sexta-feira, outubro 03, 2008

O RAPAZ DO JORNAL
Esta é talvez uma das fotos mais emblemáticas da tragédia do Titanic, o rapaz que vendia as últimas do Jornal Evening News à porta dos escritórios da White Star Line, na Oceanic House, na Cockspur Street em Londres, chamava-se Ned Parfett. A sua história acaba por ser tão trágica quanto foi a do Titanic. Ele morreu muito jovem com apenas 22 anos num bombardeamento em França, a duas semanas do fim da Grande Guerra Mundial. De acordo com uma familiar, assim como os seus três irmãos, Ned alistou-se em 1916 na artilharia inglesa primeiro como mensageiro, uma designação extremamente perigosa, uma vez que isso envolvia atravessar muitas vezes grandes distâncias debaixo de fogo cruzado sem qualquer tipo de protecção, mais tarde foi designado para reconhecimento de áreas. Tais funções mereceram-lhe até o reconhecimento através de uma condecoração pelo seu desempenho exemplar. Todos os seus irmãos sobreviveram as batalhas sangrentas, só Ned não conseguiu. Ele morreu no dia 29 de Outbro de 1918, a apenas 13 dias do fim da guerra, em Valenciennes. Ele estava na sua caserna arrumando as roupas para retornar a casa quando se sucedeu um bombardeamento inimigo que o vitimou. Se ele tivesse sobrevivido, ele teria assistido ao fim da guerra em sua casa, com seus irmãos. Ned encontra-se hoje sepultado no cemitério de guerra inglês em Verchain-Maugré na França.

2 comentários:

Pâm SãoPauliNa-RP disse...

Ola tudo bem?
Nossa que tragedia!
Ninguem merecia essas guerras...
affff

Bejossss
=D

Alencar Silva disse...

Putz... apenas 13 dias...
Ninguém merece isso...

Abraços e parabéns por essa novidade, post nota 10.