terça-feira, dezembro 06, 2005

TRIPULAÇÃO RECOMPENSADA
O Carpathia levou três dias para chegar à Nova York e ancorar no píer 54, da Cunard, na madrugada da quinta-feira, 18 de abril. Toda a imprensa norte-americana aguardava o navio, ávida por detalhes. Até então, pouco se sabia a respeito do naufrágio, pois o capitão Rostron não permitira nenhuma transmissão que extrapolasse os fatos básicos e o nome dos sobreviventes. Ainda a bordo do Carpathia, os sobreviventes do Titanic organizaram um comitê e levantaram um fundo que chegou a quinze mil dólares, distribuídos entre todos os tripulantes do navio.

Seis semanas depois, quando o Carpathia retornou a Nova York, o capitão Rostron recebeu uma linda xícara de prata e a tripulação foi agraciada com medalhas comemorativas. A administração da Cunard Line recusou qualquer pagamento pelos serviços prestados pelo navio, embora tenha recompensado os marujos com o equivalente a um mês de salário.

PINTURA: Salvation By Simon Fisher

1 comentário:

LORENNA disse...

Parabéns ao Carpathia e sua equipe...Eles concerteza mereceram as recompensas...
Excelente post...
BEIJOS