sexta-feira, maio 12, 2006

TITANIC
por Jefferson Krüger
Capítulo XXI – A Briga
Nos interiores do grande navio, Arthur e Baby se divertem, eles ainda não notaram o pânico por pura distração. Eles entram na sala vazia do salão de jantar. Ela corre dele por entre as mesas. Os pratos, taças e bandejas ainda encontram-se sobre mesas e bandejas.
BARBARA
- Vem me pegar Arthur! Vem!
ARTHUR
- Hoje você não me escapa!
Ele pega uma garrafa de champagne que estava sobre uma das mesas. Baby está caída no chão. Ele agita a garrafa e joga toda a espuma sobre sua amada.
BARBARA (rindo)
- Arthur não, não...
Ela puxa a camisa dele, o qual cai por cima dela. Os dois rolam para debaixo de uma mesa.
ARTHUR
- Eu quero você está noite Baby!
Ela o beija e os dois fazem amor ali mesmo. É a noite mais feliz dos dois... Até aquele momento.
BARBARA
- Eu te amo Arthur.
O navio ecoa um barulho estranho. Eles se assustam, mas nem ligam.Enquanto isso, Minah desce correndo a grande escadaria do convés D, ela está com ar de vingança e carrega consigo uma arma.
ARTHUR
- Espere! Acho que ouvi passos.
BARBARA (satirizando)
- Hehe. Será que o oficial de bordo veio atrás de uns biscoitos?
Minah os acha. Ela aponta a arma para Baby.
MINAH
- Você roubou meu homem agora terá de pagar!
ARTHUR (levantando)
- Pare com isso Minah! Eu nunca fui realmente seu.
Ela se irrita e começa a puxar o gatilho. Arthur desesperado entra na frente da amada e toma o tiro em seu lugar. É atingido no braço.
ARTHUR
- Nããooo!!!
Ele cai no chão e desmaia de dor. Baby levanta às pressas e chuta a arma da mão de Minah. As duas começam a lutar.
BARBARA
- Sua desgraçada!
Minah da um tapa forte que derruba Baby no chão, depois ela tenta enforcá-la. Baby quase sem ar pega um vaso que estava próximo e atinge a cabeça de sua rival. Minah desmaia.
ARTHUR (acordando)
- O que você fez? (surpreso)
- Vamos sair daqui.
Eles vão em direção a grande escadaria. Ao chegar lá se surpreendem com o que vêem. O convés E está totalmente inundado, já escorrendo água para o convés D.
BARBARA
- O que está acontecendo. Água aqui?
ARTHUR
- Vamos!
Passado um tempo, a água toma conta da entrada do salão de jantar. Minah ainda está desacordada.
O casal está ao topo da grande escadaria, no convés A. Enquanto isso, a água chega aos pés de Minah. Ela acorda e desesperada tenta fugir, mas seu esforço é em vão. Ela está presa ali.
MINAH (surtando)
- Não. Socorro. Não.
- Me tirem daquii!
- Nããooo!!!
Capítulo XXII – Seqüestro
Na biblioteca da primeira classe, Amanda prepara uma armadilha para pegar Baby.
Os dois entram correndo. Arthur vê a mãe sentada numa poltrona fumando um cigarrete. Ele avisa que o navio parece estar afundando e que era melhor ela ir para um barco salva-vidas.
AMANDA (com uma pistola escondida atrás)
- Eu vou Arthur,... Mas antes ela vem comigo!
ARTHUR
- O que...
Ela da uma coronhada na cabeça do filho, o qual desmaia. Ela pega Bárbara pelo braço e mantém a arma apontada em suas costas.
AMANDA
- Agora nós vamos dar um pequeno passeio pelo navio.
Enquanto isso no convés superior, Isador Istraus tenta convencer sua esposa Ida a entrar em um bote.
ISADOR
- Ida entre nesse bote agora. Por favor! Essa pode ser sua única chance.
IDA
- Não posso Isador. Já estamos juntos a quase 40 anos. Enfrentamos todas as situações difíceis juntos e não será agora que vou lhe abandonar.
Uma lágrima escorre dos olhos de ambos. Ela sai do bote e abraça o marido. Os dois voltam para dentro.
Nos porões do Titanic, portas estouram e a água corre em direção aos foguistas e maquinistas afogando-os. O chefe da maquinaria Bell também morre.

1 comentário:

Alencar disse...

Parabéns ao Jefferson.
Parabéns ao Mário.
Belíssimo blog, ótima história.