quinta-feira, novembro 01, 2012

O TITANIC E O HALLOWEEN

video
O TITANIC E O HALLOWEEN   
Não é mentira dizer-se que o Titanic apenas se reporta a uma época específica do ano, Abril, mas também é possível recordarmos sempre o Titanic todos os dias do ano, mesmo em outras épocas especiais. Já aqui se falou por exemplo, que todos os natais, a Condessa de Rothes escrevia sempre uma carta de boas festas ao marinheiro Jones que manobrou o bote 8 em que estava a bordo, e que o próprio retirou o número 8 do bote, chegou a emoldurá-lo e a oferecê-lo como presente à Condessa, veja mais em JONES E A CONDESSA DE ROTHES. O Halloween também pode ser repleto de histórias titanicas verdadeiramente assustadoras. O vídeo acima disponível para visualização faz parte de uma cena do filme Ghostbusters 2, em que o Titanic finalmente chega a Nova Iorque desembarcando os passageiros que nunca chegaram ao seu destino. 
Parece que as vítimas da tragédia do Titanic ainda estão presas aos objectos que usaram ​​e tocaram a bordo. Pelo menos é isto o que uma exposição, a Titanic The Experience quer provar. Deste modo, os funcionários da exposição juntaram-se para uma investigação paranormal. Eles afirmam ter encontrado provas bastante conclusivas de que existem fantasmas amigáveis por ali. Nos últimos cinco anos, os membros da equipe da Titanic The Experience tiveram alguns acontecimentos estranhos e sem resposta. Para encontrar respostas para estes eventos incomuns, a Titanic The Experience organizou uma investigação paranormal, que afirmou ter encontrado provas conclusivas de actividade paranormal gerada por passageiros e tripulantes que navegaram no navio lendário na noite que conheceram o seu fatídico destino. 
A equipe da Titanic The Experience não tem certeza, mas não há como negar algumas coisas horripilantes que acontecem na exposição. Os actores da exposição juntaram então algumas das suas experiências e as histórias mais estranhas que aconteceram em torno do "Navio dos Sonhos" e resolveram contar ao público.  Os tours fantasma são para todas as idades e são liderados pelos actores da exposição que normalmente retratam notáveis ​​passageiros do Titanic durante os passeios diários regulares.  Saiba mais em FANTASMAS NO TITANIC.
Mas se nesta noite de abóboras e bruxinhas já não temos idade para um trick or treat (doce ou travessura), podemos sempre lembrar aquelas histórias que dão que pensar, seja pelo mito, seja pelo mistério que as envolve, todas com certeza possuem uma resposta racional. 
Quando em 1985 Ballard descobriu o Titanic, o maior susto que apanhou foi quando a sua equipe expedicionária deparou-se repentinamente com um rosto que lhes sorria na escuridão, mesmo o mais cético estremeceu. Na verdade era um rosto de porcelana, e pertencia a uma boneca de origem francesa ou alemã de olhos verdes cujo corpo era flexível permitindo a cabeça rodar, tornando-a assim mais real. Não se sabe a que criança terá pertencido, para mais pormenor leia em SORRISO NA ESCURIDÃO. Antes do Titanic sequer se tornar numa lenda, já circulavam histórias de arrepiar para os mais sensíveis e impressionáveis. É o caso da silhueta fantasma que surge durante a construção do navio, numa foto tirada junto ao leme, surge a forma humana de um homem. Está provado que algo surge naquele negativo, mas por algum motivo, quer propositado ou erro de revelação, o que vemos é uma forma humana abstrata. Pode ler mais em A SILHUETA. Mas se quisermos algo concreto podemos relembrar a fotografia tirada pelo Padre Browne na partida do Titanic em Queenstown a 11 de Abril de 1912 rumo ao oceano. No topo da chaminé número 4 (a maior vista na foto) encontra-se um ponto negro, a imagem ampliada deixou mostrar a forma de um homem cuja cabeça e os ombros apenas se vêem. Por brincadeira ou exibicionismo este homem, provavelmente um fogueiro, subiu pelas escadas interiores, (já que esta chaminé era falsa e servia apenas de ventilação) e apanhou um pouco de ar fresco. Esta aparição de um rosto enegrecido pela fuligem, provocou imensas gargalhadas nos espetadores em 1912 que viam o luxuoso navio partir, enquanto que outros tantos mais impressionáveis diziam ser a personificação de um ser infernal surgido das entranhas do navio. O mistério até hoje permanece. Pode ver a foto ampliada aqui. Há quem diga que tal rosto era na verdade a suposta múmia que se fazia transportar no Titanic, tratava-se da múmia da vidente que vivera na época de Amenófis IV e cujo túmulo fora descoberto em Tell el Amarna.
Diz a lenda que um tal de Lord Canterville pagou a sua passagem para a exibir num museu dos Estados Unidos. Desde que a mesma foi encontrada por exploradores no Egito, esta causou a morte e a loucura aos que de algum modo se cruzaram no seu caminho. Leia mais em LA MOMIE FATALE e em A MÚMIA DO TITANIC. Loucura ou trauma, muitos passageiros ficaram marcados psicológicamente até às suas mortes, como o caso de alguns passageiros que cometeram suicídio. Annie Robinson que tinha sido uma empregada do Titanic, dois anos e seis meses depois do naufrágio, ficou nervosa e muito agitada quando o vapor Devonian entrou sobre uma forte neblina no porto de Boston e soou a buzina de nevoeiro. Ainda em depressão com as lembranças do acidente, atirou-se do navio e afogou-se. Saiba mais pormenores destes e outros suicídios em O SUICÍDIO E O TITANIC. Fatos ou mitos, estas histórias são verdadeiros doces que mantêm viva a lenda que se tornou o Titanic.

3 comentários:

Ana Rita Correia disse...

Está muito giro este post :)
Adoro o teu blog!

Amanda (Mandy) disse...

Mario, se tem uma coisa que gosto muito nas suas postagens é o quão longe você consegue enxergar a partir de um ponto.

E o Titanic é esse ponto... :)

Mário disse...

Obrigado Amanda, eu gosto muito de pegar num ponto que à partida parece não ter qualquer conexão com o Titanic e fazer com que afinal tenha algo em comum. Não é por acaso que todos os dias tem uma barrinha atualizada aqui no site com a informação do que acontecia nesse mesmo dia do ano relacionado ao Titanic, porque todos os 365 dias do ano, são dias de Titanic! =)