sexta-feira, outubro 14, 2005

CALIFORNIAN
O navio que assistiu imóvel...
No dia 14 de abil de 1912, o Californian estava indo de Londres para Boston sob o comando do Capitão Lord. Por volta das 22h20min o Californian estava cercado por gelo e o Capitão Lord pediu para o operador de rádio mandar uma mensagem para o Titanic alertando grande quantidade de gelo envolta. O Californian parou os motores das 22h25min até 5h15min . do dia seguinte. Quando o Titanic bateu no Iceberg às 23h40min, alguns oficiais avistaram luzes à pouca distância. O 4º Oficial Boxhall viu as luzes de um navio à vapor de carga provavelmente. Por volta daquele horário o Capitão Smith, ordenou para mandar os foguetes sinalizadores mas o Californian ficou parado no mar.
O Californian ficou tão perto do Titanic que quando o oficial Boxhall desceu do navio no bote 2 às 1h40min e estimou que este navio estivesse a apenas 4 milhas de distância. O 2º Oficial Lightoller também viu as luzes a distância e tentou até usar a lâmpada de código morse e o Californian não fez nada. O que eles estavam fazendo? Estas questões foram respondidas pelo Capitão Lord no inquérito americano.
Pelas 23h00min, os oficiais do Californian em vigia notaram que um navio estava se aproximando pelo leste. Lord mandou a ele um sinal pela lâmpada de código morse, o Titanic não respondeu. Lord então mandou uma mensagem pelo rádio dizendo que eles estavam parados por causa do gelo. Então Evans mandou a mansagem, "Say old man we are surrounded by ic.." "Diga meu velho estamos cercados pelo ge.." mas foi interrompido pelo Titanic dizendo para ele "Shut up! Shut up!", becuase he was busy recieving signals from nearby Cape Race. " "Cale-se, Cale-se, porque estou ocupado mandando mensagens para Cabo Race". 30 minutos se passam Evans ouvia o Titanic mandando mensagens particulares de passageiros. Então Evans se cansou e às 23h35min desligou seu equipamento e foi dormir.

1 comentário:

Alencar disse...

Tão perto e ao mesmo tempo tão longe.