sábado, abril 29, 2006

TITANIC
«Para que os dois navios fossem construídos era necessário mudar por completo os estaleiros de Belfast, e para o efeito foram construídas gruas gigantescas e uma doca seca que se tornou na maior que o mundo já tinha conhecido. Os trabalhos do Titanic começaram em 31 de Março de 1909. Olympic e Titanic nasciam lado a lado e os homens do Titanic lutavam para alcançar os do Olympic. Os 15000 trabalhadores da Harland & Wolff trabalhavam seis dias por semana durante 26 meses e por vezes até ao Domingo. 17 pessoas perderam a vida na sua construção. Por fim dentro dos andaimes um esqueleto começava a tomar forma fazendo com que as pessoas sustivessem a respiração. Era a forma de um navio, um navio tão monstruoso e impensável que era mais alto que os edifícios.
Na Primavera de 1910, o projectista dos navios Alexander Carlisle teve uma forte discussão com o seu cunhado Lord Pirrie sobre o número de botes a serem colocados nos navios. Carlisle tinha estipulado 68 botes para cada navio, mais que suficientes para a capacidade total que estes podiam suportar. Pirrie era contra, não queria assustar os passageiros com tantos botes salva-vidas, além disso 20 botes eram mais que suficientes por lei para navios daquela tonelagem, o que daria mais espaço e sensação de segurança aos passageiros que viajassem neles. Foi o suficiente para que Carlisle abandonasse os projectos, o Titanic fora o último navio que ele desenhara. Era preciso alguém que ficasse à frente dos projectos. Thomas Andrews foi o nome indicado e o Titanic era o seu novo navio. Por esta altura o cometa Halley era visível pelos céus de toda a Europa, Andrews levou a sua esposa Hellen grávida do primeiro filho a ver a construção do navio que ele tinha em mãos.
A 31 de Maio de 1911 o Titanic seria lançado ao mar... inúmeros convites foram feitos a gente ilustre, desde John P. Morgan o dono da empresa IMM e proprietária da White Star e como tal dono do Titanic, o Capitão Smith futuro comandante do Titanic ao mais simples e novo operário dos estaleiros. As estacas de madeira que o seguravam foram retiradas, 20 toneladas de sebo foram espalhadas pelas guias para que quando chegasse o momento, a água que iria conquistar o levasse da terra. A bandeira vermelha foi hasteada para que os outros navios nas margens se afastassem. Ao contrário das cerimónias habituais com a benção e o batismo com uma garrafa de champanhe, a White Star Line preferia apenas uma voz de comando...
Andrews - Soltem as alavancas!
Um foguete foi lançado e o Titanic começou a deslizar para dentro de água. Começou a ganhar velocidade 22km/h em 62 segundos... todos aplaudiram com enorme satisfação. O maior navio do mundo era realmente inafundável. Nessa mesma tarde o Olympic saía de Belfast rumo a Liverpool pela primeira vez.
Os meses seguintes foram gastos a equipar o Titanic era a vez de carpinteiros e engenheiros entrarem em cena.
No dia 1 de Abril o Titanic completou as provas de mar, a 2 realizaram-se as inspecções ao navio. O Titanic passou em todas as provas e dirigiu-se para Southampton onde chegou na noite do dia 3. Uma semana depois partiria para a sua primeira e última viagem. O destino era Nova Iorque, mas um icebergue se colocou no seu caminho afundando-o em duas horas e quarenta minutos. Cerca de 1500 pessoas perderam a vida, apenas pouco mais de 700 sobreviveram. O Mundo ficou em choque! Hoje o Titanic não passa da sepultura dessas 1500 pessoas que nele pereceram. Hoje iremos desvendar os mistérios que ficaram escondidos do Titanic...»
Tem mais TITANIC ainda esta noite...

1 comentário:

lorenna disse...

Mário meu amigo...Seus posts estão D+...este e os anteriores...
Parabéns...
Não vou perder nenhum...
cada detalhe da história do Titanic me encanta de uma maneira inexplicável...
Você sabe do que estou falando...
BEIJOS