sábado, maio 11, 2013

A REENCARNAÇÃO E O TITANIC

A REENCARNAÇÃO E O TITANIC 
Antes de começar a ler, fique confortável e deixe-se levar pela música clicando aqui. Acredite se quiser, leia de mente aberta. A reencarnação, ou vidas passadas, é um tema que gera e causa muita polémica em todo o mundo, uns mais cépticos, outros mais receptivos, todos discutem este tema, mas em comum todos têm as mesmas questões...
Quem somos? Para onde vamos? O que fazemos aqui? Qual o nosso objectivo? 
Pessoalmente já me deparei com uma situação curiosa: desde muito novo que tenho esta forte ligação ao Titanic. Muitos antes da febre Jack e Rose, conheci o Titanic por acaso. Desde pequeno que sou fascinado por navios e receio o mar, causa-me arrepios e pânico os gritos de pessoas, sou alérgico ao frio e amo violinos. Certo dia tinha um navio em lego desmontado, resolvi construir um novo navio, o casco branco pintei com lápis de carvão para ser preto, coloquei quatro chaminés e pintei de amarelo. A minha bisavó, nascida em 1915 perguntou-me: "oh, é o Titanic?" - Foi a primeira vez que ouvi falar neste nome, e ela disse que era um navio que tinha gente rica e que se afundou, e que foi ver o filme ao cinema (penso que tenha sido A Night to Remember). O meu primeiro contacto com uma imagem do navio foi num livro de Histórias da biblioteca da igreja local e fiquei fascinado, aluguei o livro diversas vezes, só pela imagem do navio a navegar. O meu fascínio pelo Titanic foi crescendo, especialmente pelos passageiros e tripulação. Criei este blogue porque senti necessidade de divulgar o Titanic às pessoas sem ser por Jack e Rose. 
Ao longo deste tempo fui conhecendo pessoas interessadas pelo tema, e comecei a ouvir aqui e ali em comentários que fisicamente tinha parecenças com um dos músicos do Titanic, John Hume do qual já falei neste blogue e falarei brevemente. Mais recentemente, uma pessoa que conheci e ligada ao assunto de vidas passadas, recordou-se de mim a tocar violino num naufrágio que associou ao Titanic.
Encontrei uma revista Espirita espanhola que relata um caso curioso de vidas passadas ligadas ao Titanic e que aqui traduzo.
Dener Closê, nasceu na cidade de São Paulo, Brasil, sendo o único filho de uma família tradicional paulista. Aos três anos de idade, quando caminhava nas areias de uma praia em Santos, a sua mãe, ficou espantada com a reacção da criança, depois de dizer para ele saltar sobre uma onda. Dener, ao ouvir as palavras: "Salta, salta" imediatamente entrou em pânico e gritou: "socorro, socorro, o navio vai afundar, vamos morrer. "
A sua mãe ficou chocada com o que ouviu e não conseguiu entender o que ocorreu, e o que motivou o filho a dizer coisas relacionadas a um navio.
Dener cresceu na capital paulista e encontrou o seu destino profissional no Francês, aprendeu a língua francesa e foi por duas vezes a França para se especializar em gastronomia.
A sua vida seguiu o curso normal como qualquer adolescente. Quando foi lançado o filme Titanic, Dener convidou a namorada para ir ao cinema para assistir ao famoso filme de Hollywood. O cinema estava lotado e tudo estava bem até ao momento da cena do acidente do navio com o icebergue. Quando o Titanic começou a afundar, Dener entrou em pânico, causando enorme escândalo e teve que sair da sala imediatamente. Ele começou a dizer que se lembrou do trágico acidente e que estava no navio, como um chef, e tinha que salvar os seus assistentes, bem como chegar ao convés. Após este incidente, Dener teve que passar por tratamentos sérios quer a nivel mental como espiritual acabando por ser encaminhado para um centro espírita, onde acabou por dizer o nome que teria tido em vida como um membro da tripulação do Titanic, disse ter-se chamado Pierre Rousseau.
Inicialmente, as pessoas não o levaram a sério, mas depois que encontraram a foto de Rousseau na internet, quase cairam para trás, uma vez que ambos eram idênticos: o mesmo rosto, o mesmo bigode, a mesma profissão, e igualmente obesos.
Pierre Rousseau
Dener não suportava as memórias que o assombravam, e que talvez o atormentam até hoje. Como um homem tão famoso quanto ele poderia ser agora um chefe no anonimato? Seria difícil para um homem que viveu bem, cercado por mulheres bonitas e vinhos finos, estar agora "condenado" a uma vida de desconhecidoFelizmente, Dener casou e teve uma filha. Aos poucos, com muita ajuda espiritual e caridade espírita, aceitou a sua actual vida, simples como ela é.
Deu-se conta de que nem tudo era loucura, mas a única explicação que podia ser dada a tudo o que tinha acontecido, era o fenómeno chamado reencarnação.
Actualmente, Dener trabalha num dos restaurantes mais requintados e especializados em cozinha francesa, na cidade de Curitiba, Estado do Paraná, Brasil, e continua como chef. Agora veja o que a história diz sobre Pierre Rousseau na Encyclopedia Titanica. 
Rousseau trabalhava no restaurante à la carte, já tinha trabalhado como cozinheiro no North Brittish Station Hotel em Edinburgh, bem como no Luigi Gatti's London Resturant (Luigi Gatti que também estava a bordo do Titanic como seu patrão), por fim trabalhou no Olympic de onde foi transferido para o Titanic.
Preocupado com a velocidade do navio, o capitão Smith pediu desculpas e retirou-se do jantar que tinha sido dado em sua homenagem nesse restaurante. Dener permaneceu no serviço até às 23:15h, atrasando o trabalho dos criados, que deviam preparar as mesas para o dia seguinte. Às 23:30h o padeiro Charles Burgess retirou alguns pãezinhos do forno, colocando-os numa bandeja, que após o forte impacto ficaram espalhados pelo chão. A notícia de danos no casco do Titanic demorou a chegar à cozinha. Como pertencentes ao staff do restaurante à la carte, sendo esta uma concessão a particulares do Ritz, estes empregados estavam no fim da fila de resgate depois dos outros tripulantes da White Star. Estes trabalhadores do restaurante não eram passageiros, mas também não eram tripulantes, situação idêntica aos músicos do Titanic. Depois de muita pressão o chef francês Rousseau lá conseguiu levar alguns assistentes seus como se fossem passageiros, pois por baixo dos aventais brancos, vestiam as suas roupas normais. 
Quando chegaram ao convés principal do navio, o último bote salva-vidas já tinha descido para o mar. "Sautez!" (Salta!), exclamou o seu assistente Paul Maugé, para Rousseau, mas este se recusou a ir por ser obeso, e não querer correr o risco de o barco lotado com as pessoas se virar. Se Rousseau voltou para a sua cozinha para morrer, ninguém sabe. Pierre Rousseau, de 49 anos, era casado, a sua última residência foi em Londres, Inglaterra, como chef e o seu corpo nunca foi recuperado após o trágico naufrágio. E vocês? De onde vieram? Para onde vão? Qual o vosso objectivo nesta vida? 

27 comentários:

JPVeiga - Variz da Meiga e Mariz Conzê disse...

Como sempre, sensacional história. Acredito mesmo em reencarnação e vou pesquisar mais essa história! Gostei demais, obrigado, amigo!
JP

Jefferson disse...

Nossa Mario eu fiquei extasiado com esse post em especial, visto que acredito em reencarnação e que estava sempre atrás de algum relato assim. E o curioso que ele está trabalhando na minha cidade natal, Curitiba. :D
Abraços amigo, ótimos posts

Luis Antonio Menezes disse...

Eu tanbén acredito em reincarnação e engraçado porquê a minha mãe acha que eu reencarnei do Titanic

Luis Antonio Menezes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mário disse...

há muito que queria fazer algo sobre este tema, reuni material e comecei, obrigado pelo apoio.

∂υ∂ıηнα ' disse...

Ah , acredito sim o que pode haver uma reencarnação daqueles que acreditam ... Acho que o naufrágio não foi o fim !

Leonardo Almeida disse...

Acredito que a partida de uma vida não seja o fim porque o corpo só não é a vida vida é a a nossa alma e isso numca morre :D

Acredito que voltemos a vida sim com toda a certeza!

Pedro Rennó disse...

Amo o filme titanic esse blog é espetacular!!!!

Mário disse...

Obrigado Pedro.

Léa Figueira Brandão disse...

Mário
Eu acho mesmo que você é o músico. São a mesma cara. Fiquei arrepiada com a história.

Mário Monteiro disse...

Obrigado Léa, cada dia que passa acredito mais que sim =)

Coisas de Menina disse...

Ola, meu nome eh Juliana sou fascinada pelo Titanic e as historias em particular, acredito em vc e sua historia foi uma das que mais me comoveram e gostaria de saber sobre sua noiva e se vc ja pesquisou sobre ela e sobre o bebe? Ja li bastante e quando li sobre o musico John sabia que era o msm da noiva gravida uma historia triste gostaria de saber se nesta encarnaçao vcs se reencontraram e se vc pesquisou mais sobre sua historia, acredito que tenha estado la so isso explica meu fascinio por ele, mas me sinto frustrada por nao me lembrar, eh bom falar com pessoas que se lembram.

Mário Monteiro disse...

Olá Juliana, até ao momento que eu saiba ninguém ainda se manifestou pela noiva, acredito que nesta vida o sentirmos e o sabermos algo sobre a vida passada, por mais pequena que seja a lembrança ou sensação, então o nosso objectivo é saber deixar partir o que quer que tenha acontecido antes e aprender com isso. =)

Coisas de Menina disse...

Legal seu pensamento, porem penso tbm que no caso do Titanic suas vidas foram interrompidas e entao nesta alem de aceitar e aprender com tudo isso vcs tbm devem buscar a felicidade e o destino passado que possa estar ligado a vida atual. Eu gostaria de saber mas sem forçar como nao sei nao faria regressao nem nada assim pra saber, mas gosto de conversar com qm se lembra.
Obrigada

Mário Monteiro disse...

obrigado pelo apoio querida. :)

Nilton Renna disse...

Também acredito que estive no Titanic. Sempre fui fascinado por esse navio, desde criança. Muito antes da moda que surgiu com o filme. Tenho a impressão de que fui um sobrevivente. Pois ao ler o relato de sobreviventes do Titanic sobre o amanhecer alaranjado sobre o mar e o enormes icebergs ao redor eu tive imediatamente uma sensação de já ter vivido aquilo. O mesmo aconteceu comigo ao assistir o filme Titanic, principalmente as cenas excluídas, que estão disponíveis apenas em DVD e Blu Ray. Sim. Eu acredito.

Mário Monteiro disse...

Olá Nilton, fantastico testemunho o seu, um dia vou reunir todos e fazer uma compilação num grupo. =)

Nilton Renna disse...

Muito obrigado Mário.

suelen disse...

Graças a deus achei essa página. Eu tenho 18 anos e quando eu tinha uns 11 ou 12 sonhei que estava em um lugar, sem ar, cheia de água de oceano e eu realmente acordei sem poder respirar. Nunca liguei muito pra esse sonho mas agora, eu sinto tanta coisa estranha quando leio algo sobre titanic. Na verdade eu não consigo parar de procurar, pesquisar, ver videos reais e me aprofundar no assunto. É algo tao estranho que eu sinto quando eu vejo tudo isso. Eu comecei a pesquisar sobre as pessoas que morreram naquele acidente e as que sobreviveram tambem, que tinham por volta de 11 ou 12 anos na época, pq eu sinto que sou uma delas, não sei explicar o que sinto por essa história e o quanto eu queria ter evitado isso tudo na época. Bom ler esse post pq eu sei agora que não estou sozinha nisso e vou buscar mais sobre meu passado e as pessoas que embarcaram no navio naquele dia. Belfast, ai vou eu.

Mário Monteiro disse...

Lindo depoimento Suelen, fico contente que este post tenha ajudado.

Bruuna Monteiro disse...

Adorei a página gostaria de ter mais informações pois a reencarnação não é algo simples e algo que sentimos pelo o que somos...

Mário Monteiro disse...

Obrigado pelo comentário, Bruuna! Realmente é um assunto que deve ser levado de forma consciente.

China Hand disse...

Ola amigo quando assisto o filme ou vejo alguma reportagem sobe o titanic eu começo a chorar eu não consigo controlar as lágrimas e quando fico observando o mar parece que ouço vozes gritando pedindo socorro.Meu contato zap 71 992668484 Nivaldo Cardoso

Mário Monteiro disse...

Obrigado pelo depoimento Nivaldo! Forte abraço.

ραттy disse...

Ola eu sempre tive uma atração pelo titanic e como se ele me chama se vi fotos dos passageiros e alguns me parece familiar quandl vi um documentario do navio naufragado mostrando tdo por dentro e por fora era como se eu estivesse estado la sempre tive medo do mar de água funda sendo que nunca aconteceu nda cmgo mas sempre digo que a água e traiçoeira tem imagens na minha cabeça de objetos e lugares roupas de outros tempos nao me sinto bem no ano que estamos e quando assisto algo de época e como se eu estivesse em casa n sei se estive no Titanic n sei pq o navio me chama tanto n e por rose nem jack

Mário Monteiro disse...

Oi Patty. É curioso como tantos de nós temos as mesmas sensações. Não estamos sozinhos. :)

Mário Monteiro disse...

Oi Patty. É curioso como tantos de nós temos as mesmas sensações. Não estamos sozinhos. :)