segunda-feira, setembro 26, 2005

MOLLY BROWN NO TITANIC

A era vitoriana gerou muita riqueza na nova América industrializada, um modo popular dos novos ricos gastarem seus dinheiros era levar a "Excursão Principal" da Europa que estendia freqüentemente a viagens a destinos mais exóticos como o Egito e Japão. Sem a velocidade dos aviões de hoje, estas viagens levavam normalmente três meses ou mais para completar. (Tal viagem foi satirizada no livro “Innocents Abroad” de Mark Pares) Alguns meses antes de 1912, Molly e sua filha Helen que tinham estado assistindo ao Sorbonne em Paris estava em tal excursão com John Jacob Astor e a segunda esposa dele, Madeline 19 anos (depois de um divórcio bastante escandaloso).
Molly tinha escrito para sua irmã Katie que voltava para Hannibal que ela pretendia fazer visita de algumas semanas. Entretanto ela recebeu um telegrama do filho Larry que seu neto de cinco meses estava doente. Ela decidiu reservar passagem ao último minuto a bordo de Titanic. A filha Helen decidiu ficar em Paris para mais algumas festas. Assim Molly estava viajando sem sua família, mas ela estava unida aos seus amigos Astors.
O custo dos alojamentos de primeira classe mais caros era $4.350 para a viagem de seis dias. Outras celebridades que eram parte deste evento social de 1912, incluindo o milionário Benjamim Guggenheim; Charles Hayes, O presidente da Grand Trunk Railway; Sr. & Sra. Isadore Straus, donos da loja de departamentos de Macy; e J. Bruce Ismay, diretor da White Star Line que tinha construído o Titanic. Em 10 de abril, 1912 Hannibal Courier Post informou na primeira página que o Titanic partia de Southampton, Inglaterra. Molly e o Astors subiram a bordo em Cherbourg, escala de França. Era o navio maior feito, comparando quatro cidades e alcançando tão alto quanto a onze edifícios da historia. Construído com 16 compartimentos de estanque que poderiam ficar flutuantes até mesmo se fossem inundados quatro, publicações do dia se referiram ao Titanic como "Inafundavel".
O grau de luxo para passageiros como de Sr. Astor e Mrs. Molly Brown era insuperável. Os quartos públicos incluíram convés particular, ginásio, banho turco, piscina e biblioteca. Nós não conhecemos o número de convés exato ocupado por Molly porque ela reservou sua passagem ao último minuto, ela não estava na lista impressa de passageiros. Mas nós sabemos que ela estava no lado direito do convés B (o primeiro convés de classe).
Molly estava na cama lendo um livro, quando às 11h40min da noite, 14 de abril de 1912, o vigia, Frederick Fleet, telefonou para a ponte de comando, que havia "Iceberg à frente!". O impacto lançou Molly ao chão. As maiorias dos passageiros não sabiam da colisão, foram saber depois pelo zumbido das maquinas que haviam parado. Antes das 12h15min da noite, o navio estava preparando os barcos salva-vidas. Molly vestiu seis pares de meia-calças de lã sabiamente, um terno de lã, casaco de pele, chapéu e estraga. Ela pôs $500 dinheiro vivo em um bolso, e um amuleto de sorte bom que ela tinha comprado recentemente em sua excursão egípcia em seu outro bolso.
Depois de ajudar outras mulheres, Molly entrou no barco salva-vidas Nº. 6 por dois comerciantes americanos que disseram "Você vai, também”. O barco com capacidade para 65 estava com menos de 30 pessoas quando foi abaixado à água, inclusive Fleet e o oficial Hichens que estavam na rota de piloto na hora do impacto com o Iceberg.
O oficial Hichens amedrontado advertiu o barco salva-vidas seria sugado quando Titanic afundasse. Molly se revoltou e agarrou os remos e ordenou que as mulheres remassem para a luz no horizonte que eles esperavam era um navio de salvamento. À toa no Atlântico frio, Molly compartilhou os pares de extra dela de meia-calças, e manteve as mulheres esquentadas. Todos assistiram em horror como o navio a vapor afundou às 02h20min da manhã, 15 de abril. Ela foi intimidada pelo oficial Hichens, pois ele recusou retroceder o barco salva-vidas para apanhar mais sobreviventes.
Depois de quase 6 horas de terror, o navio Carpathia respondeu a chamada de angústia. Uma vez a bordo, Molly ajudou organizar esforços de alívio. O conhecimento dela de idiomas estrangeiros a permitiu ajudar os imigrantes amedrontados que tinham perdido tudo, enquanto incluindo os maridos delas. Molly expressou a opinião dela que as "mulheres e crianças primeiro", política era tragicamente mortal. "Mulheres exigem direitos iguais em terra, por que não em mar?" ela perguntou.
Até mesmo quando o Carpathia chegou a New York, Molly ficou a bordo para ressegurar as mulheres estrangeiras apavoradas. Desde que White Star Line não proveu nenhum alívio a estas viúvas e órfãos, nem para as famílias dos integrantes da tripulação que haviam morrido, Molly elevou $10,000 de dinheiro privado dos passageiros ricos, inclusive o $500 dinheiro vivo ela doou, para ajudar estas vítimas pobres. Molly voltou à New York no dia 29 de maio de 1912 apresentou-se ao Capitão H. Rostron um símbolo de estima dos sobreviventes do Titanic. Ela também teve uma medalha dada para cada um da tripulação do Carpathia que descreveu um navio que ara por icebergs para um barco salva-vidas lançando. A história circulou que quando o primeiro entrevistado por repórteres em New York, eles perguntaram o que ela atribuiu à sobrevivência dela. Sorte “típica," ela disse supostamente, "Nós somos inafundaveis" O rótulo aderiu, e ela se tornou uma celebridade nacional. Até mesmo atrás em Denver, Sra. Crawford Hill concedeu ser anfitrião de seu almoço de honra.
Molly ainda sobreviveu a mais dois acidentes de navio, depois ela ficou mais dois anos em New York onde gastou muito no Hotel Barbizon onde se hospedavam as atrizes famosas. Foi onde ela morreu no dia 25 de outubro de 1932 com 65 anos. A fortuna dela tinha encolhido para $1500 e a casa dela em Denver que vendeu no próximo ano por só $5000. Seu ultimo ato de caridade foi dar de natal as crianças pobres de Leadville, Colorado, botas e roupas de lã. Ela não sobreviveu para ver seu sobrinho distribuir os presentes as crianças.

4 comentários:

Anónimo disse...

Just thought I'd let you know about a site where you can make over $800 a month in extra income. Go to this site   MAKE MONEY NOW  and put in your zip code..... up will pop several places where you can get paid to secret shop, take surveys, etc.  It's free.  I found several and I live in a small town!

Alencar disse...

Olá, mandou ver hoje em Diego!!! O Blog ficou muito show. A pintura do retrato de Molly Brown tá demais. Só que nesse texto, abriu mais um leque para a nossa discussão, pois no texto diz que Molly estava no quarto quando o iceberg atingiu o Titanic. Já no filme do Cameron ela aparece tomando chá, ou alguma outra bebida. Onde será que Molly realmente se encontrava no exato momento do choque???

Mário disse...

Sem dúvida que Molly era uma senhora exemplar. O Diego levantou a questão. Onde estava Molly? No musical "The Unsikable Molly Brown" Ela encontra-se no convés do Titanic quando se deu o impacto...

Anónimo disse...

This is a excellent blog. Keep it going. I'm sure you'd be interested in How to buy & sell everything, like music on interest free credit; pay whenever you want.