domingo, abril 02, 2006

TITANIC
E depois, quando nasceu o dia, vimos todos aqueles icebergues. Eram muito bonitos, pareciam iates de velas brancas. E por entre dois deles surgiu um pequeno navio, o Carpathia , que como sabem, que nos salvou.
Lightoller - Inclinar para a esquerda. Endireitar. Inclinar para a direita. Inclinem-se com cuidado contra a ondulação. Mantenham o bote equilibrado e fiquem atentos.
Boxhall - Só temos um remador e não nos podemos mexer muito bem.
Capt. Rostron - Muito bem.
Boxhall - Pare as máquinas.
Capt. Rostron - Preparar para descer os escaleres. Abrir comportas. Uma escada em todos os portalós e uma cadeira para os feridos. Sacos de lona para as crianças.
Harriett - O Titanic foi para o fundo com toda a gente a bordo!
Os passageiros do Carpathia afligiam-se ao verem as nossas faces pálidas e cansadas que levantavam os olhos para o convés. As amarras foram atiradas e puxaram o barco rapidamente. Camille - Vou à frente?
A minha mãe subiu lentamente a escada oscilante e caiu nos braços do comissário Brown:
Brown - Agarre-se. Mais uns degraus...
Camille - Que navio é este?
Brown - O Carpathia. E o Titanic?
Camille - Afundou-se.
Brown - O bebé é seu?
Camille - Claro. Que lhe parece?
Brown - Como se chama?
Camille - Camille... Barks.
Brown - Camille Barks, é?
Camille - E o meu bebé. E o meu cunhado John.
Brown - Afastem-se. Bom dia. O camareiro vai levá-los à sala de jantar, onde há comida, bebidas e remédios. Dê o seu nome ao meu adjunto.
Ismay - O meu nome é Ismay. Ismay.
Brown - Sr. Ismay da White Star Line.
Ismay - Sim, sou Ismay. E o Titanic era... o meu navio.
Capt. Rostron - O Titanic afundou-se?
Boxhall - Sim, foi para o fundo cerca das 2h20. Uma passageira do Carpathia olhou pela vigia e nem queria acreditar.
Sra Bradford - Como diabo podemos nós estar perto de uma rocha se já saímos de Nova Iorque há quatro dias, numa rota de sudeste, e estamos a meio do oceano?
Outro passageiro admirado procurou a sua criada.
- São do Titanic que está no fundo do oceano.
Californian
Capt. Lord - Já sei, eles mantiveram-me informado.
Stewart - Contactamos o navio a sul?
Capt. Lord - Não, penso que não é necessário, de momento, não estão a fazer quaisquer sinais.
Stewart - Evans. Há um navio que esteve a disparar foguetes. Importa-se de tentar descobrir o que se passa?
Evans - Com certeza... Deus, meu Deus. Vá depressa avisar o capitão que o Titanic foi ao fundo!
Stewart - Há um navio afundado! O Titanic foi abalroado por um icebergue e afundou-se!
Dodge - Ó Mamã, olha o Pólo Norte sem o Santa Claus!
David - Lua nova! Mostrem o dinheiro rapazes! Se ainda têm algum!
Margaret - Está tudo bem, minhas senhoras, não chorem. Vamos ser salvos. Ó do barco!
Lightoller - Depressa, tirem-nos daqui.
Lowe - É para já.
Boxhall - Erguer a vela de vante.
Lowe - Bom, tenho de os ir buscar e de os trazer em segurança.
Lightoller - Temos tudo o que queremos!
David - Louis, como é que consegue manter-se tão jovem?
Harriett - Com cuidado, tire a mão de mim!
- Cuidado, camaradas, ela é um peso-pluma.
Capt. Rostron - Está no RMS Carpathia. Sou o comandante Arthur Rostron.
Lowe - Quinto oficial Lowe. O meu navio afundou-se às 2h20 da madrugada de hoje. Colidimos com um icebergue às 23h40.
Capt. Rostron - Quantas pessoas terão ficado a bordo?
Lowe - Centenas. Talvez mil ou mais. Os salva-vidas, assumindo que estão cheios, não tiraram nem metade das pessoas a bordo. Devem ter-se afogado mais de mil pessoas. Foram todas ao fundo com o navio... Compreende? Desapareceram...
Capt. Rostron - Vá para baixo e aqueça-se.
Dean - Outro bote a estibordo. E outro atrás.
Finalmente chegavamos ao Carpathia. Deitaram-me um baloiço para eu me sentar, pois eu estava tão gelado que fiquei enturpecido por causa do frio. E nem me aguentava em pé. Então ele ataram-me ao baloiço e içaram-me. Fui içado numa mala de correio e despejado no convés. Um criado correu para mim com café, mas eu anunciei-lhe que preferia cacau. O criado não demorou nada a trazer o cacau, não era por acaso que os paquetes britânicos eram famosos pelo serviço de bordo. Tinham cobertores amontoados até ao teto. Tinham brandy, tinham café quente para nos aquecermos e tinham um oficial que cumprimentava cada um de nós.
Ismay - Sou Ismay, sou Ismay. O meu nome é Ismay.
Dr. McGhee - Sr. Ismay... Dr. McGhee, médico de bordo. Lá dentro está quente e confortável. Não quer entrar?
Ismay - Confortável?
Dr. McGhee - Que adianta ficar aqui ao frio? Por favor. Que tal ir até ao salão para comer uma sopa quente ou beber qualquer coisa? Os tripulantes levam-no para baixo.
Ismay - Não, na verdade não quero absolutamente nada... Prefiro não ir.
Dr. McGhee - Vá e tome qualquer coisa.
Ismay - Deixe-me só. Estou muito melhor aqui. Não quero mais nada. Se conseguirem arranjarem-me uma sala onde possa ficar sossegado, fico-lhe agradecido. Não quero mais nada.
Capt. Rostron - Sr. Stevenson... Leve o Sr. Ismay para o meu camarote.
Stevenson- Sr.Ismay. Não encontra aqui os seus. É só terceira-classe.
- Tem o cabelo ruivo e a barba branca.
- Acalme-se... Está tudo bem.
- Não há outra lista?
- Não há outra lista.
- Talvez esteja noutro navio.
- Estamos a fazer o que podemos.
Foi a última vez que vi o Sr. Ismay. Um ano depois reformou-se da White Star Line. Comprou uma herdade na Costa Ocidental da Irlanda, onde permaneceu recluso até falecer em 1937. Pelo menos foi o que li.
Dodge - Onde está o meu filho? Onde está o meu filho?
- Estou aqui, papá.
Camille - Esperava que o meu menino tivesse sobrevivido.
- Que se passa?
- A sua sobrinha quer vê-lo.
- Ó mamãe, mamãe. Estou agoniada. Ó mamãe, mamãe!
Harriett - Vejam, que mulher horrorosa! Horrora! Pisou-me o estômago. Criatura horrorosa!
- Bambino!
Sempre que alguém subia as escadas eu corria para ver o barco que acabava de chegar e ver se o meu pai estava entre as pessoas, e não ele não estava lá.
Às 8h30, todas as pessoas estavam a bordo. Quiseram fazer uma missa, uma pequena oração de agradecimento pelos que se salvaram, e um curto serviço fúnebre por aqueles que tinham morrido. Enquanto decorria a missa deram volta ao local do acidente, não viram mais nada a não ser um corpo.
Música: La Petite Fille de La Mer - Álbum: Themes - Compositor: Vangelis.

http://www.flamesky.com/music/online.asp?id=7579

POR MOTIVOS ALHEIOS AO BLOG, O TITANICFANS TEVE DE ADIAR O FINAL DE TITANIC PARA SÁBADO DIA 22, PEDIMOS DESCULPA PELO INCOMODO E AGRADECEMOS DESDE JÁ A VOSSA COMPREENSÃO.

1 comentário:

Alencar disse...

Muito bom essa parte com o Carpathia e Californian.

Ta excelente os momentos finais dessa sua história.