domingo, outubro 24, 2010

PHILIP FRANCIS VIGOTT
Uma visão interessante sobre a vida de um marinheiro de Jersey, que escapou do Titanic quando ele afundou, em 1912, foi encontrado. Philip Francis Vigott nasceu em 6 de Outubro de 1876 filho de Philip Vigot (agricultor) e sua esposa Eliza. Vigott tinha 32 anos quando embarcou no maior navio do mundo, era natural de St Marys, Jersey, Channel Islands. Antes de servir no Titanic, Vigott serviu no Kinfauns Castle ganhando £5 por mês. No dia 6 de Abril de 1912, quatro dias antes do navio partir, Philip Francis Vigott teve que preencher um inventário dos seus pertences pessoais e indicou o seu endereço como sendo no nº2 de Windsor Terrace, (Southampton). Esta lista de pertences foi enviada para a Jersiaise Société por uma chamada "Senhora Collins do Reino Unido". Não se sabe porque Philip Vigott teve que preencher tal documento, com o cabeçalho "White Star Line, RMS Titanic" e datado de 05 de Abril de 1912, mas na lista dos seus pertences, encontrava-se um abre latas, um canivete, um isqueiro, um anel de ouro, três peças de talheres (garfo, faca e colher) e um relógio de bolso prateado. Parentes de Vigott, que ainda vivem em Jersey já foram convidados a relatar a história do seu antepassado que sobreviveu ao naufrágio do Titanic no bote 13. O nome no cartão diz Philip, com o sobrenome Vigott, embora seja possível ser um erro ortográfico do nome francês Vigot. O seu nome foi escrito como "Pigott" na lista da tripulação do inquérito do Senado dos Estados Unidos, noutras listas como "Vigett" e "Piggott". No Titanic assinou "Vigott". Os census de 1881 escrevem o nome da família como "Vigot". O que é certo é que ele era um membro da tripulação no condenado navio, e quando ele embarcou teve que registar os seus pertences num formulário especial, incomum, e este chegou agora a público pela desconhecida Sra. Collins do Reino Unido. Os investigadores foram incapazes de localizar a Sra. Collins já que a mesma ao enviar a carta não deixou remetente, e não há actualmente nenhum registo de qualquer família chamada Vigott ou Vigot em toda a Jersey. Anna Baghiani, bibliotecária da sociedade, disse: "O documento veio num pequeno envelope de Inglaterra, e continha um cartão preenchido na frente e no verso com os pertences de um marinheiro. O documento contém os itens pessoais enumerados pertencentes a ele. O que é bastante estranho, é de onde ele vem, é realmente interessante. Ela diz no topo White Star Line, RMS Titanic." Os pesquisadores foram capazes de descobrir que o Vigott era natural de St Marys em Jersey, mas não é certo o que lhe aconteceu em seguida. Miss Baghiani disse: "Era muito comum em famílias de Jersey que os filhos de agricultores seguissem uma carreira naval, e Vigott não foi excepção. Era digno de elogio, que os homens de família, se tornassem membros da tripulação ou fossem para o mar." Anna Baghiani espera que alguém entre em contacto, quem sabe a Sra. Collins para que eles possam agradecer-lhe e saberem mais sobre o Vigott. "Infelizmente a senhora que nos deu este documento escreveu uma nota mas não colocou qualquer endereço nele ou qualquer indício do seu primeiro nome. "Ela menciona que há uma ligação com Vigott através de um primo, mas o primo morreu no início deste ano e veio a encontrar este documento. Ela colocou um PS no final da carta dizendo "desculpe a minha escrita mas já estou velha". É uma vergonha não podermos agradecer-lhe por este documento." Pede-se agora a qualquer pessoa com informações que entre em contacto com a sociedade.

domingo, outubro 17, 2010

DEPOIMENTO ADQUIRIDO POR 23.000 EUROS
O depoimento de Laura Francatelli aqui deixado na passada semana, que conta o naufrágio do transatlântico em 1912, no qual morreram 1.500 pessoas, foi arrematado por 20.000 libras (32.000 dólares, 23.000 euros) num leilão realizado neste domingo no sul da Inglaterra, anunciou a empresa encarregada dos leilões. Numa das passagens mais vívidas do seu relato, Francatelli relata de forma detalhada o que aconteceu depois que a sua embarcação salva-vidas desceu ao mar. "Depois de algum tempo, sentaram-nos num bote dizendo que deveríamos remar para nos afastarmos do navio. Uns diziam que se o Titanic afundasse nos arrastaria para o fundo devido à sucção", escreveu ela. A oferta final do comprador, um coleccionador da Europa do Leste que preferiu não ter o nome divulgado, foi superior às estimativas mais optimistas, de 15.000 libras (24.000 dólares), esperada pela casa de leilões Henry Aldridge and Son, em Devizes, no sudoeste da Inglaterra, como parte de um leilão de objetos do Titanic. Na foto podemos ver o colete da própria sobrevivente já vendido também em leilão anteriormente.

domingo, outubro 10, 2010

CARTA DE SOBREVIVENTE EM LEILÃO
Laura Francatelli (na foto, à direita), de Londres, disse que ouviu "um barulho horrível", quando o barco se afundou e que "depois vieram os gritos e os gemidos" de 1.500 passageiros que se afogavam. O seu relato foi registado numa declaração assinada pelo inquérito oficial britânico para o desastre. Espera-se que este documento histórico chegue até às £15,000 quando for leiloado, em Wiltshire, no próximo dia 16 de Outubro. Miss Francatelli, que tinha 31 anos na época, seguia na viagem como secretária de sir Cosmo Duff-Gordon e sua esposa, Lady Lucy Christiana. O relato descreve como eles embarcaram num dos últimos botes salva-vidas contendo apenas cinco passageiros e sete tripulantes, admitindo também que não pensaram em voltar para resgatar os sobreviventes. Sir Cosmo paga posteriormente a cada um dos membros da tripulação que estiveram consigo no bote £5 - hoje vale cerca de £300 - o que alguns descrevem como suborno para os calar. Miss Francatelli disse que acordou os patrões quando a água chegou a sua cabine após o navio ter colidido com um iceberg na noite de 14 de Abril. Ela descreve: "Um homem veio até mim para me colocar um colete salva-vidas assegurando-me que era apenas por precaução e que não me deveria preocupar." "Houve um estrondo terrível quando ele se afundou. Depois vieram os gritos e os gemidos." "Quando chegamos ao convés, os botes salva-vidas estavam a descer do lado de estibordo. Notei então que o mar estava mais perto de nós do que durante o dia, e eu disse a Sir Cosmo Duff Gordon "Estamos a afundar." e ele disse: "Rídiculo, vamos embora." De início, o grupo recusou-se a entrar num bote salva-vidas porque não era permitido a Sir Cosmo embarcar, apenas mulheres e crianças. Após insistirem, então, conseguiram lugares num barco menor com capacidade para 40, o bote nº1, que apenas desceu com 12 a bordo. "Não havia mais mulheres naquela hora. O oficial viu-nos e ordenou que entrássemos, e nós dissemos que iriamos se Sir Cosmo pudesse vir também", disse Miss Francatelli. "Então quando eles estavam prontos para descer o bote, dois cavalheiros americanos que vieram do fundo do convés entraram, e assim os oficiais deram ordens para que entrassemos e nos afastassemos do Titanic." Ela disse que eles "estavam muito longe" quando viram o Titanic ir ao fundo. "Houve um estrondo terrível quando ela entrou. Depois vieram os gritos e gemidos. Eu não sei quanto tempo duraram." "Quase não falávamos. Os homens falavam sobre Deus e faziam orações e falavam das esposas. Estávamos todos na escuridão." Ela descreveu como os sobreviventes estavam amontoados no fundo do barco para se aquecerem, até que foram resgatados duas horas após o naufrágio, pelo navio Carpathia. Miss Francatelli morreu em 1967. O documento manteve-se na posse da sua família após a sua morte, e desde então tem estado no poder de dois coleccionadores particulares. A responsabilidade do leilão é de Henry Aldridge and Son, de Devizes, Wiltshire.

domingo, outubro 03, 2010

video
OBRIGADO! 500 POSTS!
Este é um trailer especial para agradacer a todos os visitantes!
As estatísticas do blog não enganam! Obrigado a todos pelas mais de 90.000 visitas nos últimos 5 anos, contamos com todos para atingir as 100.000 antes de 2012, centenário do naufrágio! Aqui ficam alguns dados interessantes do blog, vejamos os gráficos (cliquem nas imagens para ampliação). Numa visão global dos últimos 4 meses o blog tem crescido em visitas mantendo a fasquia acima das 3000 mensais. O post mais visitado A Verdadeira Rose Dewitt Bukater Beatrice Wood conta com 2196 visitas até o momento e 41 comentários. A sua publicação foi em 25 de Julho de 2006. O segundo mais visitado com 288 visualizaçõe está Jack e Rose existiram? publicado em 26 de Dezembro de 2008, perseguido de imediato com 280 visitas pelo post Uma Rose de Verdade, foi o terceiro post a ser colocado no blog em 20 de Agosto de 2005. Uma das nossas preocupações é disponibilizar um fácil acesso ao blog, de forma rápida, eficiente, onde se encontra exactamente o que se procura. A pensar nisso mesmo, a escolha do nome do blog não foi por acaso, periódicamente, tornamos a própria página de apresentação cada vez mais simples, agradável, de fácil entendimento mesmo em outras línguas. Temos também o máximo cuidado na escolha do título usado para cada post, e é esse cuidado que se reflecte nos seguintes dados. Na pesquisa por palavras-chave, "Rose DeWitt Bukater" sai vencedora, "Titanicfans" em segundo e "Titanic" em terceiro. Para tal, os acessos a internet são feitos pelo Explorer e Firefox, o sistema operativo Windows é o favorito, o motor de pesquisa vencedor é o Google com um total de 6451 acessos, liderado pelo Google.br numa esmagadora maioria, mais atrás vem o Google.pt, já o Google.com apenas perde o terceiro lugar para o Yahoo Answers o que acaba por ser uma excelente notícia, pois demonstra que os nossos leitores confiam no TitanicFans e o aconselham como referência onde se encontram as respostas adequadas ao tema Titanic, e isso verifica-se na liderança do Yahoo Answers nos URL's de Referência. O Brasil é o nosso maior visitante, Portugal em segundo, os Estados Unidos da América logo em seguida. Ao longo de 5 anos já tivemos visitas de todos os continentes do Mundo! Para todos o nosso muito obrigado! E a melhor forma de agradecer seria concretizar o pedido de muitos. Lançámos links directos para as 29 cenas excluídas, final alternativo, animação do naugfrágio apresentada a velha Rose, 3 trailers exclusivos que se encontram no DVD especial de 2005 do filme Titanic de James Cameron, e ainda a reposição online de 36 cenas excluídas do filme incluídas nos 3 cd-rom com tratamento sonoro do TitanicFans, e que não surgiram no DVD especial. Cliquem nos links abaixo para assistir!