sexta-feira, agosto 18, 2017

HOMENAGEM A JOSÉ ALENCAR

TITANICFANS 
HOMENAGEM A JOSÉ ALENCAR
Esperaria para hoje um post diferente, já estava pronto para ser publicado na hora marcada, seria um dia especial, a celebração de 12 anos do TitanicFans. Mas a triste notícia recebida esta madrugada marca para sempre a história deste blogue. Victor Vila, fundador da Sociedade Histórica Brasileira do Titanic e Rodrigo Piller fundador do Titanic em Foco, informam-me do falecimento do nosso querido amigo José Alencar. O nosso Capitão fundador do TitanicMomentos! O José Alencar foi o primeiro amigo que conheci relacionado com o Titanic. É difícil num momento desses poder dizer o que se sente. Quando conheci o Alencar em 2005, ele era um homem cheio de vida, alegre, de grande coração, vida estável e que nunca deixou de agradecer a Deus por isso. Falamos muitas vezes por telefone, vídeo, trocamos correspondência e até material do Titanic... fiz amigos graças a ele. Hoje muito do que tenho do Titanic devo ao Alencar. Quando criei o TitanicFans neste mesmo dia, convidei o Alencar para participar, os posts dele estarão aqui guardados para sempre com carinho. Pouco tempo depois, foi o TitanicFans que lhe deu motivação para ele mesmo criar a sua própria página, o TitanicMomentos. Tudo estava bem, qual Titanic navegando seguro pelo oceano. Mas a tragédia chegou repentinamente e de forma inesperada, começou com o desemprego, mesmo assim tudo permaneceria bem. Mas a morte repentina dos seus pais, num curto espaço de tempo, abalou para sempre o nosso amigo. Com a situação do desemprego a agravar-se, como um capitão responsável por manter o seu navio, chegaram pedidos de ajuda a todos nós amigos. A ajuda foi chegando com respostas de esperança e a conta gotas dentro da possibilidade de cada um, mas insuficiente para manter o navio a flutuar a tempo... e é quando dou por mim a assistir a este triste final impotente no meu lugar. Como um verdadeiro herói, que é assim que devem ser todos os capitães de navios, o meu amigo Alencar partiu. 
Alencar meu amigo, onde quer que esteja esta mensagem é para você: 

Alencar, quando te conheci, jamais poderia imaginar a pessoa maravilhosa que iria marcar a minha vida. Vou-me lembrar para sempre da sua gargalhada alegre no telefone, das brincadeiras de amigos com outros titanicos pela madrugada. Hoje me lembrei quando te liguei devido ao falecimento da sua mãe e do desespero que te tomou, me lembrei também do seu telefonema com um pedido de ajuda, pois mesmo distante sabia que poderia ajudar. Mas sabe, não é isso que me faz recordar de você para o resto da minha vida. O que me fará lembrar para sempre de você, é o Amigo que foi, o carinho, a bondade e altruísmo de uma pessoa que nada pedia em troca, apenas o prazer que tinha em fazer o bem e ver pessoas felizes. Guardou com carinho os itens do Titanic que te ofereci, mesmo com as necessidades que estava passando pedi que os vendesse e se recusou, guardarei para sempre tudo o que me ofereceu do Titanic.
Quero que você solte aí em cima uma boa risada com o que vou dizer agora, você foi esperto, conheceu reencarnações de passageiros do Titanic aqui na Terra e agora está aí em cima conhecendo os outros! Sei que você verá crescer o novo Titanic 2 que sonhavamos poder ver um dia, mesmo sendo um modelo chinês e para diversão. 
Recordarei você com as palavras da sobrevivente Eva Hart quando falou do Titanic: "Era maravilhoso, belíssimo, e é assim que devemos recordá-lo."

To Make Each Day Count! 

sábado, agosto 12, 2017

LEO E KATE JUNTOS

KATE E LEO ESTÃO JUNTOS
DIZ REVISTA 
De acordo com a revista Star, os eternos Jack e Rose formam o novo casal de Hollywood.
Os mais apaixonados pelo mundo das celebridades não sabem como lidar com uma notícia publicada pela revista norte-americana Star, nesta sexta-feira (11). De acordo com o portal R7, segundo a publicação estrangeira, Leonardo DiCaprio e Kate Winslet, que protagonizaram o filme Titanic, em 1997, estão juntos na vida real.
Kate e Leo, os intérpretes de Rose e Jack, respectivamente, no épico filme de James Cameron encontraram-se em julho, durante um evento beneficente promovido pelo ator, na França, e aumentaram as suspeitas sobre o romance.
Ainda segundo o portal R7, os fãs que "shippam" o suposto novo casal devem ficar com "um pé atrás", pois a revista Star é conhecida por ser extremamente sensacionalista.

segunda-feira, agosto 07, 2017

NOVO FILME TITANIC

UNSINKABLE É O NOME DO NOVO FILME 
Um novo filme sobre o Titanic está quase a sair! O filme irá focar-se sobretudo nos inquéritos feitos aos sobreviventes, na situação política da época e outros momentos chave que envolveram o desastre. Este vídeo exclusivo mostra como decorrem as gravações.

segunda-feira, julho 31, 2017

NOVIDADES TITANICFANS JULHO

NOVIDADES DO TITANICFANS 
EM JULHO FOI ASSIM 
A Tragédia Contada Pelos Sobreviventes - No dia 15 de Março de 2016, o canal Arca da Fuzarca no YouTube, publicou um documentário de 40 minutos, produzido em 1996, com o testemunho de alguns sobreviventes. 
Os Animais do Titanic Em reportagens veiculadas pela mídia londrina, em março de 2012, estima-se que viajavam a bordo em torno de 12 cães, 04 galinhas, 30 frangos, um canário amarelo e a gatinha Jenny, a encarregada de caçar ratos no navio. 
O Naufrágio do Carpathia Carpathia, o navio de 13 toneladas, é melhor lembrado por ter sido o que respondeu aos sinais de perigo vindos do RMS Titanic, resgatando cerca de 700 sobreviventes do famoso desastre ocorrido em 1912.
A Trágica História da Família Panula É quase inacreditável como a morte perseguiu a família  Panula. 
"TO MAKING IT COUNT!" 

segunda-feira, julho 24, 2017

A TRÁGICA HISTÓRIA PANULA

A TRÁGICA HISTÓRIA DOS PANULA
É quase inacreditável como a morte perseguiu a família  Panula. Primeiro perderam uma filha e um filho e mais tarde perderam mais uma filha que se afogou num rio chamada Emma. Esta história remete-nos para um fato sinistro, ao princípio ninguém encontrou o corpo de Emma no rio, mas de noite ela apareceu nos sonhos de sua mãe, Maria dizendo-lhe onde poderiam encontrar o seu corpo não sem antes dizer-lhe: "Não é assim tão terrível morrer na água. E na água devem morrer." Mais tarde, Maria Panula morreria no Titanic com os seus filhos.

segunda-feira, julho 17, 2017

O NAUFRÁGIO DO CARPATHIA

PEQUENO GRANDE HERÓI
Carpathia, o navio de 13 toneladas, é melhor lembrado por ter sido o que respondeu aos sinais de perigo vindos do RMS Titanic, resgatando cerca de 700 sobreviventes do famoso desastre ocorrido em 1912.
Seis anos mais tarde, neste mesmo dia há 99 anos atrás, o RMS Carpathia foi afundado ao ser torpedeado por um U-boat alemão (U-47), a caminho dos Estados Unidos, vindo de Liverpool - o local do afundamento foi estimado como perto da costa da Irlanda, 5 pessoas morreram no ataque e 215 sobreviveram.
Apesar de haver testemunhas, a localização dos destroços era um mistério até sua recente descoberta pela equipe do NUMA - National Underwater & Marine Agency - em 1999, a 300 quilômetros do extremo sul da Inglaterra. Imagens de sonar (foto) mostram o naufrágio em boas condições, ainda inteiro, permitindo sua exploração para a recuperação de artefatos. Os destroços encontram-se a aproximadamente 170 metros de profundidade.

sábado, julho 08, 2017

OS ANIMAIS DO TITANIC

OS ANIMAIS DO TITANIC 
Em reportagens veiculadas pela mídia londrina, em março de 2012, estima-se que viajavam a bordo em torno de 12 cães, 04 galinhas, 30 frangos, um canário amarelo e a gatinha Jenny, a encarregada de caçar ratos no navio. Alguns dos cães que estavam a bordo participariam de uma exibição/show que aconteceria no dia exato do naufrágio. Apenas três deles sobreviveram ao terrível naufrágio.
Os demais acompanhavam seus donos como a pequinês Suki, a pomerania Lady, a airedale Kitty, pertencente ao milionário americano J.J. Astor, e o buldogue inglês campeão, comprado pelo equivalente a 14.000 libras esterlinas de hoje, um cocker spaniel e um pequeno cachorrinho fru-fru.
Ainda que alguns dos cães estivessem nas cabinas com seus donos, outros viajavam trancados em pequenas jaulas colocadas no deck de carga, o que lhes tirou qualquer chance de serem salvos. Na verdade poderiam ser muitos mais, pois os animais de estimação não eram incluídos na lista de passageiros. As galinhas possivelmente pertencessem aos passageiros imigrantes que as trouxeram a bordo para poderem consumir os ovos, único luxo que podiam se dar na longa viagem para Nova York.
A gatinha Jenny pertencia a tripulação do navio. O cachorro favorito do capitão Smith, um galgo irlandês, que costumava acompanhá-lo nas viagens, nessa travessia foi felizmente deixado em casa.
A temperatura gélida do Atlântico norte era de -2 graus, impossibilitando a sobrevivência na água. Os animais que não se afogaram, morreram de hipotermia. Uma lenda, porém, chama a atenção, a de Rigel, um terranova negro, pertencente ao primeiro oficial do Titanic, Willian Murdock. Surpreendentemente Rigel sobreviveu nadando na água gelada por mais ou menos duas horas até que o navio salvador, Carpathia, chegou. Conta-se também que foi seu latido de alerta que evitou que o navio abalroasse um dos botes salva-vidas ao se aproximar em demasia no escuro. Na época Rigel ficou conhecido, até mesmo pela necessidade de encontrar-se algo positivo em uma catástrofe daquela dimensão (Não há relatos oficiais sobre o cão Rigel. Os jornais do dia estavam oferecendo dinheiro pelas histórias do Titanic. Possivelmente o repórter escreveu tal história a fim de receber pela notícia).
O destino dos animais a bordo do Titanic foi proporcionalmente ainda mais trágico do que o dos humanos, uma vez que, de todos os animais, apenas três cães sobreviveram e foram levados nos botes salva-vidas por seus tutores: o lulu-da-pomerânia de Margaret Hays, o cão de Elizabeth Rothschild e o pequinês de Henry e Myra Harper.
Margaret Hays e suas amigas fugiram da cabine do transatlântico Titanic enquanto ele começava a afundar. Neste momento ela só pensava em salvar seu maior tesouro: Lily, seu cachorro spitz alemão. Quando Margaret entrou no bote salva-vidas, ela segurou firme Lily, que estava enrolada em um cobertor. As duas sobreviveram ao desastre marítimo mais célebre da história.
Há a história de Ann Isham, que preferiu morrer abraçada ao seu cão em vez de abandoná-lo. Ann Elizabeth Isham, 50 anos, visitava o canil do navio quando foi dada ordem de evacuação. Pediu para levar o seu cão, disseram-lhe que não, por ser muito pesado. Preferiu morrer junto ao animal de estimação. Uns dias depois, a equipe de resgate encontrou o corpo de uma mulher abraçada a um cão.
Um caso dramático melhor descrito foi o do cão Fru-Fru de Helen Bishop, que a contragosto, abandonou o cão em sua cabine, e ele ainda tentou impedi-la de sair sem ele, mordendo-a pelo vestido até que este rasgou. A sobrevivente ainda falou depois: “A perda do meu cãozinho me machucou demais. Jamais vou esquecer como ele se agarrava a minhas roupas. Ele queria tanto me acompanhar”.
De acordo com os arquivos oficiais do Titanic, apenas 12 cães teriam embarcado em Southampton, naquele abril de 1912, mas apenas três sobreviveram.
Uma curiosidade: No dia 18/04/1912, com a chegada dos sobreviventes, na confusão do cais, o cão de Elizabeth Rothschild morreu sob as rodas de uma carruagem. O salvamento do animal repercutiu na imprensa, pois o marido de Elizabeth não teve a mesma sorte.
Agora os cães do Titanic foram apresentados na exposição, RMS Titanic: 100 Years, na Widener Art Gallery, na Universidade de Widener, na Pensilvânia (EUA), que ocorreu nos mês de abril e maio de 2012.
“Não se sabe muito sobre os cachorros, mas todos estavam com os passageiros da primeira classe. Quando os ricos e famosos viajavam, eles costumavam levar os cachorros junto”, explica o curador da mostra, Joseph J. Edgette, professor emérito da educação e folclore. Uma vez que os cães eram considerados "carga", não havia uma lista oficial daqueles que estavam a bordo. Porém, Joseph Edgette, a partir de extensa pesquisa em documentos pessoas dos passageiros, criou sua própria lista com os cães, nomes, raças e tutores.
Todos os objetos expostos vieram da coleção particular de Joseph J. Edgette, inclusive a fotografia de um grupo de cães, tirada no convés superior do Titanic pelo Padre Francis Browne. O padre fotografou poucos sobreviventes e apenas de conhecidos no interior do navio. “A Kodak iria tirar fotos quando o navio chegasse em Nova York”, disse o curador.
Entre os outros passageiros caninos estava Airedale, Kitty, cujo tutor era John Jacob Astor. Nenhum dos dois sobreviveu. Outros artigos em exposição incluem jornais originais, réplicas do serviço de prata do Titanic.
“Existe uma ligação especial entre as pessoas e os animais. Para muitas, eles são considerados membros da família. Eu não acho que qualquer outra exposição sobre o Titanic retrate e reconheça o trabalho e o amor que estes animais tiveram para perder suas vidas em um cruzeiro”, finaliza Joseph Edgette.
do blogue TitanicMomentos

sábado, julho 01, 2017

A TRAGÉDIA CONTADA PELOS SOBREVIVENTES

A TRAGÉDIA CONTADA PELOS SOBREVIVENTES 
No dia 15 de Março de 2016, o canal Arca da Fuzarca no YouTube, publicou um documentário de 40 minutos, produzido em 1996, com o testemunho de alguns sobreviventes.Em Março de 1998, a revista Fatos e Fotos trouxe como brinde uma fita VHS contendo o documentário: Titanic – A Tragédia Contada Pelos Sobreviventes (Titanic - The Survivors Story).
O documentário além de informações de especialistas e historiadores, contém o depoimento de seis passageiros, que foram sobreviventes do Titanic: Edith Brown Haisman, Eva Hart, Marjorie Newell Robb, Michel Marcel Navratil, Millvina Dean e Ruth Becker Blanchard.
Millvina Dean (última sobrevivente) morreu no dia 31/05/2009, aos 97 anos, e suas cinzas foram jogadas ao mar, no porto de Southampton, Inglaterra, de onde zarpou o lendário Titanic.
do blogue TitanicMomentos

sexta-feira, junho 30, 2017

NOVIDADES TITANICFANS JUNHO

NOVIDADES DO TITANICFANS 
EM JUNHO FOI ASSIM 
Céline Dion e Titanic - A veterana cantou, encantou e emocionou com esta versão do tema do filme.
11 de Junho de 1911 A apenas três dias da sua partida para a viagem inaugural, os marinheiros e bombeiros do Olympic saem do navio após exigirem uma revisão de salários.
A Viagem Inaugural do Olympic Em 14 de Junho de 1911 o RMS Olympic fez a sua viagem inaugural. 
Um Pedido de Ajuda Muitos são os fãs do Titanic no Brasil, e muitos se lembram do José Alencar de Belo Horizonte. Alencar foi das primeiras pessoas que conheci na internet devido ao Titanic.
O Retorno do Olympic - Em 28 de Junho de 1911 o Olympic partia de Nova Iorque na sua viagem inaugural de regresso a Southampton com escala em Plymouth e Cherbourg. 
"TO MAKING IT COUNT!" 

domingo, junho 25, 2017

O RETORNO DO OLYMPIC

 
O RETORNO DO OLYMPIC 
Em 28 de Junho de 1911 o Olympic partia de Nova Iorque na sua viagem inaugural de regresso a Southampton com escala em Plymouth e Cherbourg. Esta folha do jornal The World é datada de 29 de Junho de 1911 e podemos ler o relato da partida. O Olympic chegara a Nova Iorque no dia 21 com bastante pompa numa viagem inaugural de sucesso.

segunda-feira, junho 19, 2017

UM PEDIDO DE AJUDA

PEDIDO DE AJUDA DE JOSÉ ALENCAR 
Muitos são os fãs do Titanic no Brasil, e muitos se lembram do José Alencar de Belo Horizonte. Alencar foi das primeiras pessoas que conheci na internet devido ao Titanic. É talvez das pessoas no Brasil que mais conhecem o assunto e que mais me ensinou. Quando o TitanicFans nasceu em 2005, Alencar veio a se tornar um valioso colaborador, e por fim deu vida a um blog seu chamado TitanicMomentos e a uma comunidade no Orkut muito conhecida "Titanic Fatos Históricos". O nosso capitão Alencar era um homem alegre, diria mesmo feliz que queria partilhar dessa felicidade com todos. Só tenho boas recordações dele, dono de um patrimonio do Titanic invejável, Alencar não pensava duas vezes em enviar aos amigos algumas coisas do Titanic, como dvds com documentários, livros, cds de música do navio, às vezes até uma simples chamada telefónica para conversar... e sim isso tudo ele fazia e enviava para este lado do Atlântico, Lisboa! Infelizmente a vida dá voltas, e assisti à reviravolta que a vida do meu amigo Alencar deu, perdeu a família mais direta (pai e mãe) num curto espaço de tempo, e como se não fosse suficiente, perdeu o emprego. Desde então, o nosso amigo Alencar tem passado sérias dificuldades, e eu nunca deixarei passar um pedido seu de ajuda, como aconteceu estes dias via email. Se você se lembra dele, do capitão Alencar, ou ouviu falar dele, ou simplesmente pretende ajudar, o nosso capitão criou uma "Vakinha" para quem puder contribuir:
Se quiser ajudar de outro modo, com comida ou emprego diretamente com o Alencar, também é de grande valor. Esta iniciativa tem a colaboração de Titanic em Foco, e Sociedade Histórica Brasileira do Titanic. 

quarta-feira, junho 14, 2017

A VIAGEM INAUGURAL

A VIAGEM INAUGURAL 
DO RMS OLYMPIC 
O navio RMS Olympic foi construído entre Setembro de 1907 e Maio de 1910, altura em que foi lançado. Foi o primeiro de três grandes navios, a "Olympic Class" (os maiores naquele período), da White Star Line que fizeram parte da sua frota por volta da mesma época. Eram em muito semelhantes entre si, principalmente no tamanho, distribuição e vista exterior. Em 14 de Junho de 1911 o RMS Olympic fez a sua viagem inaugural. Com 1313 passageiros a bordo a viagem transatlântica foi um sucesso. O vídeo acima mostra o navio prestes a partir na sua viagem inaugural. Muitas vezes associado ao Titanic, neste filme podemos ver o Capitão Smith na sua farda branca de Verão, dez meses antes de morrer no Titanic. O Olympic chegou a New York no dia 21 de Junho, tendo sido calorosamente recebido no cais 59. A sua chegada, apesar de festiva teve um pequeno acidente que muitos desconhecem. Devido às suas hélices, o pequeno rebocador O. L. Hallenbeck enquanto contornava o navio para o manter alinhado com o cais, é sugado contra a popa do Olympic e sofre alguns danos.

domingo, junho 11, 2017

11 DE JUNHO DE 1911

DOMINGO 11 DE JUNHO DE 1911 
A apenas três dias da sua partida para a viagem inaugural, os marinheiros e bombeiros do Olympic saem do navio após exigirem uma revisão de salários. Com medo de que a travessia pudesse ser adiada, a White Star Line aceita as exigências da tripulação concedendo um aumento de salário em 10 xelins a partir do dia seguinte.

segunda-feira, junho 05, 2017

CÉLINE DION E TITANIC

CÉLINE DION E TITANIC 
20 ANOS
Céline Dion foi ovacionada de pé pelo público do Billboard Music Awards 2017 ao cantar My Heart Will Go On, música que a consagrou. A escolha foi uma homenagem aos 20 anos do filme Titanic de James Cameron.
A veterana cantou, encantou e emocionou com esta versão do tema do filme. Belíssima num vestido branco, a diva fez uma apresentação emocionante que deixou até Vanessa Hudgens, uma das apresentadoras, com os olhos em lágrimas. Vale a pena ver o vídeo.

quarta-feira, maio 31, 2017

NOVIDADES TITANICFANS MAIO

NOVIDADES DO TITANICFANS 
EM MAIO FOI ASSIM 
O Naufrágio do Lusitânia - O Lusitania saiu de New York no dia 1 de maio de 1915 com destino a Liverpool. No dia 7, sexta-feira, dia do naufrágio por volta das 14h10 da tarde o Lusitania foi atingido por um torpedo no seu lado de estibordo (lado direito do navio) pelo submarino alemão U-20. 
A Amizade de Jack e Rose Passados 20 anos, os dois atores continuam amigos. Este vídeo junta todos esses anos de grande amizade.
E Depois do Titanic - Fotos que mostram os momentos que se seguiram ao naufrágio, algumas bastante desconhecidas do público em geral. 
O Verdadeiro Jack Um norte-americano diz que a história do filme de James Cameron foi baseada nele.
"TO MAKING IT COUNT!" 

segunda-feira, maio 29, 2017

O VERDADEIRO JACK

O VERDADEIRO JACK 
Um norte-americano diz que a história do filme de James Cameron foi baseada nele.
Stephen Cummings está numa batalha legal contra James Cameron por causa do filme Titanic. 
Segundo o norte-americano, a personagem interpretada no filme por Leonardo DiCaprio tem por base a sua história de vida.
Segundo o processo, James Cameron terá baseado a história em familiares de Stephen Cummings que estariam a bordo do navio. Também na história dos familiares de Cummings, a mulher sobreviveu mas o homem não. A personagem de Jack terá sido mesmo baseada em Cummings, alega.
O queixoso quer 300 milhões de dólares e 1% de royalties do filme.

domingo, maio 21, 2017

E DEPOIS DO TITANIC

E DEPOIS DO TITANIC 
Todos nós ficamos empolgados ao ver aquelas fotografias raras do Titanic que surgem quando menos esperamos, encontradas no fundo de uma caixa poeirenta depois de cem anos esquecidas. As fotos que se seguem, são também uma raridade e mostram os momentos que se seguiram ao naufrágio, algumas bastante desconhecidas do público em geral. Clique nas imagens para as ver em maior resolução.
Fotos tirada ainda a bordo do Carpathia, mostra os sobreviventes no convés acomodando-se como podiam, ainda em choque com o acidente dessa noite. 
Pessoas aguardam por notícias à porta dos escritórios da White Star Line em Nova Iorque.


A população de Nova Iorque aguarda a chegada do Carpathia debaixo de chuva.
O Inquérito do Senado no dia seguinte à chegada do Carpathia.
Em baixo alguns tripulantes do Titanic que sobreviveram, como o vigia Fleet (primeira foto, o segundo da fila a contar da esquerda); alguns homens das fornalhas a receberem indemnização (segunda foto), e alguns empregados de primeira classe  do Titanic (terceira foto).


O regresso de alguns sobreviventes a Southampton foi feita de forma entusiasta mas também com algumas lágrimas.




 



Alguns sobreviventes contam as suas versões da tragédia e dão autógrafos que hoje valem milhões.



Os quatro irmãos Pascoe, tripulantes que sobreviveram ao naufrágio, chegam a Southampton.

Lucien P. Smith Jr, o bebé Titanic, aqui nos braços de uma enfermeira, filho da passageira de primeira classe Eloise Smith e de Lucien P. Smith. O pai de Lucien Smith Jr. morreu na tragédia mas quis o destino que a sua mãe encontrasse de novo a felicidade ao lado de um outro sobrevivente do Titanic, Robert P. Daniel.

domingo, maio 14, 2017

A AMIZADE DE KATE E LEO

video
A AMIZADE DE KATE E LEO 
Kate Winslet e Leonardo DiCaprio formaram um dos casais mais famosos do cinema quando trabalharam juntos no filme Titanic, realizado por James Cameron em 1997. Passados 20 anos, os dois atores continuam amigos. Este vídeo junta todos esses anos de grande amizade.

domingo, maio 07, 2017

O NAUFRÁGIO DO LUSITÂNIA 102 ANOS

video
 O NAUFRÁGIO DO LUSITANIA FOI HÁ 102 ANOS
O Lusitania saiu de New York no dia 1 de maio de 1915 com destino a Liverpool. No dia 6, quinta-feira o comandante foi informado de que havia submarinos alemães no seu percurso. No dia 7, sexta-feira, dia do naufrágio por volta das 14h10 da tarde o Lusitania foi atingido por um torpedo no seu lado de estibordo (lado direito do navio) pelo submarino alemão U-20. O navio possuía botes para todos os passageiros, mas como se manteve em movimento depois do choque, muitos botes não foram lançados. O Lusitania afundou em apenas 18 minutos, ou seja por volta das 14h28. Hoje questiona-se o motivo do Lusitania se ter afundado com apenas um torpedo e tão rápidamente. Alguns sobreviventes mencionam outras explosões do interior do navio que se acreditam ser desde munições a armas de guerra que, escondidas, seguiam a bordo. Esta tragédia ao largo de Kinsale na Irlanda, que vitimou 1198 pessoas, das 1959 a bordo, foi motor de arranque para dois anos mais tarde os Estados Unidos da América entrarem na Primeira Grande Guerra Mundial.

domingo, abril 30, 2017

NOVIDADES TITANICFANS ABRIL

NOVIDADES DO TITANICFANS 
EM ABRIL FOI ASSIM 
Abril é sempre o mês do Titanic e é inevitável que não se veja algo relacionado ao naufrágio neste mês. O TitanicFans cumpre o ritual, e como tem sido costume dos últimos anos, relembra dia a dia os momentos que fizeram da viagem inaugural do maior navio de todos os tempos uma jornada histórica. Seguem todos os eventos: 
Eventos Anteriores
- 2 e 3 de Abril de 1912 
4, 5 e 6 de Abril de 1912 
7, 8 e 9 de Abril de 1912 
10 de Abril de 1912 
11 de Abril de 1912 
12 de Abril de 1912 
13 de Abril de 1912 
14 de Abril de 1912 
14 para 15 de Abril de 1912 
Eventos Finais em 15 de Abril de 1912 
Titanic 105 Anos
- Eventos depois do naufrágio
- 16 e 17 de Abril de 1912 
18 e 19 de Abril de 1912 
Eventos Posteriores 
- Eventos de 1912 a 2016
Tudo isto e muito mais!
"TO MAKINGIT COUNT!" 

segunda-feira, abril 24, 2017

EVENTOS DE 1912 A 2016

video
EVENTOS DE 1912 A 2016
1913
Em Abril é criada nos Estados Unidos a Patrulha Internacional do Gelo, para actuar no Atlântico Norte sob a supervisão da Guarda Costeira. Em Junho, Ismay, que desde o ano anterior vem sendo alvo de execração pública, perde suas posições de mando na White Star Line e na International Mercantile Marine e reduz sua vida social. Na International Mercantile Marine, cede seu lugar a Harold Sanderson, o mesmo executivo que o substituiu em 2 de Abril de 1912, quando o Titanic partiu de Belfast para Southampton. A polonesa Leah Aks dá à luz uma menina e, desejando homenagear o Capitão Rostron, chama-a Sarah Carpathia Aks. As freiras do hospital, ao preencher o registro de nascimento, enganam-se, registrando a menina como Sarah Titanic Aks.
1914
Em Fevereiro, a White Star Line lança o Gigantic, mas, para evitar alusões ao tamanho do navio e ao destino do Titanic, rebaptiza-o: é o Britannic, que também terá vida breve. Um incêndio no Estúdio Eclair, nos Estados Unidos, destrói o filme Saved from Titanic, de 1912.
1915
Lançado na Itália o filme Titanic, em preto-e-branco, silencioso, com direcção de Pier Angelo Mazzolotti. A 7 de Maio, o Lusitania, da Cunard, é afundado por um submarino alemão no litoral da Irlanda. A 1 de Setembro, o Olympic é requisitado pelo Almirantado Britânico para o transporte de tropas. No dia 24, deixará Belfast para exercer a nova actividade, sob o comando do Capitão Bertram Hays, e passará a ser chamado HMT Olympic (His Majesty's Transport).
1916
O Britannic, a serviço da marinha inglesa, afunda no mar Egeu ao bater numa mina alemã. Morrem 30 pessoas, a maioria nos botes salva-vidas, sugados pelas hélices. Entre os sobreviventes, a agora enfermeira Violet Jessop, que, além de salvar-se no naufrágio do Titanic, também estava a bordo do Olympic, quando este colidiu com o cruzador Hawke.
1918
Em Maio, o Olympic, dotado de canhões, é atacado por um submarino alemão. O torpedo falha. O Olympic responde e põe a pique a belonave inimiga. Alguns dos tripulantes do submarino sobrevivem e são recolhidos pelo contratorpedeiro norte-americano US Davis. Em Novembro, com a rendição da Alemanha, o navio é devolvido à White Star Line, que modifica sua motorização para o emprego de óleo combustível.
1924
O Olympic, sob o comando do Capitão J. Howarth colide com um navio menor, o Fort St. George, no cais 59 do porto de Nova York.
1929
Em Novembro, a crise bancária nos Estados Unidos é relacionada com o afundamento do Titanic. Lançado na Inglaterra o filme Atlantic, em preto-e-branco, com direção de Ewald André Dupont e duração de 90 minutos. Reconstitui a tragédia com personagens de ficção. O Capitão Rostron publica o livro Home from the Sea.
1932
Lady Duff Gordon publica suas memórias, Discretions and Indiscretions, em que evoca sua experiência no Titanic. Morre em Nova York, aos 65 anos, Margaret Brown.
1934
O Olympic colide com o navio-farol Nantucket. A Cunard se associa à White Star Line. A nova companhia passa a chamar-se Cunard White Star. Pouco depois a absorve. Violet Jessop publica a memória Titanic Survivor.
1935
A 12 de Abril, o RMS Olympic, o “Velho Confiável” retoma a Southampton, após sua última viagem a Nova York. Fez 500 travessias do Atlântico. A 13 de Outubro, ruma para o estaleiro, em Belfast, onde suas peças mais valiosas são vendidas para residências, hotéis e museus.
1937
Após viver muitos anos em reclusão, morre Ismay, aos 74 anos. A 19 de Setembro, aquilo que resta do RMS Olympic começa a ser desmontado e vendido como ferro-velho.
1941
Durante um ataque aéreo alemão a Belfast, uma bomba atinge o estaleiro Harland & Wolff, destruindo as plantas originais do Titanic.
1943
Lançado na Alemanha, em preto-e-branco, o filme Titanic, com direção de Werner Klingler e Herbert Selpin e duração de 85 minutos. A maior parte da película foi rodada a bordo do transatlântico Cap Arcona, ancorado no porto de Gdingen, no mar Báltico. Goebbels proíbe a exibição e ordena o recolhimento do negativo e suas cópias, redescobertas somente após o fim da guerra.
1945
A 30 de Janeiro, torpedeado por um submarino soviético S-13, naufraga o navio alemão Wilhelm Gustiloff, com um passivo incerto entre 5.000 e 9.000 mortos. É a maior tragédia marítima da história.
1955
Walter Lord publica o clássico A Night to Remember.
1958
O Quarto Oficial Boxhall actua como conselheiro no filme de Roy Baker, A Night to Remember (Somente Deus por testemunha, já lançado em DVD no Brasil).
1980
Em Julho e Agosto, a bordo do H.J.W.Fay, expedição do milionário norte-americano Jack Grimm, com cientistas do Scripps lnstitute of Oceanography e do Lamont-Doherty Geological Observatory, tenta localizar, sem êxito, os restos do Titanic.
1981
Em Junho, a bordo do Gyre, novo fracasso de Jack Grimm.
1983
Em Julho, frustra-se a terceira e última expedição de Jack Grimm.
1985
De 9 de Julho a 7 de Agosto, a bordo do Le Surôit, a expe­dição franco-norte-americana liderada pelo Dr. Robert Ballard (Woods Hole Oceanographic Institution) e Jean-Louis Michel (Institute Français de Recherches pour l'Exploitation des Mers - IFREMER) procura o ponto do naufrágio, delimitando uma área de 260km². As operações são suspensas devido ao mau tempo. Os mesmos investigadores retomam ao Atlântico Norte, em expedição que começa a 22 de Agosto e termina a 4 de Setembro. Operando um sonar e o submergível não tripulado Argo, dirigido por controle remoto e dotado de câmara de vídeo que transmite as imagens por um cabo de fibra ótica, Ballard explora 80% da área anteriormente delimitada e, à uma hora da madrugada de 1º de setembro, descobre os restos do Titanic a quase quatro kilometros de profundidade, 560km a sudeste de Terra Nova e a 1.600km de Nova York. A primeira visão de Ballard é uma das caldeiras. Os detritos se espalham em área de 2,6km². A pressão, nessa profundidade, é de 400kg por cm².
1986
A 13 de Julho, no Atlantis II, o Dr. Ballard retoma ao mar e, com o pequeno submarino Alvin, procede ao primeiro mergulho tripulado às ruínas do Titanic. O submarino abriga três tripulantes, que operam por controle remoto o minúsculo robô Jason Junior. Preso a um cabo de 76m, o robô dispõe de holofotes, máquina fotográfica e câmara de vídeo, e explora o interior do navio, tanto a secção da proa como a da popa. A expedição encerra-se a 24 de Julho, após 11 mergulhos. O congresso norte-americano aprova a Lei Memorial do Titanic, visando a preservação de seus restos.
1987
A 22 de Julho, cientistas do IFREMER, patrocinados por empresas norte-americanas e a bordo do Nadir, mergulham no submergível Nautile, que opera o robô Robin. Em sete semanas, realizam 32 mergulhos e recolhem 1.800 objectos do Titanic. Empresários interessados na preservação dos restos do navio fundam a RMS Titanic Inc., que em cooperação com o IFREMER procede a uma nova expedição ao Titanic. Entre 1987 e 1996, 5.000 objectos serão resgatados e preservados. A 20 de Dezembro, o navio de passageiros Dona Paz colide com um petroleiro nas Filipinas, vitimando 4.300 pessoas. É a maior tragédia marítima da história da navegação comercial.
1991
A IMAX Corporation, de Nova York, associada ao Instituto Oceanográfico P. P. Shirsov, de Moscou, filma o Titanic, realizando estudos biológicos e recolhendo amostras da metalurgia do casco. A expedição observa a acção predadora dos exploradores submarinos em busca de troféus, que modificaram o cenário do naufrágio. Realiza-se em Paris uma exposição dos objectos recolhidos do navio.
1994
Realiza-se em Londres, no National Maritime Museum, uma grande exposição, com objectos retirados do navio entre os anos 1987 e 1993 e a presença de passageiros do Titanic, entre eles Edith Eileen Brown, que em 1912 tinha 15 anos, e Eva Hart, que tinha sete, sobreviventes no Standard 14.
1996
IFREMER & RMS Titanic Inc. procedem a uma expedição fotográfica ao exterior e ao interior do navio. Tentam resgatar, sem êxito, uma parte do casco pesando 11 toneladas.
1997
Elizabeth Millvina Dean, a mais jovem sobrevivente do Titanic (Standard 10), retoma ao local do naufrágio como passageira do Queen Elizabeth II. Lançado nos Estados Unidos, o filme Titanic, com direcção de James Cameron e duração de 194 minutos. O filme é o primeiro a passar a barreira de 1.8 bilhões de dólares facturados mundialmente.
1998
Localizada na Alemanha, em poder de um coleccionador, cópia do filme In nacht und eis, de 1912. Originalmente com 30 minutos, na versão restaurada passou a ter 35 minutos. IFREMER & RMS Titanic Inc., em nova expedição liderada por George Tulloch, recolhem 20 toneladas de peças do casco do Titanic, que são carregadas no navio Abeille.
2001
Em meio a grande controvérsia pública, os norte-americanos David Leiboweitz e Kimberley Miller casam-se no fundo do mar, a bordo de um submarino, na vizinhança da sepultura do Titanic.
2002
Morre em Nova York, aos 84 anos, o escritor Walter Lord, autor do clássico A night to remember. O bebê desconhecido adoptado pela tripulação do Mackay-Bennett é identificado pela tecnologia DNA. Ele se chamava Eino Viljam Panula, nascido a 10 de Março de 1911, na Finlândia, e viajava na Terceira Classe do navio, com a mãe, Maria Panula, e dois irmãos pequenos, para encontrar o pai nos Estados Unidos. Todos pereceram no naufrágio.
2004
O Dr. Ballard retoma ao Titanic, 19 anos após sua descoberta, para chamar a atenção sobre os prejuízos sofridos pelos restos do navio com as visitas de exploradores pouco criteriosos.
2006
Morre em Massachusetts, aos 99 anos, a sobrevivente americana do Titanic, Lillian Gertrud Asplund. Restam apenas duas sobreviventes do naufrágio do Titanic, e ambas vivem na Inglaterra: Barbara Joyce West, de 95 anos e Elizabeth Gladys "Millvina" Dean, de 94 anos.
2007
Morre aos 96 anos, em uma casa de repouso em Camborne, Inglaterra, Barbara West Dainton, uma das duas últimas sobreviventes do naufrágio do Titanic. Barbara Dainton morreu em 16 de Outubro, mas sua morte somente foi divulgada dia 8 de Novembro. Elizabeth Gladys "Millvina", de Southampton, Inglaterra, que tinha 2 meses de idade no dia do naufrágio, é agora a única sobrevivente restante do desastre, de acordo com a Sociedade Histórica de Titanic.
2009
Morre aos 97 anos, em um asilo de Hampshire, no sudeste da Inglaterra, a última sobrevivente do naufrágio do Titanic, Millvina Dean. Em 1912, a família de Millvina Dean, que era um bebê de dois meses na época, emigrava para os Estados Unidos e seguia a bordo do navio. Millvina Dean morreu no dia 31 de maio, e suas cinzas foram jogadas ao mar no porto de Southampton, Inglaterra, no dia 24 de Outubro.
2010
Uma bactéria até então desconhecida foi encontrada nos destroços do navio Titanic. Os destroços estão sendo devorados pelas bactérias e já não pode ser mais salvos. Os cientistas dizem que as bactérias corroem a ferrugem e o ferro tão rápido que o grande navio de 50.000 toneladas, poderá decompor-se completamente dentro de 15 a 20 anos.
2012 - Afunda-se no Mediterrâneo o navio de passageiros Costa Concordia tornando inevitável a alusão aos 100 anos do Titanic. O filme Titanic de James Cameron é lançado em 3D. O produtor reúne-se com os principais especialistas para discutir novamente o naufrágio, chegando a conclusões que mudariam a forma como actualmente vemos os seus momentos finais. Sai uma série para tv de quatro episódios chamada Titanic Series de Julian Fellowes sendo reconhecida mundialmente pela sua qualidade. O milionário australiano Cleave Palmer anuncia que vai lançar o Titanic 2, pela Blue Star Line, o navio seria idêntico ao primeiro mas mais seguro e moderno, contudo o projecto não sairia do papel.
2015 - A notícia que o Titanic II vai ser lançado, volta a sair nas notícias, desta vez com data marcada para 2018. Contudo, nada no site da Blue Star Line se referia ao assunto.
2016 - Uma réplica em tamanho real do Titanic, começou a ser construída na província central de Sichuan, na China, onde os seus promotores esperam que se transforme num atrativo turístico. O navio, com os mesmos 270 metros de comprimento e 28 de largura que o original, será colocado num reservatório da cidade de Daying, onde permanecerá atracado permanentemente, e fará parte do resort turístico de luxo Seven Star International.

quinta-feira, abril 20, 2017

EVENTOS POSTERIORES

video
EVENTOS POSTERIORES 
20/04/1912
Em entrevista ao Providence Journal, nos Estados Unidos, Alfred Stead, irmão do jornalista William Stead, reclama das circunstâncias em que sobreviveu o diretor de operações da White Star Line, Bruce Ismay. O vapor Bremen passa pela zona do naufrágio e seus passageiros vêem corpos no mar.
21/04/1912
A White Star Line freta o Minia, da Anglo-American Telegraph Co., para o resgate dos corpos.
24/04/1912
Os fornalheiros do Olympic, que está de partida, entram em greve, reivindicando suficientes botes salva-vidas. Desertam 285 tripulantes e a viagem é cancelada. O navio permanecerá seis meses fora de serviço, para ser equipado com 68 botes. Também serão procedidas alterações estruturais: com seis compartimentos inundados por colisão, o navio poderá flutuar.
25/04/1912
Um membro do parlamento britânico, Josiah Wedgwood, interpela o Board of Trade. Ele quer saber por que morreram 65,38% das crianças da Terceira Classe.
30/04/1912
Os oportunistas não perdem tempo: em dia incerto, ainda em Abril, é lançado na Alemanha o primeiro filme sobre o naufrágio, In nacht und eis (Na noite e no gelo), em preto-e-branco, silencioso, dirigido por Mime Misu, com duração de 30 minutos. Retorna o Mackay-Bennett. Encontraram 306 corpos, 190 recolhidos e 166 sepultados no mar, alguns identificados e outros sepultados sem identificação após minuciosa descrição do biótipo, indumentária e pertences. O quarto corpo resgatado é o de um bebê desconhecido, que comove a tripulação.
02/05/1912
Aberto em Londres, por ordem do Lorde-Chanceler, Conde de Loreburn, o “British Wreck Comissioner's Inquiry”, sob a presidência de Charles Bigham, Lorde Mersey, membro da Câmara dos Lordes. Serão ouvidas 96 pessoas, entre elas Charles Lightoller, Bruce Ismay, Stanley Lord (Capitão do Californian), Marconi, membros da tripulação, construtores do navio e inspetores do Board of Trade. Os únicos passageiros convidados a depor serão os menos aptos, Sir Cosmo e Lady Duff Gordon.
03/05/1912
Retoma o Minia: 17 corpos, 15 recolhidos e dois sepultados no mar.
04/05/1912
A tripulação do Mackay-Bennett acompanha o sepultamento do bebê desconhecido, que ela adotou, no Fairview Lawn Cemitery, em Halifax. No pequeno caixão, sobre o peito da criança, uma placa: "Our babe" (Nosso bebê). Os marujos se cotizam e erguem um monumento no túmulo.
06/05/1912
Parte o Montmagny, do governo canadense, para o resgate dos corpos. Achará quatro corpos: três recolhidos e um sepultado no mar.
14/05/1912
Um mês após o naufrágio, estréia nos Estados Unidos, em preto-e-branco, silencioso, o filme Saved from the Titanic, dirigido por Étienne Arnaud, com duração de dez minutos e protagonizado pela atriz Dorothy Gibson, sobrevivente no Standard 7, que representa seu próprio papel.
15/05/1912
A White Star Line freta o Algerine, de Bouring Brothers, para o resgate de corpos. Achará apenas um corpo. O total de corpos encontrados: 328.
25/05/1912
Encerrado o inquérito norte-americano. Mais isento do que o britânico, responsabiliza principalmente o Capitão Edward Smith, Bruce Ismay, Thomas Andrews e o Capitão do Californian Stanley Lord, mas é prejudicado pela insistência em temas colaterais, como a constituição e o regime dos icebergs, e pela ignorância dos senadores em assuntos náuticos, incapazes de compreender questões singelas como, por exemplo, a diferença entre a numeração regulamentar dos botes salva-vidas e a ordem de arreamento.
12/06/1912
Suspenso o resgate de corpos.
03/07/1912
Encerrado o inquérito britânico, cujo maior cuidado é inocentar a White Star Line, o Capitão Edward Smith e o Board of Trade. O Capitão Stanley Lord, do Californian, é considerado o maior culpado pela tragédia. Lorde Mersey não percebeu, ou não quis perceber, que a lastimável omissão do comandante do Californian atuou sobre um efeito produzido por outrem. A condição necessária do naufrágio é o iceberg, sem o qual não ocorreria, mas sua causa principal passa ao longe do infortunado capitão, que ao agravar aquele efeito se identifica como causa meramente acessória, à semelhança dos oficiais Henry Wilde, William Murdoch e Charles Lightoller, que podendo salvar até 1.178 pessoas nos botes, salvaram apenas 705. De resto, entre o Californian e o Titanic havia uma barreira de gelo. Os culpados têm outros nomes.