terça-feira, dezembro 31, 2013

NOVIDADES TITANICFANS DEZEMBRO

NOVIDADES DO TITANICFANS 
EM DEZEMBRO FOI ASSIM 
Costa Concordia e Titanic - Quando em 2012 o Costa Concordia encalhou ao largo do porto de Isola del Giglio na Toscana, submergindo parcialmente, depressa apareceram comparações forçadas com o Titanic. O que pretendo aqui é "descomparar" e dar a conhecer que pouco existe de semelhanças. 
Downton Abbey e o Titanic - Downton Abbey é uma das séries mais vistas em todo o mundo. Do mesmo autor de Titanic (2012 series), Julian Fellowes, esta série começa no dia 15 de Abril de 1912, quando na residência com o nome de Downton Abbey, o Conde de Grantham (Robert Crawley) recebe a notícia que o seu sobrinho e herdeiro de toda a fortuna, Patrick Crawley, e o pai James estavam no Titanic e foram considerados mortos. Patrick estava noivo da filha mais velha de Robert, Lady Mary que herdaria a fortuna da família. Após receber a notícia de sua morte, ela começa a procurar por um novo pretendente adequado. 
Escape The Titanic - Mais de dois milhões de pessoas já aceitaram o desafio. Escape The Titanic é um jogo de quebra-cabeças totalmente gratuito para Android, cujo nome diz tudo o que se precisa saber. Tente sobreviver ao Titanic enquanto este se afunda. 
Vítimas do Titanic Manifestam-se - Voltaire disse: "Aos vivos devemos respeito, mas aos mortos devemos a verdade." Em 15 de Abril de 2012, Debbie Raymond-Pinet uma medium convidou as vítimas a voltarem e contarem as suas experiências traumáticas... e elas vieram. O resultado são as histórias por contar do Titanic num livro... Um bonito jovem italiano parece sancionar os espíritos que vêm do outro lado, incluindo o de uma criança que passou cem anos à procura da sua mãe e do seu copo de leite que tomava sempre antes de dormir... Os ricos e os pobres, os jovens e os velhos regressam para contar como viveram neste mundo momentos antes de morrerem...
O Natal e o Titanic - O Titanic está associado ao Natal de forma inevitável, seja pelo consumismo que se assiste por estes tempos, quer por histórias que se contam sobre aqueles que de alguma forma ficaram marcados com aquele navio. Mas se Titanic no Natal de hoje é consumismo, em tempos foi uma época especial para as pessoas que a ele ficaram ligadas, como é o caso de alguns sobreviventes do Titanic. Aqui ficam algumas histórias "titanicas" de Natal.
O Ano 2000 em 1910Com 2014 quase à porta, em que se celebram os 100 anos do início da Primeira Grande Guerra Mundial, pensamos nos desejos e projectos que queremos para o novo ano. Mas o que pensavam as pessoas da época do Titanic quanto ao futuro? A Biblioteca Nacional de França, colocou recentemente em exposição uma incrível colecção de gravuras de 1910 da autoria de Villemard sobre o mundo no ano 2000.
E mais:
- A lista de passageiros e tripulação agora conta com fotos das pessoas que estiveram a bordo! Clique para ver a lista e os retratos constantemente actualizados aqui 
- Se ainda não aderiu à nossa página do facebook clique aqui e tenha acesso a fotos exclusivas: 
Deck Plans - Os planos do navio que vemos no filme. 
Desenhos do Filme - James Cameron antes de fazer o seu épico desenhou todas as cenas que queria ver projetadas no cinema. 
Fotos de Rose - Os retratos que Rose fazia questão de levar sempre consigo e que vemos no final do filme.
Fotografias de bastidores - Billy Zane, o ator que deu vida ao personagem Caledon Hockley, reuniu num álbum privado fotografias raríssimas nos tempos livres das gravações.
Vida a Bordo - Todos conhecemos as fotos tiradas pelo Padre Browne a bordo do Titanic, conheça agora os nomes dos passageiros que se encontram nelas.

Tudo isto e muito mais!
"TO MAKING IT COUNT!" 

sábado, dezembro 28, 2013

O ANO 2000 EM 1910

O ANO 2000 EM 1910 
1910... Viviam-se os anos da Revolução Tecnológica, época de paz, não havia impossíveis para a vontade do Homem, nem o céu era mais o limite. O Titanic em construção a par com o seu irmão gémeo quase pronto, o Olympic, seriam os maiores e mais seguros navios de todos os tempos. Nada poderia travar os avanços da Humanidade. Era esta possibilidade de sonhar e tornar os sonhos realidade que faziam daquela Era a chamada "belle époque". Com 2014 quase à porta, em que se celebram os 100 anos do início da Primeira Grande Guerra Mundial, pensamos nos desejos e projectos que queremos para o novo ano. Mas o que pensavam as pessoas da época do Titanic quanto ao futuro? A Biblioteca Nacional de França, colocou recentemente em exposição uma incrível colecção de gravuras de 1910 da autoria de Villemard sobre o mundo no ano 2000, que se crê terem sido colocadas em embalagens de alimentos da época assim como em postais alemães. Na verdade, Villemard em alguns aspectos não esteve longe da nossa realidade actual. Alguns conceitos utópicos da época, como a videocoferência, o tráfego aéreo ou mensagens de voz, são hoje uma realidade bem conhecida de todos. Este slide mostra algumas dessas gravuras e abaixo disponibilizo outras bem interessantes. 
Jantar Químico - hoje em dia podemos compará-lo aos comprimidos que várias pessoas tomam em substituição de refeições para emagrecerem...



O Cavalo - Julgava-se que com a chegada dos automóveis, o cavalo deixaria de ter utilidade e seria um animal quase extinto, só visto em espectáculos.
Festival das Flores - Praticamente extinto, enchia as principais avenidas da Europa com carros alegóricos forrados com flores. Em 2000, seria celebrado nos céus.

Resgate num Naufrágio - Hoje os meios aéreos são os meios mais rápidos de resgate em situações arriscadas em alto mar. 
Tomar chá ao som da rádio - Não foi preciso muito tempo para esta gravura se tornar realidade, hoje temos outro entretenimento: a televisão.

Comboio de Paris para Pequim - Hoje temos os famosos TGV que unem grandes cidades a longa distância num curto espaço de tempo.


"Um para levar" - Não temos estações de serviços aéreas, mas temos semelhanças com as estações de serviço das autoestradas, ou os conhecidos mcdrives da McDonalds.

terça-feira, dezembro 24, 2013

O NATAL E O TITANIC

O NATAL E O TITANIC
O Titanic está associado ao Natal de forma inevitável, seja pelo consumismo que se assiste por estes tempos, quer por histórias que se contam sobre aqueles que de alguma forma ficaram marcados com aquele navio. Mas se Titanic no Natal de hoje é consumismo, em tempos foi uma época especial para as pessoas que a ele ficaram ligadas, como é o caso de alguns sobreviventes do Titanic. Aqui ficam algumas histórias "titanicas" de Natal, e aproveitamos este post para desejar a todos um Santo Natal com muito amor e alegria...
A passageira de primeira-classe Margaretta Spedden em 1913, escreveu uma história para oferecer no Natal ao seu filho Robert Douglas. "My Story" (Minha História) era contada através dos olhos do seu urso polar de brinquedo, e descrevia o seu fabrico, a loja onde passou até ser comprado pela família Spedden, a sua viagem pela Europa, a viagem no Titanic em que Douglas Spedden ficava no cimo da entrada para a grande escadaria, e simplesmente largava o seu pequeno urso pelo fosso das escadas, vendo-o cair os cinco conveses abaixo até ao deque E, depois descia rapidamente os cinco andares para ir buscar o seu urso, voltava a subir até ao convés A e repetia a façanha de novo,  o afundamento do Titanic e o resgate das águas (saiba mais em Polar o Urso do Titanic). 
Margaret Brown, a conhecida Molly, teve como último ato de caridade, dar de presente de Natal às crianças pobres de Leadville, Colorado, botas e roupas de lã, mas não sobreviveu para ver o seu sobrinho distribuir os presentes pelas crianças nesse Natal de 1932. Outra história de Natal é a do sobrevivente Jones que era marinheiro de convés no Titanic. Jones tinha 32 anos, o capitão ordenou que ele ficasse com o bote 8, ele presenciou as mulheres se recusando a embarcar, inclusive a Sra e o Sr Strauss. O bote 8 foi descido com ele, três criados de bordo e cerca de 35 mulheres, entre essas mulheres estava a Condessa de Rothes e a sua prima Gladys Cherry. 
Após o afundamento, ambos queriam voltar atrás para resgatar alguém com vida, mas as restantes mulheres se recusaram a fazê-lo. Jones sentiu grande admiração pelo pulso firme com que a Condessa reagiu à situação, incentivando as outras mulheres a remar. De tal forma que um tempo depois ele retirou o número 8 do bote e ofereceu-o à Condessa numa moldura, ela e sua prima por sua vez todos os natais lhe escreveram uma carta (pode saber mais em pormenor em Jones e a Condessa de Rothes). Não era por acaso que esta troca de correspondência acontecia, a Condessa fazia anos no dia de Natal, por isso o seu segundo nome Noël.
Para ela e mais cerca de 15 passageiros do Titanic esta época foi marcante por nascimentos, casamentos e falecimentos.
No dia 24 de Dezembro:
1868 - Nasce Samuel Emest Hemming, estivador do Titanic e sobrevivente.
1870 - Nasce Iisakki Antino Äijö Nirva, passageiro de 3ª classe, falecido no Titanic.
1892 - Nasce John Borland Jr. Thayer passageiro e sobrevivente de primeira classe, filho de John Borland Thayer e Marian Longstreth Thayer em Philadelphia, Pennsylvania, Estados Unidos da América.
1902 - Casam-se os passageiros de terceira-classe Andrew Emslie Johnston e Eliza Watson, na Igreja Persbiteriana Liberdade Unida em Alexandria perto de Glasgow, Escócia, Reino Unido.
1932 - Peter Dennis Daly passageiro de primeira-classe falece de causa natural em Lima, Peru aos 72 anos.
1934 - Martha Stephenson passageira de primeira-classe morre de ataque de coração / doença em Haverford, Pennsylvania,  Estados Unidos da América aos 74 anos de idade. 
No dia 25 de Dezembro: 
1864 - Nasce o passageiro de segunda-classe Benjamin Hart, falecido no Titanic. 
1869 - Nasce Christopher Head passageiro de primeira-classe, falecido no Titanic. 
1872 - Nasce a passageira de terceira-classe Alfrida Konstantia Brogren Andersson filha de Anna Lovisa Brogren em Kisa, Östergötland, Suécia, faleceu no Titanic. 
1878 - Nasce Lucy Noël Martha, Countess de Rothes filha de Thomas Dyer-Edwardes e Clementina Georgina Lucy Dyer-Edwardes em Kensington, Londres, Inglaterra, Reino Unido. 
1882 - Casa-se Frederick William Blainey Shellard passageiro de terceira-classe com Mary Harriet Greenham, que não estava a bordo do Titanic. Shellard não sobreviveu ao naufrágio. 
1891 - Nasce Christopher William Light fogueiro do Titanic, filho de James John Light e Annie Emma Nicholas em Southampton, Hampshire, Inglaterra, Reino Unido. 
1895 - Nasce Thamine "Thelma" Thomas passageira de terceira-classe no Libano, faleceu no Titanic. 
1955 - Annie Moore Ward passageira de primeira-classe faleceu com 81 anos. 
1957 - William Loch "Willie" Coutts passageiro de terceira-classe falece em Steubenville, Ohio, Estados Unidos com 55 anos de idade.

sábado, dezembro 21, 2013

VÍTIMAS DO TITANIC MANIFESTAM-SE

VÍTIMAS DO TITANIC FALAM DO SEU FIM TRÁGICO 
Em 15 de Abril de 1912, o Titanic afundou levando quase 1500 passageiros à morte. Em 15 de Abril de 2012, Debbie Raymond-Pinet convidou as vítimas a voltarem e contarem as suas experiências traumáticas... e elas vieram. O resultado são as histórias por contar do Titanic num livro chamado "Intentional Spirits - Voices from the Titanic", uma saga de como uma medium lidou com uma multidão de espíritos que apareceu e como uma escritora os ajudou na sua libertação e o que eles precisavam dizer sobre o que sentiram no desastre. A partir de um navio afundado no abismo negro das profundezas do oceano, as vítimas do Titanic contam as suas histórias num verdadeiro e sincero relato de como sucumbiram a um dos maiores desastres do mundo. Um bonito jovem italiano parece sancionar os espíritos que vêm do outro lado, incluindo o de uma criança que passou cem anos à procura da sua mãe e do seu copo de leite que tomava sempre antes de dormir. Os ricos e os pobres, os jovens e os velhos regressam para contar como viveram neste mundo momentos antes de morrerem e como vivem ciclicamente os seus últimos momentos num navio afundado nas profundezas do oceano. É uma viagem comovente e convincente para aqueles que desejam regressar. Voltaire disse: "Aos vivos devemos respeito, mas aos mortos devemos a verdade." Intentional Spirits confirma a vida e a morte destas vítimas com uma veracidade não contaminada, tal como eles mesmos a relatam. Eles aparecem, em sua maior parte, em ordem cronológica, com excepção de alguns flashes que surgem em forma de imagens ou vozes, para indicarem as suas intenções. Como que por intenção divina, as suas classes sociais e nacionalidades são variadas. Após relatarem o desastre com as suas vozes, elas não são mais vítimas. De todas as pessoas que morreram, apenas alguns falam neste livro, alguns espíritos intencionais que, depois de um século, agora podem descansar em paz entre aqueles que ainda não a alcançaram. 
Sobre os autores: Bonnie Meroth passou 30 anos a trabalhar como jornalista, escritora de viagens e colaboradora em revistas, jornais, publicações internacionais, guias de viagem, livros e comentadora de televisão. Reside em Epping, New Hampshire, onde gere a sua empresa de relações públicas. Raymond-Pinet é uma medium psíquico dedicada à comunicação com os espíritos do outro lado e os que ainda estão presos neste mundo físico. Ela abre a mente e o espírito para ver o passado, o presente e o futuro para encontrar respostas e tirar lições positivas tornando-se professora e confidente de muitos dos que pereceram. Reside em Raymond, onde gosta de escrever, acampar e ler um bom livro.

sexta-feira, dezembro 13, 2013

ESCAPE THE TITANIC

O MAIS RECENTE JOGO DO TITANIC PARA O SEU ANDROID 
Mais de dois milhões de pessoas já aceitaram o desafio. Escape The Titanic é um jogo de quebra-cabeças totalmente gratuito para Android, cujo nome diz tudo o que se precisa saber. Tente sobreviver ao Titanic enquanto este se afunda. Ao usar um cenário como o naufrágio do Titanic, com o qual toda a gente está bastante familiarizada, o jogo jamais se torna entediante. Se pretendemos um jogo mais mecânico Escape The Titanic simplesmente coloca esse desafio atrás de uma porta marcada como "casa de máquinas". Se pretende um jogo com alguns obstáculos no caminho, temos a imagem de escolha com outros passageiros. Estas são coisas que associamos facilmente ao Titanic, então podemos ir directo ao jogo desejado sem muitas dúvidas ou justificações. Além de um pequeno texto no início o jogo passa directamente para os icebergues e quebra-cabeças que precisamos resolver. A maioria dos desafios seguem a mesma estrutura: é preciso chegar a algum lugar, mas há algo no nosso caminho e temos que descobrir uma maneira de superá-lo. Às vezes, isso envolve um teste à memória, astúcia, conhecimento geral e, ocasionalmente, até mesmo de matemática (estes são os desafios menos divertidos). Às vezes, há um limite de tempo, e mesmo sabendo que se trata apenas de uma imagem no meu telefone, acaba por subir a adrenalina quando vemos a água subir enquanto nos apressamos para abrir uma porta. A maioria dos quebra-cabeças são apresentados sem muita explicação, por isso há um duplo desafio de primeiro se descobrir o que é para fazer e, em seguida, como fazê-lo. Pessoalmente, não encontrei nenhum desafio extremamente difícil, mas é o suficiente para me manter entretido. Não é como no filme, em que fechamos as cortinas do nosso quarto, metemos "não incomodar" na porta para assistir com toda a emoção, mas é uma óptima forma de passar o tempo por exemplo numa viagem para o trabalho ou para as aulas. Pode baixá-lo no google play.

sábado, dezembro 07, 2013

DOWNTON ABBEY

DOWNTON ABBEY E O TITANIC 
Downton Abbey é uma das séries mais vistas em todo o mundo e uma das minhas preferidas e mais marcantes na minha vida. Do mesmo autor de Titanic (2012 series), Julian Fellowes, esta série começa no dia 15 de Abril de 1912, quando na residência com o nome de Downton Abbey, o Conde de Grantham (Robert Crawley) recebe a notícia que o seu sobrinho e herdeiro de toda a fortuna, Patrick Crawley, e o pai James estavam no Titanic e foram considerados mortos. Patrick estava noivo da filha mais velha de Robert, Lady Mary que herdaria a fortuna da família. Após receber a notícia de sua morte, ela começa a procurar por um novo pretendente adequado. Mais tarde, na segunda temporada, a grande mansão serve de casa de convalescença para os feridos da Grande Guerra, e é quando surge um soldado com o rosto desfeito e coberto de ligaduras que diz ser o falecido Patrick. Este homem dá pormenores específicos da família, reconhecendo alguns membros do clã Crawley e certas histórias do passado... 
A criadagem da família é vasta e possui um elaborado sistema hierárquico, que passa por criadas, lacaios e mordomos. A série conta já com quatro temporadas, e conta os dramas e histórias da família e dos empregados ao longo dos primeiros anos do século XX no reinado de Jorge V, passando pela Primeira Guerra Mundial, a gripe espanhola, os loucos anos vinte, os tumultos entre católicos e protestantes, e a luta pela Independência da Irlanda do Norte. A música abaixo faz parte da trilha sonora e chama-se Titanic. Oiça aqui.

domingo, dezembro 01, 2013

COSTA CONCORDIA E TITANIC

COSTA CONCORDIA E TITANIC 
Quando em 2012 o Costa Concordia encalhou ao largo do porto de Isola del Giglio na Toscana, submergindo parcialmente, depressa apareceram comparações forçadas com o Titanic. O que pretendo aqui é "descomparar" e dar a conhecer que pouco existe de semelhanças. O Titanic afundou-se em 15 de Abril de 1912, tendo batido no icebergue às 23h40 do dia 14. O Costa Concordia abalroou as rochas por estar demasiado perto de terra na noite de 13 de Janeiro de 2012 e ficando submerso 2/3 do seu tamanho. O Titanic seguia na sua viagem inaugural, o Concordia já fazia travessias desde 2006. Por isso em imagens como esta que comparam os dois navios, a única coisa que posso dizer que acho parecida, é a beleza dos dois iluminados na noite escura, morrendo lentamente. Já que as datas de ambos estão erradas. 
Clique na imagem
para a ver ampliada.
Outra comparação realizada foi a dos dois capitães dos navios. É de lembrar que no Titanic o capitão Smith foi para o fundo com o seu navio, já o capitão Schettino foi dos primeiros a deixar o Concordia. Se formos comparar as dimensões e capacidades dos dois, identificamos as diferenças. O Titanic media 270m de comprimento, o Concordia 290m. Em largura o Titanic tinha 28m, o Concordia 35,5m. Em peso bruto, o Titanic passava as 46 mil toneladas, o Concordia as 114 mil. Coincidência ou não, foi o facto da última música a ser tocada no Concordia ter sido My Heart Will Go On, segundo contam alguns sobreviventes. E por falar em sobreviventes, os resultados finais das duas tragédias são de cerca de 1500 mortos no Titanic, no Concordia 32. No passado, uma sobrevivente do Concordia veio a público relembrar a tragédia do Titanic onde um parente seu não teria resistido, leia aqui.

sábado, novembro 30, 2013

NOVIDADES TITANICFANS NOVEMBRO

NOVIDADES DO TITANICFANS 
EM NOVEMBRO FOI ASSIM 
Capitão do Titanic não morreu - A conhecida revista Life, de 12 de Fevereiro de 1940 publica o corpo daquele que parece ser o Capitão Smith. 
Um Vilão no Titanic - Caledon Hockley, o noivo prometido de Rose Bukater no filme Titanic de James Cameron, não existiu mas hoje conhecemos verdadeiros vilões a bordo do Titanic.
Caixinha de Música - Com certeza que muitos já se perguntaram: que melodia é aquela que toca na caixinha de música da Rose? E também é provável que já tenha ficado na vossa cabeça tocando repetidas vezes. 
O Fim do Britannic - Terça-feira, 21 de novembro de 1916. O Britannic estava navegando pelo Canal de Kea no mar Egeu, em plena Primeira Guerra Mundial. Perto das 8:00 da manhã, uma tremenda explosão golpeou o Britannic, adernou e começou afundar muito depressa pela proa. Em 55 minutos, o maior transatlântico da Inglaterra, com apenas 351 dias de vida, afundou. 
Halley o Cometa do Titanic - Na noite de 18 Maio de 1910, pessoas de todo o  mundo saíram para a rua, Thomas Andrews levou a sua esposa grávida para ver o progresso na construção do Titanic e do Olympic, e também para verem uma luz brilhante no céu. Este brilho nos céus de Belfast era o cometa Halley, que aparece a cada 76 anos e que apareceu pela última vez em 1986. 
Um cometa chamado Ison poderá transmitir-nos hoje a mesma sensação que tiveram as pessoas na época da construção do Titanic. 
E mais:
- A lista de passageiros e tripulação agora conta com fotos das pessoas que estiveram a bordo! Clique para ver a lista e os retratos constantemente actualizados aqui 
- Se ainda não aderiu à nossa página do facebook clique aqui e tenha acesso a fotos exclusivas: 
Deck Plans - Os planos do navio que vemos no filme. 
Desenhos do Filme - James Cameron antes de fazer o seu épico desenhou todas as cenas que queria ver projetadas no cinema. 
Fotos de Rose - Os retratos que Rose fazia questão de levar sempre consigo e que vemos no final do filme.
Fotografias de bastidores - Billy Zane, o ator que deu vida ao personagem Caledon Hockley, reuniu num álbum privado fotografias raríssimas nos tempos livres das gravações.
Vida a Bordo - Todos conhecemos as fotos tiradas pelo Padre Browne a bordo do Titanic, conheça agora os nomes dos passageiros que se encontram nelas.

Tudo isto e muito mais!
"TO MAKING IT COUNT!" 

sexta-feira, novembro 22, 2013

HALLEY O COMETA DO TITANIC


HALLEY O COMETA DO TITANIC 
Na noite de 18 Maio de 1910, pessoas de todo o  mundo saíram para a rua, Thomas Andrews levou a sua esposa grávida para ver o progresso na construção do Titanic e do Olympic, e também para verem uma luz brilhante no céu. Este brilho nos céus de Belfast era o cometa Halley, que aparece a cada 76 anos e que apareceu pela última vez em 1986. 
Um cometa chamado Ison poderá transmitir-nos hoje a mesma sensação que tiveram as pessoas na época da construção do Titanic. Apontado pelos astrónomos como o "cometa do século", Ison prepara-se para iluminar os céus nocturnos do planeta Terra já nos próximos dias. À medida que se aproxima do Sol, o seu brilho aumenta de intensidade e, caso não seja destruído pelo calor ou pelo campo gravitacional solar, o mesmo pode vir a ser a "estrela" do próximo espectáculo celestial. 
Um cometa é um corpo menor do sistema solar que quando se aproxima do Sol passa a exibir uma atmosfera difusa, denominada coma, e em alguns casos apresenta também uma cauda, ambas causadas pelos efeitos da radiação solar e dos ventos solares sobre o núcleo cometário. Os núcleos cometários são compostos de gelo, poeira e pequenos fragmentos rochosos, variando em tamanho de algumas centenas de metros até dezenas de quilómetros. Os cometas mais vistos da terra ou estão na orbita gravitacional da Terra ou do Sol. Os cometas que passam muito próximo da terra, eventualmente, acabam por arder na atmosfera. Aqueles que orbitam o sol, curiosamente não entram o suficiente para se queimarem. Halley foi um astrónomo muito reverenciado, que descobriu o cometa, deu-lhe o seu nome, e previu que ele iria aparecer em períodos de 76 anos. Tão certo que foi visto cinco anos depois da morte de Halley. 
Notícia de Época sobre o Halley
Thomas Andrews disse à sua esposa que o cometa era um bom presságio mas outros diziam que brilhando sobre o Titanic era algo muito mau. Os cometas, em geral, são considerados bons presságios ou ligados a algo de bom que está para acontecer. O mesmo cometa Halley apareceu quando Isaac Newton e Cristóvão Colombo nasceram, e provavelmente era este cometa a estrela dos Reis Magos quando Jesus nasceu, entre muitos outros acontecimentos. Ainda mais irónico... o cometa de Halley voltou em 1986, um ano depois de Robert Ballard descobrir os destroços do Titanic. Quando Andrews e Helen olharam para o céu, o cometa de Halley era apenas um pontinho minúsculo brilhante ao longe, assim como o Titanic se tornou após a colisão no escuro oceano. Cientistas e astrónomos de todo o Mundo anunciaram que a Terra poderia colidir com a cauda do Cometa Halley na noite de 18 para 19 de Maio de 1910, noite essa a que muitos chamam de “A Noite do Fim do Mundo”. Esta ideia provocou o suicídio de algumas pessoas que acreditavam que se a cauda do cometa encostasse à Terra, provocaria o fim do mundo; ou então pior, que os gases que o envolviam eram capazes de envenenar os seres vivos da Terra. Famílias inteiras saíram a rua ao frio para verem o cometa e ficarem na expectativa do fim. A passagem do cometa perturbou a sociedade portuguesa e tornou-se durante meses no grande acontecimento no então Reino de Portugal, através da venda de jornais (como a foto deste post), souvenirs e até músicas. Em 2010 para celebrar o centenário da república portuguesa, foi realizado um filme para televisão que relata esses momentos e traz de volta uma das músicas realizadas sobre o cometa nessa época. Tal acontecimento só foi suprimido pela implantação da República em Outubro desse ano. À semelhança daqueles dias, actualmente já correm notícias que Ison é maior do que se diz e que vai trazer sérios problemas à vida na Terra. 

quinta-feira, novembro 21, 2013

O FIM DO BRITANNIC

video
O NAUFRÁGIO DO BRITANNIC 
O Britannic partiu de Southampton num domingo, dia 12 de novembro de 1916. Ele não levava nenhum "passageiro". No dia 17 de novembro de 1916, chegou a Nápoles, para abastecer e partir no sábado, mas uma tempestade feroz atrasou sua partida.
Terça-feira, 21 de novembro de 1916. O Britannic estava navegando pelo Canal de Kea no mar Egeu, em plena Primeira Guerra Mundial. Perto das 8:00 da manhã, uma tremenda explosão golpeou o Britannic, adernou e começou afundar muito depressa pela proa. O Capitão Bartlett experimentou encalhar o Britannic na Ilha de Kea, mas não teve sucesso. Em 55 minutos, o maior transatlântico da Inglaterra, com apenas 351 dias de vida, afundou. A explosão ocorreu aparentemente entre a 2ª e a 3ª antepara a prova de água e a antepara 2 e 1 também foram danificadas. Ao mesmo tempo, começou a fazer água na sala de caldeiras 5 e 6. Este era asperamente o mesmo dano que levou seu irmão, o Titanic, a afundar.
Infelizmente 30 pessoas morreram na ocasião. A maioria destas mortes ocorreu quando os hélices emergiram das águas e sugou alguns barcos salva-vidas. Os motores ainda estavam em funcionamento, pois na correria de tentar encalhar o navio, esqueceram de parar os motores.
O Britannic está tombado de lado a apenas 350 pés (107m) de profundidade. Tão raso que a proa bateu no fundo antes dele afundar totalmente, e devido ao imenso peso do navio a proa se retorceu toda. Ele foi descoberto em 1976 em uma Exploração dirigida pelo oceanógrafo Jacques Cousteau.
É fácil distinguir o Britannic de seus irmãos, devido aos gigantescos turcos de barco salva-vidas, e também porque a maioria das fotografias suas mostram ele todo pintado de branco com uma faixa verde pintada no casco de proa a popa, separada apenas por 3 grandes cruzes vermelhas de cada lado, designando-o como um navio hospital. O HMHS Britannic nunca chegou a receber um centavo para transportar um passageiro.
O Britannic é hoje o maior transatlântico naufragado.
Mortos no naufrágio do HMHS Britannic: Arthur Binks / Arthur Dennis / Charles C. S. Garland / Charles J. D. Phillips / Frank Joseph Earley / G. Philps / George De Lara Honeycott / George James Bostock / George Sherrin / George William Godwin / George William King / Henry Freebury / Henry James Toogood / James Patrick Rice / John Cropper / John George McFeat / Joseph Brown / Leonard George / Leonard Smith / Percival W. E. White / Pownall Gillespie / Robert Charles Babey / Thomas A. Crawford / Thomas Francis Tully / Thomas Jones / Thomas Taylor McDonald / Walter Jenkins / William Sharpe / William Smith / William Stone

Conheça mais sobre o navio aqui

sexta-feira, novembro 15, 2013

CAIXINHA DE MÚSICA

CAIXINHA DE MÚSICA 
Depois de tentar o suicídio, Rose está no seu quarto a pentear o seu cabelo e a arrumar algumas das suas jóias quando o seu prometido noivo Caledon Hockley aparece e apresenta pela primeira vez o colar Coração do Oceano. Com certeza que muitos já se perguntaram: que melodia é aquela que toca na caixinha de música da Rose? E também é provável que já tenha ficado na vossa cabeça tocando repetidas vezes. O TitanicFans disponibiliza o link para download desta melodia aqui.

sexta-feira, novembro 08, 2013

UM VILÃO NO TITANIC

UM VILÃO NO TITANIC 
Caledon Hockley, o noivo prometido de Rose Bukater no filme Titanic de James Cameron, não existiu mas hoje conhecemos verdadeiros vilões a bordo do Titanic. Este é Harry Haven Homer, um dos jogadores mais infames em primeira classe no Titanic. Nascido em 28 de Novembro de 1871, (outras fontes referem 1872) era filho de Richard Homer, um médico em Knightstown, Indiana, que nascera em 1819 em Londres e morrera em 1902 no Indiana. Apesar de ser filho de uma proeminente família, Homer era a ovelha negra, tinha como profissão oficial a de pecuarista até 1912 e residência oficial em Indianopolis. Harry teve uma educação esmerada mas preferiu navegar no Atlântico Norte com o objectivo de enganar os cavalheiros de primeira classe nos jogos de cartas. Além disso, ainda foi preso por outros crimes, envolvendo principalmente os crimes de roubo e burla ao longo dos anos. Embarcou em Cherbourg no Titanic, sobre o nome E. Haven de modo a não ser identificado como o burlão "Kid". Desconfio que é este o homem que em Maio de 1912 a sobrevivente do Titanic Lily May Futrelle, esposa do famoso escritor que faleceu no naufrágio, viria a mencionar ao expressar o seu desgosto de que o seu bom e decente marido tenha morrido no naufrágio, enquanto um jogador com seu olhar maldoso sobreviveu e se cruzou com ela no convés do Carpathia. Homer sobreviveu a bordo do bote 15 e casou-se com Delia Atwater, mas não teve filhos e tudo indica que ela ficava em casa enquanto ele exercia o seu negócio. Quando ela morreu, Henry mandou-a cremar e enviou as cinzas para os seus cunhados que viviam em Cincinnati, Ohio. Harry Homer não lhes disse o que seguia no pacote, mas pediu que simplesmente o guardassem até à próxima vez que ele os fosse visitar. Os anos se passaram e ele não visitara os cunhados, foi então que decidiram finalmente abrir o pacote e descobriram chocados que eram as cinzas da sua irmã. Assim, enterraram o recipiente com as cinzas de Delia na sua propriedade. Quando Harry Homer finalmente se decidiu a visitá-los, vários anos mais tarde, não perguntou o que tinha acontecido com as cinzas de Delia. Continuou a viajar e a burlar várias pessoas a bordo de navios, e em 1930 casa-se novamente com uma mulher chamada Irene Harris onde viveu num apartamento em New York. Provavelmente, num esforço para evitar as autoridades, ainda usou o nome do seu cunhado nos últimos anos de vida ao ponto de estar registado com esse nome na sua certidão de óbito. Morreu em 1939. A sua sobrinha residente em Albuquerque no Novo México diz que sabe algo sobre Homer que consegue ser pior do que qualquer outra coisa que se sabe sobre ele, mas que o que sabe vai morrer consigo. O jornal The Witney Gazette de 11 de Maio de 1912 talvez ajude a desvendar esse segredo: JOGADORES NO TITANIC ESCAPAM VESTIDOS DE MULHER Uma história extraordinária é relatada em New York a respeito da fuga no naufrágio do Titanic de dois jogadores bem conhecidos que, há já alguns anos, têm frequentado os navios do Atlântico, e contra os quais anúncios contra burlas e roubos são publicados em vários navios, e na verdade também foram colocados na sala de fumo do Titanic quando este saiu de Southampton.
Os dois homens, diz o correspondente de New York do jornal The Daily Chronicle, são conhecidos como "Doc Owen" e "Kid Homer", e estavam num jogo de cartas com um terceiro homem quando o acidente aconteceu. Ao perceberem que não havia salvação para o Titanic, decidiram tentar fugir num dos botes. Aqueles que tinham autoridade no navio, no entanto, foram permitindo que apenas mulheres e crianças pudessem partir. "Doc Owen", teria conseguido os serviços de um mordomo a bordo, e alega-se que tenha sido pago para manter a identidade dos jogadores em segredo durante a viagem, e, dando-lhe um maço de notas novas, pagou para este lhes fornecer roupas e chapéus de mulher. Vestidos com essas roupas, os três homens correram para o convés e embarcaram num barco salva-vidas cheio de mulheres. Depois desfizeram-se das roupas de mulher, que atiraram ao mar. O barco em que estavam cheio de mulheres imigrantes e os seus filhos não tinha homens suficientes para remar. Assim, a ajuda deles foi bem-vinda.

sexta-feira, novembro 01, 2013

CAPITÃO DO TITANIC NÃO MORREU

CAPITÃO DO TITANIC NÃO MORREU 
Já publiquei aqui dois artigos no passado sobre o mistério que envolve o fim do Capitão Smith. Tendo sido o TitanicFans o primeiro em português a publicar sobre o assunto, muitos se seguiram a divulgar este tema. Hoje trago mais uma nova luz exclusiva a este mistério. A conhecida revista Life, de 12 de Fevereiro de 1940 publica o corpo daquele que parece ser o Capitão Smith. O artigo escrito por Charles Wilson diz o seguinte: 
"Silent Smith - Há vinte e oito anos o Capitão E J Smith do SS Titanic desapareceu em New York. Três anos depois, um desconhecido, um homem pobre, a quem a polícia local chamava de "Silent Smith" morreu em Lima, Ohio. O estranho não falava, exceto quando era perguntado o seu nome, murmurava "Smith". Sem dúvida, era um marinheiro irlandês. Tinha tatuado no peito "The Rock of Ages". Um mapa do Pacífico estava tatuado nas suas costas. A sua altura e peso eram os mesmos que os de Smith do Titanic.
Embalsamado por um agente funerário local, o corpo do silencioso Smith foi mantido em exposição num esforço para se identificá-lo. Ninguém foi capaz de fazê-lo. Mas o corpo é um bom barómetro e o cabelo continua a crescer sendo cortado de tempos a tempos pelo homem que possui o corpo."
Para saber mais sobre o assunto, veja os seguintes links:

quinta-feira, outubro 31, 2013

NOVIDADES TITANICFANS OUTUBRO

NOVIDADES DO TITANICFANS 
EM OUTUBRO FOI ASSIM 
Fotografia Histórica Uma fotografia fantástica e rara mostra os mortos do Titanic que foram sepultados no mar. O momento raro mostra dois homens deixando cair uma das vítimas borda fora do navio de resgate de corpos, o Mackay Bennett. A foto foi tirada dias depois do navio bater no iceberg em 15 de abril de 1912, mas só agora acaba de ser tornada pública. 
Loraine Allison Morta ou VivaEm 1940, uma mulher chamada Loraine Kramer afirmou ser Loraine Allison e que, no último minuto, os seus pais a entregaram a um homem chamado Hyde, que a levou para uma fazenda no centro-oeste americano. Recentemente surgiu um site que pretende divulgar o assunto e pedir a quem tenha informações adicionais e relevantes para o caso possa contribuir para acabar com o mito. 
Memórias do TitanicNascida em 13 de Outubro de 1907, Mary Millar tinha quatro anos de idade, quando ela viu o Titanic com a sua mãe em 1912.
Uma das pessoas mais idosas que vivem na Irlanda do Norte, se não a mais velha, ela testemunhou as provas de mar do Titanic perto da sua casa em Ballywhisken, Millisle. 
Mary Millar ainda se lembra de perguntar à sua mãe por que apenas três das quatro chaminés fumegavam. 
Violino do Titanic em Leilão - O violino usado para dar música àqueles que lutavam pelas suas vidas no Titanic que foi no passado sábado a leilão em Inglaterra. Acabou arrematado por 900 mil libras (cerca de um milhão de euros).
E mais:
- A lista de passageiros e tripulação agora conta com fotos das pessoas que estiveram a bordo! Clique para ver a lista e os retratos constantemente actualizados aqui 
- Se ainda não aderiu à nossa página do facebook clique aqui e tenha acesso a fotos exclusivas: 
Deck Plans - Os planos do navio que vemos no filme. 
Desenhos do Filme - James Cameron antes de fazer o seu épico desenhou todas as cenas que queria ver projetadas no cinema. 
Fotos de Rose - Os retratos que Rose fazia questão de levar sempre consigo e que vemos no final do filme.
Fotografias de bastidores - Billy Zane, o ator que deu vida ao personagem Caledon Hockley, reuniu num álbum privado fotografias raríssimas nos tempos livres das gravações.
Vida a Bordo - Todos conhecemos as fotos tiradas pelo Padre Browne a bordo do Titanic, conheça agora os nomes dos passageiros que se encontram nelas.

Tudo isto e muito mais!
"TO MAKING IT COUNT!" 

sexta-feira, outubro 25, 2013

VIOLINO DO TITANIC EM LEILÃO

VIOLINO ARREBATADO POR 1 MILHÃO DE EUROS
A 10 de Abril de 1912 o Titanic embateu num iceberg e naufragou no Oceano Atlântico, a meio de uma viagem que se imaginava de sonho. Os momentos que se viveram foram de descontrolo e pânico. E deste caos há uma imagem, ou uma história, que se destaca: a banda do navio que tocou até que este se afundasse. Foi exactamente o violino usado para dar música àqueles que lutavam pelas suas vidas no Titanic que foi no passado sábado a leilão em Inglaterra. Acabou arrematado por 900 mil libras (cerca de um milhão de euros).
O instrumento musical que foi usado pelo líder da banda do Titanic, Wallace Hartley, uma das 1517 vítimas mortais do naufrágio, foi à praça por 200 mil libras e foi comprado por 900 mil libras (um milhão de euros) num leilão da Henry Aldridge & Son, responsável noutros momentos por leilões de objectos provenientes do Titanic.
No entanto, a história à volta deste violino é controversa, uma vez que há muitos especialistas que duvidam da sua autenticidade. A própria leiloeira levou sete anos a autenticar o instrumento, tendo recorrido a vários investigadores e análises forenses. Mas agora não tem dúvidas da sua origem. Segundo as explicações de Alan Aldridge, da Henry Aldridge & Son, a investigação detectou na madeira do violino sal do mar.
Os mais cépticos duvidam que o violino tivesse resistido na água mas ao que tudo indica a mala de pele, que pertencia ao músico, protegeu o instrumento. Wallace Hartley foi encontrado sem vida com o colete salva vidas vestido e agarrado à mala e ao violino.
No diário da noiva do músico, Maria Robinson, há ainda registos escritos pela própria que contam como os pertences, incluindo o violino, de Wallace Hartley lhe foram entregues. Há muito tempo que surgiu também na Internet uma foto de uma carta de agradecimento, escrita pela própria, pelos bens recuperados.
O violino tem ainda uma inscrição de Maria. O violino foi uma oferta da noiva ao músico pelo noivado, dois anos antes da tragédia. O casamento estava marcado para o fim da viagem do Titanic. Na mala de pele, que foi leiloada juntamente com o violino, estão ainda gravadas as iniciais W.H.H..
Maria Robinson morreu em 1939 e a sua irmã ofereceu o violino à banda local do Exército de Salvação. Desde então sabe-se que pertenceu a um professor de música, que depois terá passado para um outro proprietário, cuja identidade nunca foi conhecida. Pensava-se então que o icónico violino se tinha perdido quando em 2006 foi encontrado numa casa em Lancashire, no noroeste de Inglaterra.
Desde aí foi submetido a vários exames, não existindo agora dúvidas, garante a leiloeira, da sua origem. Foi com este violino que Wallace Hartley mobilizou a sua banda na noite da tragédia. Enquanto milhares de pessoas fugiam do barco, os músicos tocaram para que os passageiros se pudessem acalmar de alguma forma. Nearer, My God, To Thee é a música que representa o momento, tantas vezes representado na televisão e no cinema, entre os quais se destaca o filme de James Cameron. Titanic é considerado um clássico de Hollywood, estreou em 1997 e é, até hoje, o segundo filme com a maior receita de bilheteira.

sexta-feira, outubro 18, 2013

MEMÓRIAS DO TITANIC

ÚLTIMA PESSOA AINDA VIVA QUE VIU O TITANIC 
Nascida em 13 de Outubro de 1907, Mary Millar tinha quatro anos de idade, quando ela viu o Titanic com a sua mãe em 1912.
Uma das pessoas mais idosas que vivem na Irlanda do Norte, se não a mais velha, ela testemunhou as provas de mar do Titanic perto da sua casa em Ballywhisken, Millisle. 
Mary Millar ainda se lembra de perguntar à sua mãe por que apenas três das quatro chaminés fumegavam.
"Foi muito emocionante, porque o navio era inafundável, as pessoas estavam interessadas nele", disse ela .
Mary também diz que se lembra bem do destino da viagem inaugural do navio como sendo "uma tragédia terrível ".
Mary foi levada por amigos e familiares até ao Titanic Belfast no domingo passado para comemorar o seu 106º aniversário, e ela admitiu estar animada por estar no museu que conta a história do navio.
"Eu não esperava nada disto, eles não me disseram nada. Esperem até voltarmos para casa.", disse ela à jornalista da UTV, Judith Hill. 
O marido de Mary Millar, James também trabalhou no estaleiro Harland & Wolff por 40 anos, e ela acredita que o seu pai pode mesmo ter feito parte do projeto de construção do Titanic.
Tim Husbands, diretor executivo da Titanic Belfast, considera ter sido muito apropriada a comemoração do seu aniversário no museu.
"Claro que foi um grande privilégio participar do seu 106º aniversário, mas ter alguém que está tão intimamente ligado ao Titanic, enfatiza a autenticidade do lugar que temos aqui ", disse ele .
Husbands disse que contar histórias era uma parte importante do projeto do museu do Titanic.
"Ter alguém que ainda se lembra das provas de mar e que pode falar sobre as suas experiências, realmente ajuda a colocar o projeto Titanic no seu contexto", explicou.
"Ela é muito lúcida e as suas memórias muito interessantes, ela estava, obviamente, muito animada por ter visto o Titanic durante as provas de mar e de ser capaz de traduzir isso em palavras e com 106 anos de idade, é sem dúvida um grande feito e um grande testemunho. "

sábado, outubro 12, 2013

LORAINE ALLISON MORTA OU VIVA

SITE PRETENDE DESMISTIFICAR O ASSUNTO 
Em 2012 publiquei um assunto controverso, um mistério do Titanic por resolver. Teria Loraine Allison, a única criança vítima do Titanic em primeira-classe, sobrevivido? Veja aquiEm 1940, uma mulher chamada Loraine Kramer afirmou ser Loraine Allison e que, no último minuto, os seus pais a entregaram a um homem chamado Hyde, que a levou para uma fazenda no centro-oeste americano. A sua alegação, contudo, não foi aceite pelos membros da família Allison. Ela alegou que o tal "Sr. Hyde " que ficou com ela, não era outro senão Thomas Andrews e que Bruce Ismay pagou a Andrews para desaparecer, levando "Loraine" com ele. Uma senhora chamada Debrina Woods, neta de Loraine Kramer, está numa missão para acabar com esse mito através da realização de resultados de DNA para ver se a Sra. Kramer era de fato Loraine Allison. Recentemente surgiu um site que pretende divulgar o assunto e pedir a quem tenha informações adicionais e relevantes para o caso possa contribuir para acabar com o mito. Clique aqui para obter mais informações. Esperemos de uma vez por todas que este mistério fique resolvido.

sexta-feira, outubro 04, 2013

FOTOGRAFIA HISTÓRICA

NOVA FOTOGRAFIA APÓS O NAUFRÁGIO TORNADA PÚBLICA 
Uma fotografia fantástica e rara mostra os mortos do Titanic que foram sepultados no mar. O momento raro mostra dois homens deixando cair uma das vítimas borda fora do navio de resgate de corpos, o Mackay Bennett. A foto foi tirada dias depois do navio bater no iceberg em 15 de abril de 1912, mas só agora acaba de ser tornada pública. A foto vai ser leiloada pela Henry Aldridge & Son dia 19 de Outubro, em Devizes, Wilts, e terá como base o valor de £ 5,000. O leiloeiro Andrew Aldridge disse: "Esta imagem faz desaparecer o mito de quem nem todos tiveram um enterro com dignidade". Vemos os corpos empilhados em sacos num funeral em massa realizado pelo Rev. Hind, o padre do navio, em memória das dezenas de vítimas do Titanic antes de serem sepultadas no mar diante dos olhares tristes mas respeitosos da restante tripulação.

segunda-feira, setembro 30, 2013

NOVIDADES TITANICFANS SETEMBRO

NOVIDADES DO TITANICFANS 
EM SETEMBRO FOI ASSIM 
JP Veiga a homenagem Porque as homenagens devem ser feitas em vida. O TitanicFans faz a sua homenagem ao autor de Robinson Titanic, JP Veiga.
Estaria o Capitão Bêbado? - O capitão do Titanic estava bêbado quando o navio bateu num iceberg e afundou, alega um documento recém-descoberto.
O capitão Edward Smith foi, aparentemente, visto a beber no bar do salão do navio.
Os livros de história mencionam que o capitão acordou quando o navio bateu no iceberg e que corajosamente decidiu ir para o fundo com o seu navio. Mas um relato inédito da sobrevivente Emily Richards culpa o capitão Smith pela tragédia e diz que ele estava a beber nas horas antes da colisão. 
Oiça a música que tocou no Titanic No meio do horror e devastação da noite em que o Titanic se afundou, uma estranha música num bote distrai as crianças da tragédia e do frio que se fazia sentir abafa os gritos daqueles que morriam nas águas geladas... era um porquinho musical. Assim se destaca uma das cenas mais comoventes do naufrágio.
Costa Concordia Resgatado - Ao final de 20 meses e 19 horas de manobras, o paquete Costa Concordia regressou à posição vertical, ao largo da ilha italiana de Giglio.
Com a remoção da embarcação prevista apenas para o final da primavera, as equipas técnicas no local trabalham agora na estabilização do navio antes de tentarem resgatar os últimos corpos de 2 das 32 vítimas do naufrágio. 
Pais depois de mortos - Muitos pais estavam a bordo do Titanic, alguns com suas esposas, outros deixando-as em terra e que, vindo a falecer, não puderam ver os seus filhos crescer. 

E mais:
- A lista de passageiros e tripulação agora conta com fotos das pessoas que estiveram a bordo! Clique para ver a lista e os retratos constantemente actualizados aqui 
- Se ainda não aderiu à nossa página do facebook clique aqui e tenha acesso a fotos exclusivas: 
Deck Plans - Os planos do navio que vemos no filme. 
Desenhos do Filme - James Cameron antes de fazer o seu épico desenhou todas as cenas que queria ver projetadas no cinema. 
Fotos de Rose - Os retratos que Rose fazia questão de levar sempre consigo e que vemos no final do filme.
Fotografias de bastidores - Billy Zane, o ator que deu vida ao personagem Caledon Hockley, reuniu num álbum privado fotografias raríssimas nos tempos livres das gravações.
Vida a Bordo - Todos conhecemos as fotos tiradas pelo Padre Browne a bordo do Titanic, conheça agora os nomes dos passageiros que se encontram nelas.

Tudo isto e muito mais!
"TO MAKING IT COUNT!"