sábado, abril 22, 2006

TITANIC

O meu pai subiu a escadaria e foi para o convés A, sempre em passo acelerado, atravessou o convés de uma ponta a outra, parecia que nada o segurava, nem as barreiras de proibição de classes, quando chegou ao fim e percebeu que não podia continuar porque por baixo era o convés B, entrou pela porta de acesso às escadas e desceu até chegar ao convés, percebeu que podia continuar, desceu as escadas em direcção à vante onde o vento assobiava ao ser cortado como uma lâmina afiada pelo bico de proa, aí permaneceu a ver o céu e a noite que se aproximava a passos largos quase tão depressa quanto ele até chegar ali.

Camille - Harry, viu para onde foi o meu marido?

Harry - Seguiu aquela direcção para a proa. Posso ajudá-la?

Camille - Obrigado.

A minha mãe chegou ao fundo do convés e não viu ninguém, voltou para trás e desceu para o convés B, foi então que ao chegar viu o meu pai no extremo do navio na terceira-classe... Como foi que ela reparou nele? Seria o único passageiro de terceira-classe com uma vestimenta tão requintada num sítio tão inapropriado! Só podia ser ele...

Camille - Preciso chegar até ele.

A minha mãe subiu na proa do navio...

Camille - George...

George - Como é que me achaste? Volta para o teu camarote imediatamente. Não quero ouvir mais nada hoje, por favor.

Camille - George...

George - Porquê...?

Camille - George, ele forçou-me tu viste...

George - Pareceu-me que quiseste!

Camille - Não digas isso... Ele fez-lo de propósito para provocar.

George - Ele é um homem casado, nós somos casados. Toda a gente viu.

Camille - George, ele ameaçou-me contar tudo se não lhe dermos uma boa quantia em dinheiro... e ele tem provas para contar que o Richard é filho dele.

George - Sacana, miserável...

Camille - Confia em mim, meu amor, nunca te quis magoar...

O meu pai olhou para a minha mãe e pegou-lhe na mão...

George - Vem aqui... Vês a noite a chegar por trás de nós? As primeiras estrelas surgem no céu... A noite assim como os tempos difíceis é sempre passageira, o que importa é seguirmos rumo ao nosso sonho, e sermos felizes.

Camille - Eu amo-te..

George - E eu ainda mais, meu amor...

O meu pai e a minha mãe abraçaram-se e beijaram-se com o pôr do sol diante deles... Mas nem tudo eram rosas para os lados do camarote do Fraser... A sua mulher Hellen estava no camarote a arrumar-se para se deitar quando ele apareceu depois de um longo brandy e um jogo de cartas no salão de fumo... nenhum cavalheiro se atrevera a comentar o sucedido pelo que a noite até se tinha tornado agradável mas mais silenciosa que o habitual... Hellen olhou para ele, ele aproximou-se para a beijar, ela abriu da mão e deu-lhe uma bofetada na cara dizendo-lhe:

Hellen - Se a outra te bateu no lado esquerdo eu bato no direito! Hoje não te deitas comigo, fica no chão!

Ele com a face vermelha e a mão na cara murmurou...

David - Um dia ainda me vais agradecer...

Hellen - Boa noite, senhor Fraser!

Ao cair da noite, a costa afastava-se para Nordeste e a última coisa que vimos da Europa foram as montanhas desfocadas e esfumadas na escuridão que caía. Muito nos iria acontecer a todos, passaríamos por muitas experiências súbitas, reais e impressionantes até vermos terra de novo...

Música: Main Theme from "Missing" - Compositor: Vangelis - Albúm: Vangelis Themes.

http://www.flamesky.com/music/online.asp?id=7587

5 comentários:

Alencar disse...

Nossa, lindo post.

Excelente música.

Enfim, um belo capítulo dessa emocionante história de "Paixão", "Cobiça" e "Tragédia".

Parabéns!!!!!!!

lorenna disse...

OI...
ESTOU AMANDO DE VERDADE ESSA HISTÓRIA...
MEUS SINCEROS PARABÉNS...
VOCÊ É 10...
BEIJOS

lorenna disse...

OI...
EU NOVAMENTE...
OBRIGADA PELA AMÁVEL E AGRADÁVEL VISITA...
NÃO SEI SE TENHO TALENTO PARA TANTO...
SUA HISTÓRIA CADA DIA FICA MAIS INTERESSANTE...
BEIJOS

lorenna disse...

OI...
EU CONCORDO PERFEITAMENTE COM VC...
MOODY AINDA TEVE TEMPO DE AGRADECER...
AMEI A VISITA...
BEIJOS

Diego disse...

Oi!!

qt tempo sem net!

bom to devolta!

espero te ver no msn... ahh e sabado afinal estah devendo... hehehehe!!

tah otimo o blog sem comentarios!

ateh mais tchau!