregado do bar)

Fabrizio - CAPITO? VOU PARA A AMÉRICA!!!

Empregado do Bar - Não, rapazes. O Titanic vai para a América! Em cinco minutos.

Jack - Merda! Vamos, Fabri!! Vamos!!

(Jack sorrindo mostrando os dentes serrados diz para todos do bar)

Jack - SOMOS ILUSTRES!

(eles saem correndo, o empregado fala para Sven e Olaf)

Empregado do Bar - CLARO. ESTOU CERTO QUE SE FOSSEM ELES A VEREM PARTIR A SUA PARTE DA APOSTA, PEDIRIAM A VOCÊS QUE ESPERASSEM UM POUCO.

Jack - Esperem!! Somos passageiros!

Moody - Já foram na inspecção médica?

Jack - Claro! Não temos piolhos, somos americanos. Ambos.

Moody - Certo, venham para bordo.

(o marinheiro Rowe recebe os bilhetes e fica verificando os nomes na lista)

Rowe - GUNDERSEN. E... GUNDERSEN.

Jack - VENHA DAÍ, SVEN.

(o marinheiro Rowe estranha o aspecto mediterranico de Fabrizio mas Jack sai com ele festejando a vitória de estar viajando de regresso a casa)

Jack - Somos os filhos da mãe mais sortudos do mundo! Sabia?

quarta-feira, setembro 27, 2006

TITANIC CENA VII

video
CENA DAS CALDEIRAS

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

Capt. Smith - Leve-o para o alto mar, sr. Murdoch. Vamos dar-lhe exercício.

Murdoch - A todo o vapor, sr. Moody.

Moody - A todo o vapor.

(Na casa das máquinas o telégrafo dá a ordem de «a todo o vapor»)

Chefe Bell - A todo o vapor!

(VEMOS THOMAS ANDREWS OBSERVANDO ATENTAMENTE OS ENGENHEIROS E MAQUINISTAS QUE IAM AJUSTANDO E RODANDO AS VÁLVULAS, NA SALA DAS CALDEIRAS OS FOGUISTAS CANTAM UMA CANÇÃO DE INCENTIVO AO TRABALHO QUENTE E PESADO, VEMOS AS HÉLICES RODANDO DEBAIXO DE ÁGUA E A PROA DO NAVIO CORTANDO O OCEANO)

Murdoch - 21 nós, senhor!

Capt. Smith - AGORA DEMOS-LHE UM OSSO PARA OS DENTES, EH, SR. MURDOCH.

(a cena retoma vemos Jack e Fabrizio olhando admirados para os golfinhos que correm sobre a proa)

terça-feira, setembro 26, 2006

TITANIC CENA VIII

video
TITANIC DE PARTIDA PARA O OCEANO

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

Sr. Ismay - É o maior objecto flutuante jamais construído pelo homem em toda a História. O nosso projectista, o Sr. Andrews, construíu-o de proa a popa.

Sr. Andrews - Posso tê-lo construído, mas a ideia foi do Sr. Ismay. Ele imaginou uma embarcação tão grande e luxuosa que jamais a sua supremacia fosse posta em causa. E aqui está ela. A vontade tornada realidade.

Sr. Ismay - Apoiado. Quero salmão.

Molly - PORQUE É QUE OS NAVIOS SÃO SEMPRE CHAMADOS DE «ELA»*? É POR CAUSA QUE OS HOMENS PENSAM QUE METADE DAS MULHERES À SUA VOLTA TÊM GRANDES "TRASEIROS"** E DEVAM SER PESADAS EM TONELADAS?

(Todos soltam uma gargalhada. Rose pega do cigarro.)

Ruth - Sabe que não gosto disso, Rose.

Cal - Ela o sabe.

* - Ship (navio) em inglês é um substantivo feminino daí os navios serem tratados por «ela»
** - Stern em inglês significa a popa do navio ou «traseiro»

segunda-feira, setembro 25, 2006

TITANIC CENA IX

video
ROSE PROCURA JACK

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(quando Rose vai procurar Jack na terceira-classe para falarem em privado e se dirigem para o convés de primeira-classe dos botes, Jack deveria só aí perguntar o nome de Rose, mas James Cameron preferiu alterar essa situação para a noite em que ela tenta o suicidio)

Jack - BOM, VOCÊ TEM UM NOME, SUPONHO?

Rose - Rose. Rose DeWitt Bukater.

Jack - PARECE UMA SÓ PALAVRA. Tenho de lhe pedir que escreva isso num papel.

Rose - Sr. Dawson.

Jack - Jack.

Rose - JACK... SINTO-ME COMO UMA IDIOTA. PASSEI TODA A MANHÃ TENTANDO TER CORAGEM PARA VIR VER VOCÊ.

Jack - BEM, AQUI ESTÁ VOCÊ.

Rose - AQUI ESTOU EU... Quero agradecer-lhe pelo que fez. Não apenas por me ter puxado para cima. Mas pela sua descrição do que aconteceu.

Jack - Não tem de quê.

Rose - Sei o que deve estar pensando. Pobre moça rica. O que sabe ela sobre miséria?

Jack - Não. Não era nisso que estava pensando. Estava pensando o que poderia ter acontecido aquela moça para achar que aquela era a única saída.

Rose - EU NÃO... NÃO FOI SÓ UMA COISA. FOI TUDO. FORAM ELES, E AQUELE MUNDO FANTASIOSO DELES. E EU ESTAVA PRESA NAQUELE MUNDO, COMO UM INSECTO COLADO AO AMBAR. EU APENAS TIVE QUE ME AFASTAR... APENAS CORRER E CORRER E CORRER... DE REPENTE DEI POR MIM NA POPA E NÃO HAVIA MAIS NAVIO... NEM O TITANIC FOI GRANDE O SUFICIENTE. O SUFICIENTE PARA ME MANTER LONGE DELES. E ANTES DE ME APERCEBER EU ESTAVA DO LADO DE FORA DA AMURADA. EU ESTAVA TÃO FURIOSA. EU IA MOSTRAR-LHES COMO ERA! AÍ ELES IRIAM PEDIR PERDÃO!

Jack - UH HUH. ELES IRIAM PEDIR PERDÃO. MAS AÍ VOCÊ JÁ ESTARIA MORTA.

Rose - OH DEUS. SOU COMPLLETAMENTE LOUCA.

Jack - AQUELE PINGUIM ONTEM, É UM DELES?

Rose - PINGUIM? OH, O CAL! SIM É ELE!

Jack - É SEU NAMORADO?

Rose - PRESUMO QUE SEJA.

(Rose mostra-lhe o anel)

Jack - Olhe para isso! Teria ido logo para o fundo. POR TANTO, VOCÊ SE SENTE COMO EM UM TREM QUE VAI CHOCAR DE FRENTE E VOCÊ NÃO CONSEGUE PULAR FORA PORQUE ESTÁ NOIVA DESSE EMPROADO.

Rose - SIM, EXACTAMENTE!

Jack - ENTÃO NÃO CASE COM ELE.

Rose - SE FOSSE ASSIM TÃO SIMPLES.

Jack - É SIMPLES.

Rose - OH, JACK... POR FAVOR NÃO ME JULGUE ANTES DE VER PRIMEIRO O MEU MUNDO.

Jack - BEM, CREIO QUE VOU FAZÊ-LO ESTA NOITE.

(Rose então verifica a pasta dos desenhos de Jack)

Rose - O QUE É ISSO?

Jack - ALGUNS ESBOÇOS...

Rose - POSSO?

(esta é uma pergunta retórica pois ela já os estava abrindo)

Rose - JACK, SÃO MUITO BONS! A SÉRIO QUE SÃO.

Jack - Bem, não foram da mesma opinião em Paris.

(alguns dos desenhos estavam soltos e voaram com o vento. Jack corre atrás apanhando dois deles, mas os restantes se perderam borda fora)

Rose - OH NÃO! PEÇO DESCULPA. A SÉRIO.

Jack - NÃO SE PREOCUPE COM ISSO. TENHO MAIS DE ONDE ESSES VIERAM.

(gabando-se de si próprio Jack rasga os desenhos que apanhou e atira-os fora)

Jack - APENAS VEJO-OS COMO UMA EXTERIORIZAÇÃO. ALÉM DISSO, ELES NÃO SÃO VALORIZADOS EM LADO ALGUM.

Rose - VOCÊ É PERIGOSO!

(Rose volta a ver os desenhos e depara-se com as mulheres despidas)

Rose - ORA, ORA... E ESTES ERAM DESENHOS DE QUOTIDIANO?

Jack - Sim. Isso é uma das coisas boas de Paris. Muitas moças estão dispostas a tirar a roupa.

(a cena prossegue tal como a conhecemos)

domingo, setembro 24, 2006

TITANIC CENA X

video

EXTENSÃO DO PÔR-DO-SOL ATÉ AO JANTAR

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(após a cena deletada do dvd especial em que vemos Rose passeando com o Jack no convés A coberto, antes que Rose rodopiasse e se colocasse em frente da camera de Daniel Marvin, Daniel pretendia fazer um filme sobre a viagem e deveria dizer para a sua jovem esposa Mary Marvin o seguinte enquanto a filmava)

Daniel - VOCÊ ESTÁ TRISTE. TRISTE, TRISTE, TRISTE. VOCÊ DEIXOU O SEU AMADO EM TERRA. VOCÊ TALVEZ NUNCA MAIS O VOLTE A VER. TENTE SER TRISTE, QUERIDA.

(só então Rose se colocaria em frente da camera tirando o protagonismo a Mary Marvin, Daniel fica desagradado por ela ter estragado o seu filme. Rose então puxa Jack para junto de si colocando-o também em pose em frente da camera, contudo Mary Marvin acaba achando a ideia engraçada e acabariam por fazer uma pequena cena de western onde Jack sairia vencedor de Daniel Marvin libertando as duas senhoras escravas do tirano. A cena passa então para a conversa a dois de Jack e Rose na amurada do navio assistindo ao pôr-do-sol)

Rose - ENTÃO E DEPOIS DISSO, SENHOR JACK VADIO?

Jack - BEM, ENTRETANTO CORTEI MADEIRA, CONSEGUI O QUE SE PARECIA SER MAIS COM UM EMPREGO. Então fui para Los Angeles para o cais de Santa Monica. É UM LOCAL COM UMA FAIXA DE COSTA EXTENSA. Fazia retratos lá a 10 centimos cada.

Rose - 10 centimos cada?

Jack - SIM, FAZIA UM BOM DINHEIRO... POR VEZES CONSEGUIA UM DÓLAR POR DIA. MAS APENAS NO VERÃO. QUANDO SE TORNOU INVERNO, DECIDI IR PARA PARIS E VER O QUE OS VERDADEIROS ARTISTAS ANDAVAM FAZENDO.

Rose - Porque não posso ser como você, Jack?

(a cena prossegue até Rose o apresentar a sua mãe Ruth, depois de se despedir, Molly fica com Jack)

Molly - Ei, filho, você tem plena noção do que está fazendo?

Jack - Nem por isso.

Molly - Bem, você está prestes a entrar num ninho de cobras. ESPERO QUE ESTEJA PRONTO. O que vai vestir? Já calculava. Venha daí.

(no quarto de Molly várias roupas de homem estão espalhadas pela suite. Jack está quase pronto só falta o casaco. E Molly está tentando arranjar um que lhe fique bem.)

Molly - NÃO SE SINTA SEM JEITO COM ISSO. DEPOIS DE 20 ANOS O MEU MARIDO AINDA NÃO SE CONSEGUE MANTER PREGADO A UMA DESSAS COISAS CHATAS. AQUI ESTÁ. EU TENHO DE COMPRAR TUDO EM TRÊS TAMANHOS. POIS EU NUNCA SEI O QUANTO ELE COME ENQUANTO EU ESTOU FORA. MINHA NOSSA. Você brilha como uma moeda nova.

(a cena prossegue até ao jantar)

sábado, setembro 23, 2006

TITANIC CENA XI

video
ESCADARIA E JANTAR

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

Molly - Não custa nada, pois não, Jack?

Jack - SIM, BASTA SE VESTIR COMO UM PATRÃO E MANTER O NARIZ EMPINADO.

Molly - LEMBRE-SE, A ÚNICA COISA QUE ELES RESPEITAM É DINHEIRO, ENTÃO BASTA AGIR COMO SE TIVESSE MUITO E FARÁ PARTE DO CLUBE.

(a fala foi alterada como a conhecemos no filme a cena prossegue com Rose apresentando a alta sociedade a Jack, percebe-se que houve aqui uma inversão de cenas já que Molly só diria isso depois de Rose lhe mostrar algumas das pessoas mais famosas e seus escândalos)

Sir Cosmo - Parabéns, Hockley, ela é explendida.

Cal - Obrigado.

Cor. Gracie - CAL É UM HOMEM DE SORTE. CONHEÇO-O BEM, E SÓ PODE TER SIDO SORTE.

Ruth - COMO PODE DIZER ISSO CORONEL? CALEDON HOCKLEY É UM GRANDE PARTIDO.

Rose - J.J., Madeleine, gostaria de vos apresentar Jack Dawson.

Astor - Prazer em conhece-lo Jack. É dos Dawsons de Boston?

Jack - Não, na verdade, dos Dawsons de Chippewa Falls.

(ASTOR FICA EMBARAÇADO COMO SE JÁ TIVESSE OUVIDO FALAR DELES, COMO SE JÁ SE LEMBRASSE DESSES DAWSONS. MADELEINE AVALIA JACK E SUSSURA BAIXO PARA ROSE SOBRE AS POUCAS PESSOAS QUE ATÉ ALI OS CUMPRIMENTARAM)

Madeleine - É POR PIEDADE QUE NOS CUMPRIMENTAM, NÃO É?

(a cena prossegue como a conhecemos até ao jantar começar, cena essa que Cameron alterou na disposição dos seus diálogos)

Cal - O sr. Dawson viaja em terceira-classe. Prestou auxilio ontem à minha noiva. É UM FOIE GRAS. VIVE A VIDA INTENSAMENTE.

(Guggenheim sussurrando para a sua amante Madame Aubert)

Guggenheim - O QUE ESPERA HOCLKEY PROVAR FAZENDO ISTO? ... BOEMIOS... AQUI EM CIMA?

Empregado (para Jack) - Como deseja o caviar, cavalheiro?

Cal (respondendo ao empregado)- APENAS COM UMA RODELA DE LIMÃO.... (sorri para Jack) ... MELHORA O PALADAR COM O CHAMPANHE.

Jack - Para mim não, obrigado. Nunca fui apreciador.

Ruth - E onde vive exactamente, Sr. Dawson?

Jack - Bom, agora a minha morada é o RMS Titanic. Depois disso, estou à vontade de Deus.

Ruth - E essa vida sem raízes, atrai-o?

Jack - BEM... O MUNDO É GRANDE, E QUERO CONHECE-LO ANTES DE PARTIR DESTA VIDA. O MEU PAI FALAVA SEMPRE SOBRE IR VER O OCEANO. ELE MORREU NA CIDADE ONDE NASCEU E NUNCA O VIU. NÃO PODEMOS ESPERAR QUE ACONTEÇA, PORQUE NUNCA SABEMOS O QUE VIRÁ A SEGUIR. REPAREM, OS MEUS PAIS MORRERAM NUM INCÊNDIO QUANDO EU TINHA 15 ANOS. E EU FIZ-ME À ESTRADA. ALGO QUE SE APRENDE É APROVEITAR A VIDA COMO ELA SE NOS APRESENTA. FAZER COM QUE CADA DIA VALHA A PENA.

Molly - Bem dito, Jack.

Cor. Gracie - Apoiado.

Rose - Façamos com que valha a pena.

(todos brindam, Ruth volta então a pressionar Jack, sobre como ele consegue o dinheiro para viajar, tal como no filme a cena prossegue novamente)

Cor Gracie - A vida é uma jogada de sorte.

Cal - Um homem faz a sua própria sorte, Archie.

(Rose repara que do seu lado o Sr. Andrews retira anotações em um pequeno livro, completamente distante da conversa)

Rose - Sr. ANDREWS, O QUE ESTÁ FAZENDO? VEJO-O EM TODO O LADO ESCREVENDO NESSE PEQUENO LIVRO.

(Rose lê uma das anotações de Andrews)

Rose - "AUMENTAR O NUMERO DE PARAFUSOS DE 2 PARA 3." VOCÊ CONSTRUIU O MAIOR NAVIO DO MUNDO E É ISTO QUE O PREOCUPA?

(Andrews sorri)

Ismay - Ele conhece-lhe todos os rebites. Não é, Thomas?

Andrews - TODOS OS TRÊS MILHÕES.

Ismay - O SEU SANGUE E ALMA ESTÃO NESTE NAVIO. ELE PODE SER MEU NO PAPEL, MAS AOS OLHOS DE DEUS ELE PERTENCE A THOMAS ANDREWS.

Rose - O seu navio é uma maravilha, Sr. Andrews. De verdade.

Andrews - Obrigado, Rose.

(a cena prossegue com Rose falando baixinho para o Jack)

Rose - Agora vão tomar Brandy no salão de fumo.

Cor. Gracie - Bem, acompanham-me num Brandy, cavalheiros?

(a cena prossegue tal como a conhecemos)

sexta-feira, setembro 22, 2006

TITANIC CENA XII

video
TERCEIRA-CLASSE

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(Jack está dançando com a Cora Cartmell, Rose deveria pedir permissão para dançar com Jack)

Rose - DÁ-ME LICENÇA, MENINA?

Jack - Você continua sendo a minha namorada, Cora.

Rose - Não sei os passos...

(a cena prossegue com Jack e Rose dançando, Cameron resolveu colocar a cena em que vemos de novo Cal, Ismay, Sir Cosmo, Guggenheim e Coronel Gracie no salão de fumo, a cena retorna à terceira-classe)

Jack (para Fabrizio e Helga) - O QUE VOCÊS DOIS ESTÃO FAZENDO?

Fabrizio - NÃO SEI O QUE ELA DIZ, ELA TAMBÉM NÃO SABE O QUE EU DIGO, POR ISSO ESTAMOS QUITES.

Rose - Pensa que uma moça de primeira classe não pode beber?

(a cena prossegue quando o sueco Bjorn Gundersen choca com o irlandês Tommy e este deixa cair a cerveja sobre Rose)

Tommy - SUA BESTA!

Jack - RAPAZES, RAPAZES! JÁ VOS CONTEI AQUELA DO SUECO E DO IRLANDÊS QUE VÃO PARA O BORDEL?

Rose - Então, se acham grandes homens? Deixem-me ver-vos fazer isto.

(a cena prossegue como conhecemos)

quinta-feira, setembro 21, 2006

TITANIC CENA XIII

video
CENA DE DOMINGO

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(Depois da cena da missa, veríamos Rose, Cal e Ruth no ginásio como tivemos oportunidade de ver no dvd especial. Juntamente surgia Jack se escapando para a primeira classe. Depois veríamos eles na ponte de comando onde Harold Bride entrega uma mensagem de aviso de gelo. O nome do navio que deveria ser mencionado era o Baltic, mas devido a sequência final Cameron preferiu que fosse o Noordam. Da mesma forma Cameron fez com a cena em que Lightooler pergunta pelos binóculos a Murdoch. Cameron preferiu passá-la para a noite de Domingo mas no script ela era para ser durante a luz do dia. Rose pergunta ao Sr. Andrews sobre o número de botes a cena prossegue)

Andrews - Durma descansada, jovem Rose. Construi um bom navio de verdade e forte. TODO ELE É O BOTE SALVA-VIDAS QUE PRECISAMOS.

(Na cena em que Ruth, Lady Duff-Gordon e a Condessa de Rothes estão tomando chá, temos Rose pensativa sobre o que disse a Jack, ela repara numa menina com sua mãe lhe ensinando como se deve comportar. Vemos Rose de forma calma e deliberada virar a chávena de chá sobre o seu vestido)

Rose - OH, OLHEM PARA O QUE FIZ.

(Rose procura por Jack na proa)

Rose - Olá, Jack. Mudei de ideias. FABRIZIO disse-me que talvez você estivesse aqui.

(a cena continua como conhecemos com os dois voando na proa, acabando por se beijarem, por trás deles, no cesto de vigia veriamos no turno da tarde os vigias Fleet e Lee que voltariam ao serviço às 10 da noite)

Fleet - COMO EU QUERIA AQUELES MALDITOS BINÓCULOS.

Rose velha - Foi a última vez que o Titanic viu a luz do dia.

(a cena prossegue na forma original, Jack entra na suite com Rose)

Rose - Esta luz chega? Os artistas não precisam de boa iluminação?

Jack - É verdade. Não estou acostumado a trabalhar em condições horriveis. Hey... um Monet! Não é fantástica a forma como ele usa as cores? EU VI-O UMA VEZ... POR ENTRE UM BURACO NA CERCA DO SEU JARDIM EM GIVERNY.

(a cena retoma como no filme Jack acaba por desenhá-la)

Bodine - E... o que aconteceu a seguir?

Rose velha - Está a perguntar se o fizemos? Lamento desapontá-lo Sr. Bodine. O Jack era muito profissional.

(retomam ao passado)

Rose - COLOQUE A DATA, JACK. QUERO ME LEMBRAR PARA SEMPRE DESTA NOITE.

quarta-feira, setembro 20, 2006

TITANIC CENA XIV

video
MANTER A VELOCIDADE E A ROTA SR LIGHTOLLER

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

Lightoller - Em 24 anos, acho que nunca vi um mar tão calmo.

Smith - Parece um lago. Nem uma brisa.

Lightoller - Torna mais difícil ver os icebergues sem a rebentação das ondas na base.

Smith - Mmmm, Bom, vou retirar-me. Mantenha a velocidade e a rota, Sr. Lightoller.

Lightoller - Sim, senhor.

Smith - E ACORDE-ME, CLARO, SE ALGO ACONTECER, ATÉ A MAIS PEQUENA BAIXA DE TEMPERATURA.

(a cena salta para Lovejoy procurando por Rose, eles fogem dele, descem no elevador, e tal como vemos na cena do DVD especial Rose explica a Jack o que Lovejoy foi no passado para Caledon. Lovejoy avista-os e a perseguição prossegue, Jack encontra uma entrada para a sala das caldeiras ele daria permissão a Rose para passar primeiro)

Jack - DEPOIS DE SI, MINHA SENHORA.

(eles entram e trancam a porta por dentro, bem nesse momento como vemos no filme Lovejoy aparece mas fica do lado de fora tentando abrir a porta)

terça-feira, setembro 19, 2006

TITANIC CENA XV

video
JACK E ROSE NO CARRO

(Rose e Jack estão agora na sala das caldeiras, assim como vemos no filme e na cena excluída do longo beijo entre os dois)

Jack - Continuem! Não se preocupem connosco. Bom trabalho.

(no salão de fumo Caledon continua apreensivo nem sequer prestar atenção à conversa do grupo)

Coronel Gracie - VAMOS PARAR NO INFERNO, ESTOU LHE DIZENDO. EU APOSTEI 5O DÓLARES EM COMO CHEGAREMOS A NOVA IORQUE NA TERÇA À NOITE!

(voltamos a ver Jack e Rose chegando ao carro que pertencia ao senhor Carter)

Jack - Para onde, menina?

Rose - Para as estrelas.

Jack - ESTÁS NERVOSA?

Rose - AU CONTRAIRE, MON CHER. Toque-me, Jack.

(a cena saltaria para a cena deletada da sala de operadores com Bride e Phillips a comunicar com o Californian)

Rose - Você está tremendo.

Jack - Não é nada. Eu estou bem. CONSIGO SENTIR O SEU CORAÇÃO BATENDO.

Velha Rose - BOM, NÃO FUI A PRIMEIRA MOÇA A FAZER AMOR NO BANCO DE TRÁS DE UM CARRO, E CERTAMENTE NEM FUI A ÚLTIMA, EM UM MILHÃO. ELE TINHA UMAS MÃO DELICADAS. MÃOS DE ARTISTA, MAS TAMBÉM FORTES... ÁSPERAS PELO TRABALHO. LEMBRO-ME DO SEU TOQUE ATÉ HOJE.

Fleet - Você consegue cheirar o gelo, sabia, quando está perto.

Lee - Bobagem.

Fleet - Bom, eu consigo.

(a cena continua até ao icebergue)

segunda-feira, setembro 18, 2006

TITANIC CENA XVI

video
CENA DO ICEBERGUE

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(assim que os vigias avistam o icebergue e é dada a ordem para virarem a estibordo enquanto Murdoch dá a ordem de marcha a ré a todo o vapor deveriamos ver o chefe Bell na sala das máquinas dando a ordem repetidas vezes após ter deixado cair a sopa que aquecia)

Bell - PARA TRÁS A TODO O VAPOR, PARA TRÁS A TODO O VAPOR!

(toda a cena prossegue de igual modo, até vermos Fabrizio sentir a água nos pés, veriamos também o mesmo acontecer com Tommy ao acordar que provoca um Spalsh ao colocar os pés no chão)

Fabrizio - MA-CHE CAZZO!

Tommy - RAIOS! QUE INFERNO HEM?!

TITANIC CENA XVII

video
BRINCANDO COM O GELO

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

Criado Barnes - NÃO HÁ MOTIVO PARA ALARME. POR FAVOR, VOLTE PARA O SEU QUARTO. Por favor, senhor, não há nenhuma emergencia.

Cal - Sim há, eu fui roubado. Quero o Mestre de Armas. Já, seu incompetente!

Capitão Smith - REGISTROU-SE UMA INCLINAÇÃO DE 5 GRAUS EM MENOS DE 10 MINUTOS.

Carpinteiro Hutchinson - ESTÁ METENDO ÁGUA RÁPIDAMENTE... NO COMPARTIMENTO ESTANQUE A VANTE E NOS SEGUINTES, E NA CASA DA CALDEIRA SEIS.

Ismay - PORQUE PARÁMOS?

Smith - BATEMOS NO GELO.

Ismay - BOM, E PENSA QUE O NAVIO ESTÁ SERIAMENTE DANIFICADO?

Smith - DÊ-ME LICENÇA!

(na casa das máquinas o esforço para manter o navio a funcionar era tremendo)

Bell - ISSO MESMO RAPAZES. VAMOS ACABAR COM ESTE INFERNO!

(um passageiro de primeira-classe admira os passageiros na proa brincando com o gelo, quando um lhe atira um pedaço de gelo para o colo)

Passageiro - ACHO QUE NÃO FOI NADA SÉRIO. VOU VOLTAR PARA A MINHA CABINE E LER UM POUCO.

Jovem - Perdi o espectáculo? Viu o que aconteceu?
Outro passageiro - Não. Acho que bateu ali.

Capitão Smith - Pode recuperá-lo?
Hutchinson - Só se as bombas forem mais rápidas.
Jack - É mau.
Rose - Deveríamos contar à mãe e ao Cal.
Jack - PIOR AINDA.
Rose - VENHA COMIGO, JACK. EU SALTO, VOCÊ SALTA... CERTO?
Jack - CERTO.
Lovejoy - Andávamos à sua procura, menina.
(a cena continua com a acusação de Jack ter roubado o colar a Rose, Cal diz-lhe que talvez ele o tivesse feito enquanto ela se vestia)
Jack - Eles o colocaram no meu bolso!
Lovejoy - Nem sequer é seu bolso, rapaz. "Propriedade de A. L. Ryerson".
Mestre de Armas - Foi dado como roubado hoje.
Jack - Eu ia devolvê-lo! Rose. Rose, não os escute... Eu não fiz isso! Você sabe que não o fiz. Você sabe!
Ruth - PORQUÊ QUE AS MULHERES ACREDITAM NOS HOMENS?

TITANIC CENA XVIII

video
OS BOTES SÃO PREPARADOS

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

Andrews - VIRE-O PARA A DIREITA! PUXE PARA BAIXO, ESTIQUE ANTES DE O DESLOCAR. VOCÊ NUNCA MANOBROU UM BOTE?

Marinheiro - NÃO, SENHOR. NÃO COM ESTES NOVOS TURCOS, SENHOR.

(na suite de Rose)

Ruth - É MELHOR IR ME VESTIR.

(Cal bate na Rose e o criado Barnes entra na suite informando da situação de perigo)

domingo, setembro 17, 2006

TITANIC CENA XIX

video
COLETES POSTOS!

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

CAMAREIRO - TODOS A PÉ. VAMOS LÁ. PONHA O COLETE.

OUTRO CAMAREIRO - COLETES POSTOS. COLETES POSTOS. TODOS DE PÉ, VAMOS LÁ. COLETES POSTOS...

(vemos os passageiros espantados com o sucedido, uma mulher da Síria pergunta ao marido o que eles estarão dizendo. Ele também não entende.)

TITANIC CENA XX

video

VOLTAMOS NO CAFÉ DA MANHÃ

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

Lightoller - SENHORAS E SENHORES, A VOSSA ATENÇÃO, POR FAVOR. POR FAVOR, VENHAM NA MINHA DIRECÇÃO. VENHAM NA MINHA DIRECÇÃO, SENHORAS E SENHORES. PARA AQUI.

(O vapor das caldeiras que fazia um tremendo barulho terminou)

Lightoller - BOM, VAMOS COMEÇAR A ENCHER OS BOTES. POR AGORA, APENAS QUERO MULHERES E CRIANÇAS. CAVALHEIROS, POR FAVOR, FIQUEM EXACTAMENTE ONDE ESTÃO. MINHAS SENHORAS, POR FAVOR, DEÊM UM PASSO ATÉ MIM. CERTO. COMEÇAR A EMBARCAR. MULHERES E CRIANÇAS. OS BOTES SÃO PERFEITAMENTE SEGUROS. ISTO É APENAS POR PRECAUÇÃO. POR FAVOR, MADAME, POR AQUI. POR AQUI, MADAME, POR FAVOR.

Passageira - A SÉRIO ACHO MELHOR NÃO.

Lightoller - POR AQUI. SENHORAS, POR AQUI.

(uma passageira se abraça ao marido com medo)

Lightoller - OBRIGADO, CAVALHEIRO. SENHORA...

Cavalheiro - VAI FICAR TUDO BEM. PROMETO. VEMO-NOS DE MANHÃ.

Lightoller - É PERFEITAMENTE SEGURO. OBRIGADO, CAVALHEIRO. SENHORAS, POR FAVOR. ENTREM NO BOTE.

Passageira no bote - VOCÊ VIU. ELES COLOCAM-NOS NESTES PEQUENOS BOTES RIDÍCULOS A GELAR E VOLTAMOS NO CAFÉ DA MANHÃ.

Lightoller - VENHA POR AQUI. ENTRE PARA BORDO. POR AQUI, POR FAVOR, SENHORA. POR AQUI, POR FAVOR.

TITANIC CENA XXI

video
CONFUSÃO EM TERCEIRA CLASSE

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(Cal Rose e Ruth saem mais à frente pela saída junto da banda perto do bote seis)

Ruth - O MEU ALFINETE, DEIXEI O MEU ALFINETE. TENHO DE O IR BUSCAR!

(Ela se volta para ir ao camarote mas Cal segura-a por um braço prendendo-a. A firmesa com que ele a segura surpreende-a)

Cal - FIQUE AQUI, RUTH.

(Ruth apercebe-se da sua expressão, e sentiu medo dele pela primeira vez. Na terceira classe era o caos.)

Criado - EU DISSE A ESTES ESTÚPIDOS EMIGRANTES PARA NÃO TRAZEREM AS MALAS. AW, MALDITOS SEJAM!

Criado 2 - Fiquem calmos, por favor. Ainda não é hora de irem para os botes.

Criança - O que vamos fazer, mamãe?

TITANIC CENA XXII

video
ROSE FOGE DE CAL

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(depois da cena excluída em que vemos Ismay num estado de loucura e é mandado para trás pelo oficial Lowe, vemos Daniel Marvin que desde o ínicio da viagem fazia um filme com a sua esposa Mary Marvin...)

Lightoller - APENAS MULHERES E CRIANÇAS! DESCULPE, SENHOR, HOMENS POR AGORA NÃO.

Marvin - VOCÊ ESTÁ AMEDRONTADA, QUERIDA. ASSUSTADA DE MORTE. ISSO MESMO!

Molly - Vamos lá, vocês ouviram o homem. Entre no bote, irmã.

Ruth - Os botes vão ser cheios de acordo com a classe? Oxalá não levem muita gente.

(depois desta cena Rose recusa-se a entrar no bote. Ela acaba por se soltar do Cal e o bote desce com a mãe dela gritando)

Lightoller - Podem baixar!

Ruth - Rose! Rose!

Molly - DÁ VONTADE DE LHE BATER, RUTH. ELA FICARÁ POR ALI.

(Rose corre por entre a multidão. Quando ela olha para trás vê que Cal está vindo furioso atrás dela. Ela corre para perto de dois homens que olhavam.)

Rose - AQUELE HOMEM ALI TENTOU ABUSAR DE MIM NA MULTIDÃO!

(apontando para Cal que corria atrás dela, Rose corre e os dois homens seguram Cal por uns tempos. Ela corre e entra na escadaria da primeira-classe. Cal liberta-se e chega à entrada de primeira-classe mas corre contra uma multidão de pessoas que estão saindo de lá. Ele empurra-as para poder passar entre elas. Cal entra e desce a escadaria, afasta os passageiros que aí se encontram conversando. Ele procura-a nos vestíbulos do deque A, mas Rose já tinha desaparecido.)

sábado, setembro 16, 2006

TITANIC CENA XXIII

video
FOGUETES

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAÍUSCULAS

(depois de vermos Molly na cena excluída em que pergunta ao marinheiro se alguma vez tinha pegado num remo, vemos na sequência final do filme, Jack pedindo por socorro, e Rose procurando por Andrews, até que ela desce no elevador, nesse período teriamos de novo Molly Brown no bote)

Molly - Vamos lá, meninas, remem, mantem-nos quentes. Vamos lá, Ruth. Pegue num remo!

(vemos Rose nos corredores da tripulação procurando por Jack)

sexta-feira, setembro 15, 2006

TITANIC CENA XXIV

video
ÁGUA NOS CORREDORES JUNTO A JACK

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(Rose encontra Jack e pede-lhe perdão, Jack pede-lhe que ela procure a chave para o libertar)

Jack - Rose... como é que você percebeu que não fui eu?

Rose - Não percebi. Acho que sempre o soube.

Jack - Continue procurando.

(Jack percebe uma estranha agitação do lado de fora do navio, ele olha pela janela de vigia e percebe que um outro bote acabou de tocar na água, era o bote número 1, Lady Lucille Duff Gordon e Sir Cosmo estavam a bordo, enquanto o marinheiro desprende o bote, Lucille repara em Jack do lado de dentro)

Lucille - ABORREÇO-ME EM BOTES PEQUENOS. EU SÓ SEI QUE VOU FICAR ENJOADA. EU SEMPRE FICO COM NÁUSEAS EM BOTES PEQUENOS. OH CÉUS! HÁ UM HOMEM ALI EM BAIXO!

(ela vê o Jack pela vigia do Titanic... uma bolha de luz pouco abaixo da superficie da água.)

Rose - Não há nenhuma chave aqui.

Jack - Você tem que ir pedir ajuda.

Rose - Volto já.

Jack - Eu espero aqui.

quinta-feira, setembro 14, 2006

TITANIC CENA XXV

video
OS BOTES CONTINUAM SAÍNDO

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(Como vemos no filme, Rose procura por ajuda nos corredores. Um estrangeiro corre assustado por ela e nem lhe presta atenção. Vemos então o empregado que a leva por um braço e quem ela dá um soco no nariz)

Criado - Vá para o inferno!

Rose - VEJO VOCÊ LÁ, SACANA!

(Rose acha o machado e corre para Jack, ela pratica um pouco e Jack diz-lhe que está na hora de tentar. E ela consegue, acerta em cheio nas algemas de Jack.)

Jack - BOM TRABALHO, PAUL BUNYAN*!

(Paul Bunyan é um nome mítico para um camponês de 1837 na Revolta de Papineau quando o povo se revoltou contra a jovem rainha inglesa. Bunyan vem do franco-canadiano Bonyenne que significa MINHA NOSSA!
Jack entra na água gelada.)

Jack - Oh, Merda! DESCULPE O MEU FRANCÊS. OW OW OW, ESTÁ GELADA! VÁ, VAMOS EMBORA.

(A saída por onde Rose veio já estava submersa, Jack diz que têm de achar outra saída e a cena prossegue. Áté à cena em que Jack encontra o Fabrizio.)

Jack - Fabrizio! Fabri!

Fabrizio - Os botes estão todos partindo.

Jack - TEMOS DE SUBIR OU ENTÃO VAMO-NOS ENGASGAR COM ÁGUA SALGADA. ONDE ESTÁ O TOMMY?

(a cena salta para o Tommy que pede ao criado que os deixe passar.)

quarta-feira, setembro 13, 2006

TITANIC CENA XXVI

video
LOWE DISPARA

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(Vemos no filme Jack pedindo a outro empregado que os deixe passar e ele insiste em dizer que sigam pela escadaria principal. Jack com a ajuda de Fabrizio e Tommy com a ajuda de outros arrancam um banco do chão para rebentar com o portão após essa cena em que Tommy dá um murro no empregado, Rose chega-se perto do segundo e diz-lhe de forma imperativa)

Rose - SE VOCÊ TEM INTENÇÃO DE MANTER O SEU EMPREGO PATÉTICO NA WHITE STAR LINE, EU SUGIRO QUE GUIE ESTAS BOAS PESSOAS PARA O DEQUE DOS BOTES... JÁ!

(O empregado receando o mesmo fim que o outro colega leva-os pelos corredores. A cena salta para a cena excluída em que o capitão pede para o bote 6 retornar.)

TITANIC CENA XXVII

video
OS BOTES EMARANHADOS

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(Vemos Cal e Lovejoy se dirigindo para o camarote para ir buscar algum dinheiro e o colar, no caminho eles acham Guggenheim.)

Cal - BEN, QUAL A OCASIÃO?

Guggenheim - ESTAMOS VESTIDOS COM O NOSSO MELHOR TRAJE E ESTAMOS PREPARADOS PARA NOS AFUNDARMOS COMO CAVALHEIROS.

Cal - É UM ACTO ADMIRÁVEL, BEN. TENHO CERTEZA DISSO, E DIREI À SUA ESPOSA... QUANDO EU CHEGAR A NOVA IORQUE.

terça-feira, setembro 12, 2006

TITANIC CENA XXVIII

video
QUASE ESMAGADOS

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(no salão de fumantes de primeira-classe ainda dois jogadores de cartas permanecem. A sala mantém-se calma e civilizada. Um carro de serviço prateado começa a andar sózinho pelo salão devido à inclinação. Um dos jogadores de cartas poisa o cigarro no cinzeiro e este cai rolando.)

Jogador - PARECE QUE TEREMOS DE CANCELAR A NOSSA PARTIDA POR AGORA.

(vemos a cena em que Cal continua procurando por Rose e a confusão instala-se quando Lowe tem de disparar enquanto o seu bote está descendo.)

Lightoller - Para trás! Ordem!

Lowe - PODEM BAIXAR ESQUERDA E DIREITA!

segunda-feira, setembro 11, 2006

TITANIC CENA XXIX

video
ISMAY SE SALVA

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(Cal se apercebendo que a situação se agrava propõe negociar com Murdoch.)

Cal - Estamos entendidos?

Murdoch - SE VOCÊ O DIZ...

domingo, setembro 10, 2006

TITANIC CENA XXX

video
OS BOTES JÁ FORAM

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(Lovejoy acha Rose do outro lado e Cal tem de escolher entre entrar no bote ou ir para junto de Rose, tal como vemos no filme. Rose recusa-se a entrar no bote)

Lightoller - DEPRESSA, SENHORAS. ENTREM NO BOTE. DESPACHEM-SE, POR FAVOR.

sábado, setembro 09, 2006

TITANIC CENA XXXI

video

AFINAL AINDA HAVIAM MULHERES E CRIANÇAS A BORDO

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

Tripulante - SÓ MULHERES E CRIANÇAS. DESÇAM PARA O VOSSO CONVÉS. NÃO PODEM PASSAR!

sexta-feira, setembro 08, 2006

TITANIC CENA XXXII

video
NEARER MY GOD TO THEE

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(Cal continuava no bote se afligindo com a água e impedindo outros de subirem para bordo)

Cal - NÃO! PARA TRÁS! PARA TRÁS! VAI VIRAR-NOS!

quinta-feira, setembro 07, 2006

TITANIC CENA XXXIII

video
A CHAMINÉ CAI

DIÁLOGOS EXCLUÍDOS EM MAIÚSCULAS

(Jack está com Rose e os dois se esgueiram para ver como o navio se está se afundando.)

Jack - OK... TEMOS DE SEGUIR EM FRENTE. Temos de permanecer no navio o mais tempo possível.

(por sua vez Cal no bote via assustado a primeira chaminé que caía)

Cal - REMEM! REMEM SUAS BESTAS!