domingo, abril 30, 2006

TITANIC
Melissa - Temos agora imagens em directo um pouco sobre a história do Titanic. Vamos então assistir a esse pequeno documentário enquanto esperamos por imagens do fundo do mar... Creio serem imagens da construcção do navio...
Para Richard Barks tudo aquilo não passava de recordações, que a humanidade teimava em relembrar-lhe todos os dias da sua vida... Uma voz narrava o documentário: «Nada na terra se comparava ao Titanic... Ao anoitecer de uma noite quente londrina de 1907, uma elegante limunisa Daimber Mercedes Benz parou diante de Downshire House, a residência de Lord Pirrie presidente dos estaleiros Harland & Wolff. Era uma casa branca, imponente, que recebia os seus convidados com solenidade. Na parte que dava para a rua havia um pórtico com oito colunas dóricas e no centro do piso superior uma janela dividida em três secções rematada com um lindel com tímpano. Situava-se no elegante bairro londrino de Belgravia.
O motorista de uniforme saiu após estacionar e apressou-se a abrir a porta para ajudar a sair os distintos convidados, o senhor e a senhora Ismay. Tanto para Joseph Bruce Ismay como para a sua esposa Florence sabiam que não se tratava de um simples jantar, estava programado algo mais importante, algo especial, que se notava na receptividade do casal Pirrie. Na verdade iam falar de negócios...

Ismay - Claro que a Cunard teve subsídios do governo.

Pirrie - O navio deles quebrou o record de travessia do Atlântico. Como sempre disse, Bruce, a velocidade não é tudo...

Ismay - Mas compreendes porque razão a White Star terá de responder...

As duas damas deixaram os homens sós para que estes se deliciassem com um charuto e uma taça de brandy após o jantar, iam falar do grande projecto que Lord Pirrie mantinha em segredo e que finalmente revelaria ao seu amigo Bruce. os dois estavam no salão de jogos da casa a jogar bilhar.

Pirrie - Esta perseguição da velocidade é fútil, os custos não compensam. Se as pessoas querem dimensão dar-lhe-emos dimensão.

Ismay - Queres que seja tão grande como o Mauritânia?

Pirrie - Não, que seja o dobro! O maior navio que o mundo já viu!

Ismay - Para competir com a Cunard vamos precisar de dois navios.

Pirrie - Para os ultrapassarmos vamos precisar de três!

Pirrie mostrou-lhe um esboço do que ia na sua mente, da forma como os navios deveriam ter no final da construção. Os navios iriam ser construídos em Belfast e para isso Lord Pirrie contava com a colaboração do seu cunhado Alexander Carlisle como engenheiro chefe que iria desenhar os navios, Roderick Chisholm como chefe dos desenhadores e o seu sobrinho Thomas Andrews que estava a ser preparado para assumir a chefia da empresa. Em Julho de 1908 o projecto finalmente estava pronto, os quatro membros esperavam a chegada de Ismay:

Ismay - Tem quatro chaminés...

Roderick - Correcto.

Ismay - Mas tinham afirmado que só teria três motores.

Carlisle - Pirrie pensa que estes navios serão mais eficientes com apenas três motores.

Pirrie - Como sabe quanto mais chaminés tiver o navio mais vontade terá o público pagante de viajar nele.

Andrews - A Cunard construiu o Mauritânia e o Lusitânia com quatro.

Ismay - Então uma das chaminés é apenas ornamental...

Roderick - Exacto, senhor.

Ismay - Acho que é magnífico. Quando poderão começar?

Pirrie - Podemos começar a trabalhar no navio 400 dentro de alguns meses e no 401 logo a seguir.

Ismay - Então será melhor assinar o contrato.

Roderick - Faça favor.

Ismay - Agora vão precisar de nomes. Não podemos continuar a chamar-lhes 400 e 401.

Pirrie - Concerteza, já que o 400 é o primeiro da classe, vamos chamar-lhe Olympic.

Ismay - Concordo. E o 401?

Pirrie - É o seu navio, Bruce.

Ismay - William, conhece a mitologia. O Olimpo era a casa dos Deuses gregos, é verdade. Mas então e os seus maiores rivais? Os Titãs? Eram gigantes cada um deles. O companheiro do Olympic deverá ser o Titanic!

Pirrie - Muito bem. Nunca houve um navio com nome tão apropriado.

Ismay - Olympic e Titanic!

Olympic e Titanic... mais tarde o terceiro dos irmãos seria inicialmente batizado de Gigantic.»

Não percam a continuação amanhã com mais dois posts especiais.

2 comentários:

Diego disse...

Nossa muito interessante Mario!!!

Gostei bastante... isso q eh começo neh!!

Imagina os seguintes!!!

PARABÉNS!!

TCHAU!

Alencar disse...

Esse documentário eu já assisti graças a você.
Muito interessante essa nova estratégia.
Parabéns mesmo pelo sucesso.
Aguardo ansioso os próximos.
Abraços.